conecte-se conosco


CUIABÁ

Márcia Pinheiro destaca ações do Qualifica 300 anos e estima dez mil formandos em quatro anos de gestão

Publicado


Vicente Aquino

Clique para ampliar

A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, definiu o plano de trabalho a ser executado para a edição 2021 do Programa Qualifica Cuiabá 300 anos durante reunião realizada na última semana,  na sede do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Márcia – é reconhecida nacionalmente por seu esforço e incentivo a prática de política que resultem na geração de renda às famílias em situação de vulnerabilidade social. Um dos exemplos, trata-se do Qualifica 300 Anos.  Resguardadas as medidas de biossegurança em razão da pandemia do novo coronavírus, a estimativa é capacitar dez mil pessoas ao longo da gestão Emanuel Pinheiro.  O programa Qualifica Cuiabá 300 possui aulas ministradas por profissionais do Senai nas unidades dos Centros de Referência de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência (Cras).

 “Quando idealizamos esse projeto, logo pensamos naquelas mulheres que, muitas vezes, se submetem a situações de violência psicológica, física ou sexual, chegando até sofrer feminicídio, pois por circunstâncias da vida não possuem muitas opções e acabam se sujeitando a dependência do marido. É, principalmente por elas, que pensamos em fomentar oportunidades para que possam ter a sua renda, a sua oportunidade e assim possui sua independência”, disse a primeira-dama Márcia Pinheiro.

Para os próximos quatro anos, a parceria entre a Prefeitura de Cuiabá e o Senai deverá ofertar em todo de dez mil novas vagas com turmas de alunos espalhados por toda Cuiabá, uma vez que, a característica do programa é levar os cursos profissionalizantes diretamente à população em seus bairros de origem.

“Estamos trabalhando para fortalecer ainda mais as novas edições do programa que já qualificou cerca de cinco mil pessoas. Em um futuro próximo, vamos capacitar mais pessoas, possibilitando a geração de emprego e renda, o que é fundamental na construção de novas histórias de vida”, observa Márcia Pinheiro.

Leia mais:  Secretária acompanha vereadores em visita de inspeção no Hospital de Referência que disponibiliza 95 leitos de UTI's exclusivas para Covid

Jovens

A proposta para edição 2021 terá como público alvo, o público jovem. A ideia apresentada pelo Senai é inserir na grade de atividades, cursos voltados especificamente para Inovação & Tecnologia Softwares, Jogos, Design Gráfico e Redes de Computadores. Também serão ofertados cursos de informática, montagem e desmontagem de computadores, dentre outros. As novas edições também irão manter cursos nas áreas de confeitaria, panificação, confecção de salgados,   recursos humanos, corte e costura, dentre outros.

Levantamento referente aos últimos dois anos aponta que a  participação feminina impera nos cursos já ofertados. Total de  79% do público foi formado por mulheres. Em relação a faixa etária, 75% de 20 a 59 anos e apenas 19% formado por jovens acima de 20 anos. Foram oferecidas vagas em Qualificação Profissional e Empreendedorismo.

“O Qualifica 300 é o caminho certo para quem quer ser um bom empreendedor, se destacar no mercado de trabalho e ganhar o seu próprio dinheiro. Somos parceiros da Prefeitura para dar a continuidade nesse programa inédito que tem como madrinha, a primeira-dama. Estamos felizes que teremos a chance de realizar novos sonhos”, destacou a diretora regional do Senai MT, Lélia Rocha Abadio Brun.

Qualifica 300

O Programa foi criado com esse objetivo, oferecer qualificação profissional para às pessoas que não tiveram a chande de se aperfeiçoar, pontuou a primeira-dama. “Quanto mais aprendizado, melhores são as chances de encontrar emprego ou até mesmo empreender. Vamos inovar mais uma vez com a criação do Qualifica Jovem pois, temos que fortalecer esse percentual e demonstrar que a gestão Emanuel Pinheiro trabalha de forma humanizada tendo a preocupação voltada para toda a população cuiabana, sendo donos do próprio negócio”, concluiu Márcia Pinheiro. 

Leia mais:  Prefeitura publica ato de nomeação dos aprovados no 1º Concurso Público da Assistência

A reunião foi acompanhada pela secretárias de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, Hellen Ferreira, ajunta de Assistência Social, Clausi Barbosa, da Mulher, Luciana Zamproni e representantes do Senai. 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários Facebook
publicidade

CUIABÁ

Secretária de Saúde e equipe técnica se reúnem com Estado para solicitar doses de vacinas pendentes

Publicado


Reprodução

Clique para ampliar

A secretária municipal de Saúde, Ozenira Félix e as coordenadoras da campanha de vacinação contra o coronavírus, Valéria de Oliveira e Flávia Guimarães vão se reunir nesta segunda-feira (1º) com o secretário estadual de Saúde Gilberto Figueiredo. A gestora solicitou a reunião para solicitar ao Estado as 3.030 doses do imunizante Coronavac destinados para a segunda dose dos trabalhadores da saúde.

“Nós vamos nos reunir na segunda-feira com o secretário Gilberto para tratarmos sobre a vacinação. Temos um grupo que deve começar imediatamente a segunda dose, que não foi encaminhada para nós. Vamos discutir com o secretário Gilberto para tomarmos decisões em relação a isto. Possivelmente na terça-feira vamos retomar a vacinação e até lá divulgaremos qual grupo vamos atender e qual o quantitativo de doses disponíveis. Assim que fizermos as definições sobre a segunda dose junto com a SES, vamos divulgar o que ficou decidido”, disse a secretária Ozenira.

Valéria de Oliveira explicou que todas as doses de vacinas recebidas em Cuiabá já vieram com a especificação sobre o grupo a ser vacinado e quais eram primeira ou segunda dose e que as 3030 segundas doses dos trabalhadores de saúde não foram entregues para Cuiabá até o momento. “Temos no nosso estoque as 3120 doses destinadas à segunda dose dos idosos, que começarão a ser aplicadas em 11 de março. Na especificação das doses de Coronavac que recebemos nesta sexta-feira (26) não consta que devam ser usadas para este público já imunizado com a primeira dose. Estamos seguindo à risca as diretrizes do Plano Nacional de Imunização e precisamos das doses que ainda não foram entregues para que possamos contemplar todo este grupo apropriadamente”, disse.

Leia mais:  Secretaria de Saúde abre prazo para solicitação de aplicação de imunoglobulina em crianças de até 2 anos de idade

A coordenadora esclarece que parte das estratégias para esta nova fase da campanha dependem do recebimento destas doses que faltam. “Nós temos grupos específicos para vacinar, de acordo com o Plano Nacional de Imunização e dependemos destas vacinas para prosseguirmos corretamente. Caso essas doses não sejam entregues para Cuiabá, precisaremos fazer adaptações para prosseguirmos com a campanha, com o temor de faltar doses para os grupos subsequentes”, concluiu.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

CUIABÁ

Prefeito estuda retomar toque de recolher em Cuiabá para conter disseminação da Covid-19

Publicado


Luiz Alves

Clique para ampliar

Luiz Alves/ Secom

O prefeito Emanuel Pinheiro informou que estuda a possibilidade de retomar o toque de recolher em Cuiabá. A medida foi pauta em reunião realizada nesta sexta-feira (26), com o Comitê Municipal de Enfrentamento contra a Covid-19.

“Cresce uma onda alarmante e preocupante na nossa Capital, bem como detectamos a sobrecarga na rede municipal de saúde, na atenção secundária (upas e policlínicas), e nos leitos de enfermarias e UTIs [Unidade de Terapia Intensiva]”.

De acordo com o gestor da Capital, ainda aguarda informações essenciais de pneumologistas, sanitaristas, médicos e do Ministério da Saúde para saber como e quais medidas que podem ser tomadas.

“É hora de buscarmos tomar medidas que visem dar uma certa segurança e tranquilidade à sociedade, porque estamos trabalhando para garantir a proteção, a saúde e a vida da população cuiabana”, informou Pinheiro.

O prefeito também afirmou que após ter tomado conhecimento do pedido do Ministério Público Estadual (MPE) na Justiça sobre a adoção de medidas sanitárias mais restritivas, por 14 dias, vai aguardar a decisão judicial.

“Como eu entendo que o momento é de união, não vamos sobrepor uma decisão. Eu vou aguardar a decisão da Justiça para anunciar as medidas que Cuiabá irá tomar, que terá como base o toque de recolher”, afirmou.

Comentários Facebook
Leia mais:  Semob leiloa veículos apreendidos e não retirados por proprietários 
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana