conecte-se conosco


POLÍTICA NACIONAL

Mesmo após apelos, Lira muda imprensa de lugar na Câmara: “sem oportunismo”

Publicado


source
Presidente da Câmara Arthur Lira (PP-AL)
Reprodução: iG Minas Gerais

Presidente da Câmara Arthur Lira (PP-AL)

O novo presidente da Câmara , Arthur Lira (PP-AL) manteve a decisão de mover o comitê de imprensa para construir o gabinete da presidência no local, mesmo após apelo de deputados federais e de jornalistas.

Com a mudança, parlamentares não terão mais que passar pelo Salão Verde, onde a imprensa os entrevistava, para entrar no plenário .

“Com muita democracia, nós vamos conversar hoje, mas a decisão da Mesa (Diretora) está tomada. Iremos dialogar para dar um conforto e maior possibilidade que a imprensa exerça seu papel sempre com democracia, sem nenhum tipo de oportunismo político”, disse Lira.

Você viu?

A transferência da imprensa está marcada para a próxima quinta-feira (11). E após 60 anos ocupando o espaço, o comitê será deslocado para o subsolo.

Imagens preliminares do novo espaço mostram um espaço ainda menor do que o antigo, sem janelas, banheiro, cabines de rádio e TV.

Ainda há o temor de que a sala não comporta todos os profissionais da imprensa e que o espaço fique aglomerado, indo contra as indicações de distanciamento social em meio à pandemia da Covid-19.

Comentários Facebook
Leia mais:  Caso "Daniel Silveira": Bolsonaristas apagam vídeos após prisão de deputado
publicidade

POLÍTICA NACIONAL

Rodrigo Pacheco é contra CPI para avaliar atuação do governo federal na pandemia

Publicado


source
Rodrigo Pacheco, presidente do Senado
Reprodução

Rodrigo Pacheco, presidente do Senado

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), falou sobre o pedido de parlamentares para a abertura de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar a atuação de Bolsonaro e do ministério da Saúde no combate à pandemia . Segundo ele, este não e o foco da Casa no momento, pois seria “contraproducente”.

“Eu, como parlamentar, assinei uma única CPI, que foi a Comissão Parlamentar de Inquérito sobre a tragédia de Brumadinho. A CPI ao longo dos anos foi desvirtuada. Não podemos transferir para uma CPI a apuração principal de fatos de responsabilidade criminal. Para isso, há órgãos como o Ministério Público, o Judiciário, a Controladoria Geral da União e outros órgãos que podem apurar”, disse, no Roda Viva desta segunda-feira (1).

Segundo Pacheco, as pautas prioritárias para o Senado nesse momento são a volta do auxílio emergencial e o avanço do programa de imunização nacional.

“Quando você fala a respeito da pandemia, o que temos que ter neste momento é o equilíbrio de entender que ações efetivas podem ser tomadas independentemente das CPIs”, afirmou o presidente do Senado.

“A availiação que farei não é se prejudicaria a presidência ou não, mas se é necessário [abrir a CPI]. Isso será avaliado à luz desses critérios. Mas não há prazo, vamos avaliar o andamento.”

Comentários Facebook
Leia mais:  Flávio Bolsonaro compra mansão de quase R$ 6 milhões em Brasília
Continue lendo

POLÍTICA NACIONAL

Mourão reage sobre suposto atrito com Bolsonaro: “nunca brigamos, p*rra”

Publicado


source
Vice-presidente General Mourão
Agência Brasil

Vice-presidente General Mourão

O vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) negou nesta segunda-feira (1) que tenha se desentendido com  o presidente Jair Bolsonaro. Os dois políticos se encontraram em uma reunião realizada no Palácio do Planalto, em Brasília.

“Nós nunca brigamos, porra”, respondeu Mourão, aos risos, quando questionaod por um jornalista.

Apesar de negar qualquer indisposição com Bolsonaro , o general foi excluído da reunião entre ministros no início de fevereiro, e durante eventos públicos, presidente e vice não apareciam juntos.

O próprio Mourão chegou a dizer que sentia falta de dialogar com o chefe do executivo em entrevista dada no final de janeiro:  

“Não há conversas seguidas entre nós. As conversas são bem esporádicas. Faz falta até para eu entender em determinados momentos o que eu preciso fazer”, disse.

Contudo, pelo menos publicamente, os governistas parecem ter se acertado. “Virou a página”, declarou Mourão.

Comentários Facebook
Leia mais:  "O pai vai deixar?", questionou Deltan sobre indiciamento de Flávio Bolsonaro
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana