conecte-se conosco


POLÍTICA MT

“No ritmo atual, Mato Grosso levará 3 anos para vacinar toda a população”, diz Lúdio

Publicado


Lúdio cobrou mais agilidade no processo de vacinação contra a Covid-19

Foto: ANGELO VARELA / ALMT

O deputado estadual e médico sanitarista Lúdio Cabral (PT) cobrou mais agilidade do governo no processo de vacinação contra a Covid-19. Segundo informações da Secretaria de Estado de Saúde, 191 mil doses de vacina chegaram a Mato Grosso, e apenas 68 mil foram aplicadas em 23 dias de vacinação. Durante convocação do secretário Gilberto Figueiredo, nessa quinta-feira (11), Lúdio observou que, se a média se mantiver, o estado levará três anos para imunizar os 3,5 milhões de habitantes.

“Vamos levar três anos para vacinar toda a população, se for mantido o ritmo atual. Em 2009, o Brasil vacinou 80 milhões de pessoas em 90 dias contra H1N1. Olha a diferença entre o planejamento nacional feito naquela época e o que estamos vendo agora. Há um plano nacional com muitas lacunas, que é um desserviço à história do programa de imunização do Brasil, que sempre foi referência no mundo. Há outras questões que dizem respeito ao planejamento do estado para avançar no processo de vacinação. Mato Grosso precisa evitar erros nas resoluções publicadas”, disse Lúdio.

O parlamentar observou também que, para imunizar as 848 mil pessoas dos grupos prioritários, Mato Grosso levaria 9 meses, no ritmo atual. Fazem parte dos grupos prioritários os trabalhadores da saúde, indígenas aldeiados, idosos, doentes crônicos, entre outros. Lúdio destacou ainda a necessidade de rever alguns critérios de prioridade.

“Há trabalhadores da saúde que não estão na linha de frente do combate à Covid-19 e, portanto, têm risco muito baixo de exposição, sendo vacinados antes de grupos populacionais que têm problemas mais graves, como os deficientes físicos acamados que não estão institucionalizados, mas vivem com a família e deveriam ter sido vacinados prioritariamente. É um número pequeno que já poderia ter sido vacinado ao mesmo tempo em que adultos jovens sem nenhuma doença de base, mas que têm formação na saúde, estão sendo vacinados”, observou.

Leia mais:  Botelho debate hoje com governo criação de centro de triagem da Covid-19 em VG

Lúdio lembrou também que todas essas discussões sobre prioridades têm origem no problema da falta de vacinas. “Há uma série de questões de fundo, e a primeira é a escassez de vacina em todo o país por conta do não planejamento do Ministério da Saúde e da irresponsabilidade do governo federal. Todas as outras discussões que fazemos não produzem avanço em função desse problema. Também há falhas no plano nacional e no planejamento da vacinação do estado”, disse.

O deputado pretende realizar audiências periódicas com o secretário de Saúde para acompanhar o andamento da vacinação e tratar da evolução da pandemia em Mato Grosso. “Dessa vez, nem debatemos o estágio em que a pandemia está do ponto de vista epidemiológico, nem como Mato Grosso tratou a pandemia como um todo até agora. Temos um problema gravíssimo, que é a quarta maior taxa de mortalidade do Brasil, com alta mortalidade nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI)”, disse.

Lúdio citou também a necessidade de medidas de restrição de circulação para conter o avanço do coronavírus. “Outro problema é a inexistência de medidas governamentais mais duras para reduzir circulação de pessoas, no momento dramático que estamos vivendo da pandemia, com risco de reaceleração da taxa de contágio. Já estamos no platô da segunda onda, com média de 1,3 mil casos novos todos os dias. E se as variantes genéticas novas circularem aqui em Mato Grosso, podemos viver cenários tão graves como Manaus viveu recentemente”, alertou.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA MT

Deputado realiza treinamento on-line com vereadores da região oeste

Publicado


Foto: Ronaldo Mazza

Conhecer os ritos da Casa de Leis, a legislação municipal, estadual e federal, implantar organização administrativa e estratégias de comunicação. Cerca de 40 vereadores da região oeste de Mato Grosso participaram na manhã desta quinta-feira (04) do 1ª Curso “Destaque-se como vereador”, ação promovida pelo gabinete do deputado estadual Dr. Gimenez (PV).

 Para o parlamentar, especialmente àqueles que iniciaram agora sua vida pública, é fundamental a postura de aprendizado constante, tem que ler muito, inteirar-se das regras e leis, mas, acima de tudo, montar uma boa equipe. “Não temos como entender e saber tudo, por isso precisamos nos cercar de bons profissionais”.

No curso, o vereador tem acesso a um conteúdo básico para poder desempenhar o seu papel no parlamento, entendendo conceitos simples sobre a função de cada um dos poderes, por exemplo, no Executivo (prefeito, governador, presidente), Legislativo (vereador, deputado e senador) e Judiciário. Também acessa informações fundamentais nas áreas administrativa e da comunicação.

 “É importante essa bagagem técnica para não apresentar projetos de lei que firam a Constituição ou que precisem ser arquivados por outros motivos técnicos. Outro ponto importante é entender como deve ser o trabalho para não fazer promessas que não podem ser cumpridas ou que extrapolem a função do vereador”, explica o assessor jurídico do gabinete do deputado, José Nilson Vital Júnior.

 A chefe de gabinete Simone Guedes explica que o curso surgiu da necessidade de fortalecer a parceria com os municípios. “Mesmo com todas as limitações por estarem no interior, queremos que eles tenham uma rotina de trabalho organizada, planejada e que façam um ótimo trabalho, porque isso vai refletir na atuação do deputado e na qualidade de vida da população”.

Leia mais:  Dia das Mulheres da AL Social será com vídeos-homenagens exibidos pela TVAL

 Além de participar do treinamento, com duração aproximada de 3 horas, o vereador receberá um certificado de conclusão do curso e um E-book com as principais orientações. Nessa primeira turma, participaram parlamentares de municípios como Pontes e Lacerda, Nova Lacerda, Vila Bela da Santíssima Trindade, Glória D’Oeste, São José dos Quatro Marcos, Figueirópolis D’Oeste, Indiavaí, Lambari D’Oeste e Salto do Céu.

 Também integram a equipe de treinamento e confecção do material para os vereadores a assessora e administradora Fabíola Martinotto, a assessora e engenheira Fernanda Amorim, a jornalista Rose Domingues, e na arte do E-book Mario Okamura.

 Outras informações – fale com a equipe do deputado Dr. Gimenez para obter o calendário de novos cursos, há limite de vagas e regras para participar, contatos (65) 98476-5701 (WhatsApp)/[email protected]

 
Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

POLÍTICA MT

Sinfra atende indicações de Faissal e construirá 10 pontes de concreto

Publicado


Foto: ANGELO VARELA / ALMT

A Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra) atendeu uma série de indicações feitas pelo deputado estadual Faissal Calil (PV). Entre os pedidos feitos pelo parlamentar, está a construção de várias pontes de concreto em substituição a pontes de madeira, no interior do estado, além da recuperação da MT-010, no trecho da estrada que liga os municípios de Sâo José do Rio Claro e Diamantino.

Três destas indicações de construção de pontes de concreto já se encontram, inclusive, em fase de execução da obra. Na MT-206, no trecho entre Paranaíta e Apiacás, sobre o Rio Apiacás, além da MT-206, entre Paranaíta e Apiacás, sobre o Rio Bruno, os trabalhos iniciaram-se em agosto de 2020. Na MT-240, no trecho entre Nortelândia e Comunidade Santo Antônio, sobre o Rio Paraguai, os trabalhos começaram em novembro do último ano.

“Fico feliz que a Sinfra tenha percebido a importância de todas essas obras para a população de Mato Grosso. É importante que o governo do estado tenha essa sensibilidade e ofereça a todos os cidadãos que aqui vivem serviços de qualidade. Essas vias são importantíssimas não apenas para o ir e vir dos moradores dessa região, mas também para o escoamento da produção agrícola de todo Mato Grosso”, afirmou Faissal

Outros sete pedidos de construção de pontes de concreto feitos por Faissal junto à Secretaria encontram-se atualmente em fase de elaboração de projeto executivo, com início das obras previsto para o ano de 2021. São obras que contemplam cidades como Apiacás, Brasnorte, São José do Rio Claro, Nova Maringá, Nova Ubiratã, São José do Rio Claro e Tapurah. Para o parlamentar. Além disso, a Sinfra ainda atendeu um pedido de recuperação da MT-010, no trecho da estrada que liga os municípios de Sâo José do Rio Claro e Diamantino.

Leia mais:  Deputado realiza treinamento on-line com vereadores da região oeste

“A população do estado merece uma melhor infraestrutura, e é meu dever como parlamentar, lutar por essas melhorias para a população. É importante que o Poder Executivo se sensibilize com as necessidades da população e perceba que estradas e pontes de qualidade em Mato Grosso são fundamentais para o desenvolvimento do estado como um todo, o que acaba impactando positivamente na economia do estado e, consequentemente, na arrecadação de impostos. Todos ganham com essas melhorias. Fico muito grato a Sinfra e congratulo o Governo por posturas como essa”, completou.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana