conecte-se conosco


CUIABÁ

Neta enfermeira vacina a avó e comemora: “Momento muito marcante da minha carreira”

Publicado


Celly Silva

Clique para ampliar

A vacinação dos idosos acima de 85 anos contra a covid-19, na campanha “Vacina Cuiabá: sua vida em primeiro lugar”, tem sido marcada por momentos emocionantes no Centro de Eventos do Pantanal, onde fica o polo central. Na quinta-feira (11), a enfermeira Kaline Mendonça Brasil viveu a alegria de fazer a aplicação do imunizante em sua própria avó, Esmeraldina Mendonça Brasil, 85. “Atualmente sou enfermeira da Secretaria de Saúde e estou fazendo parte da equipe de vacinação. Estava muito ansiosa, foi um momento muito marcante da minha carreira profissional, com certeza o mais importante”, afirma.

Dona Esmeraldina também afirmou que estava ansiosa para ser vacinada e, ao ser questionada sobre a emoção de conseguir o que tanto desejava, jogou as mãos para o alto e comemorou. “Obrigada, meu Deus, pela graça recebida, por eu estar junto com a minha família e nós vencermos”. 

A idosa, que cumpriu o isolamento social ao longo de meses de pandemia, conta que foi muito triste ter que ficar longe da família e revelou que pretende se reunir com todos os entes queridos após a segunda dose da vacina. “Quero ir na casa da minha família todinha, abraçar todo mundo, beijar e levantar as mãos pro céu e agradecer”, disse, esperançosa.

Segundo a neta Kaline, que já foi vacinada em novembro de 2020, durante pesquisa do Instituto Butantã com a CoronaVac, o que ela confirmou em janeiro,  ninguém de sua família contraiu a covid-19 de forma grave, apenas alguns com sintomas leves, e todos buscaram proteger a matriarca, o que vai continuar mesmo após a vacinação. “Ainda não acabou a pandemia. Continuam os cuidados, tem a segunda dose. Eles [idosos] merecem que a gente faça todo esse esforço”, comenta. 

Leia mais:  Secretária acompanha vereadores em visita de inspeção no Hospital de Referência que disponibiliza 95 leitos de UTI's exclusivas para Covid

Comentários Facebook
publicidade

CUIABÁ

Secretária de Saúde e equipe técnica se reúnem com Estado para solicitar doses de vacinas pendentes

Publicado


Reprodução

Clique para ampliar

A secretária municipal de Saúde, Ozenira Félix e as coordenadoras da campanha de vacinação contra o coronavírus, Valéria de Oliveira e Flávia Guimarães vão se reunir nesta segunda-feira (1º) com o secretário estadual de Saúde Gilberto Figueiredo. A gestora solicitou a reunião para solicitar ao Estado as 3.030 doses do imunizante Coronavac destinados para a segunda dose dos trabalhadores da saúde.

“Nós vamos nos reunir na segunda-feira com o secretário Gilberto para tratarmos sobre a vacinação. Temos um grupo que deve começar imediatamente a segunda dose, que não foi encaminhada para nós. Vamos discutir com o secretário Gilberto para tomarmos decisões em relação a isto. Possivelmente na terça-feira vamos retomar a vacinação e até lá divulgaremos qual grupo vamos atender e qual o quantitativo de doses disponíveis. Assim que fizermos as definições sobre a segunda dose junto com a SES, vamos divulgar o que ficou decidido”, disse a secretária Ozenira.

Valéria de Oliveira explicou que todas as doses de vacinas recebidas em Cuiabá já vieram com a especificação sobre o grupo a ser vacinado e quais eram primeira ou segunda dose e que as 3030 segundas doses dos trabalhadores de saúde não foram entregues para Cuiabá até o momento. “Temos no nosso estoque as 3120 doses destinadas à segunda dose dos idosos, que começarão a ser aplicadas em 11 de março. Na especificação das doses de Coronavac que recebemos nesta sexta-feira (26) não consta que devam ser usadas para este público já imunizado com a primeira dose. Estamos seguindo à risca as diretrizes do Plano Nacional de Imunização e precisamos das doses que ainda não foram entregues para que possamos contemplar todo este grupo apropriadamente”, disse.

Leia mais:  Prefeitura publica ato de nomeação dos aprovados no 1º Concurso Público da Assistência

A coordenadora esclarece que parte das estratégias para esta nova fase da campanha dependem do recebimento destas doses que faltam. “Nós temos grupos específicos para vacinar, de acordo com o Plano Nacional de Imunização e dependemos destas vacinas para prosseguirmos corretamente. Caso essas doses não sejam entregues para Cuiabá, precisaremos fazer adaptações para prosseguirmos com a campanha, com o temor de faltar doses para os grupos subsequentes”, concluiu.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

CUIABÁ

Prefeito estuda retomar toque de recolher em Cuiabá para conter disseminação da Covid-19

Publicado


Luiz Alves

Clique para ampliar

Luiz Alves/ Secom

O prefeito Emanuel Pinheiro informou que estuda a possibilidade de retomar o toque de recolher em Cuiabá. A medida foi pauta em reunião realizada nesta sexta-feira (26), com o Comitê Municipal de Enfrentamento contra a Covid-19.

“Cresce uma onda alarmante e preocupante na nossa Capital, bem como detectamos a sobrecarga na rede municipal de saúde, na atenção secundária (upas e policlínicas), e nos leitos de enfermarias e UTIs [Unidade de Terapia Intensiva]”.

De acordo com o gestor da Capital, ainda aguarda informações essenciais de pneumologistas, sanitaristas, médicos e do Ministério da Saúde para saber como e quais medidas que podem ser tomadas.

“É hora de buscarmos tomar medidas que visem dar uma certa segurança e tranquilidade à sociedade, porque estamos trabalhando para garantir a proteção, a saúde e a vida da população cuiabana”, informou Pinheiro.

O prefeito também afirmou que após ter tomado conhecimento do pedido do Ministério Público Estadual (MPE) na Justiça sobre a adoção de medidas sanitárias mais restritivas, por 14 dias, vai aguardar a decisão judicial.

“Como eu entendo que o momento é de união, não vamos sobrepor uma decisão. Eu vou aguardar a decisão da Justiça para anunciar as medidas que Cuiabá irá tomar, que terá como base o toque de recolher”, afirmou.

Comentários Facebook
Leia mais:  Prefeitura publica ato de nomeação dos aprovados no 1º Concurso Público da Assistência
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana