conecte-se conosco


POLICIAL

Investigação sobre tentativa de latrocínio é concluída com prisão e apreensão de envolvidos

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Campo Novo dos Parecis (396 km a noroeste de Cuiabá) concluiu a investigação sobre uma tentativa de roubo seguido de morte com a prisão e indiciamento de um adulto pelo crime. Um adolescente, que também teve participação confirmada na tentativa de latrocínio responde por ato infracional análogo ao crime e está internado em uma unidade do Sistema Socioeducativo do estado.

O crime ocorreu na noite do dia 16 de janeiro deste ano. De acordo com o delegado Honório Gonçalves Neto, a vítima, de 52 anos, foi rendida pela dupla, que invadiu a casa para roubar uma camionete. O dono da residência reagiu e foi atingido por dois disparos de arma de fogo e os dois criminosos ainda desferiram golpes de faca. Em seguida, os dois fugiram do local pulando muros da vizinhança.

A vítima foi encaminhada para atendimento em um hospital da cidade, onde passou por procedimento cirúrgico.

A partir das investigações na Delegacia de Campo Novo dos Parecis, os policiais civis chegaram à identificação dos envolvidos na tentativa de latrocínio.

Com base nas informações coletadas, o delegado representou pela prisão do adulto e pela internação do adolescente.

O adulto teve a prisão cumprida durante uma outra ocorrência de flagrante envolvendo tráfico de drogas. Depois do cumprimento do mandado, ele foi encaminhado à unidade prisional de Campo Novo dos Parecis.

Já o adolescente estava foragido, mas no último domingo (07.02), após monitoramento, os policiais civis conseguiram a localização dele, que foi aprendido em um comércio da cidade. No momento da abordagem, ele tentou resistir. Após o cumprimento do mandado de apreensão, ele foi encaminhado a uma unidade do Sistema Socioeducativo em Cuiabá.

Leia mais:  Polícia Civil cumpre 24 ordens judiciais contra organização criminosa atuante no interior de MT

O inquérito e o ato infracional sobre o crime foram concluídos e encaminhados à Justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

POLICIAL

Casal é preso em ponto de tráfico no Jardim Paulista, em Rondonópolis

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

Um casal envolvido com o comércio de entorpecentes em Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá) foi preso pela Polícia Civil, na quarta-feira (03.03). A ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) do município resultou na apreensão de mais de 40 porções de drogas embaladas e prontas para a venda, dinheiro e outros materiais.

O suspeito de 37 anos e a mulher de 50 anos, com diversas passagens criminais e conhecida por sua perspicácia em ocultar entorpecentes, foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Há dois meses, após uma denúncia à Derf-Rondonópolis sobre venda de drogas, os policiais civis vinham monitorando um endereço no bairro Jardim Paulista por indícios de funcionar como um ponto de esquema do tráfico. 

Durante vigilância do local foi identificada circulação de pessoas no período diurno, e com intensificação no movimento no período noturno, fatos característicos ao tráfico de drogas. Segundo apuração, o casal morador do imóvel era muito experiente na esconderijo das substâncias ilícitas em lugares de difícil acesso.

Na noite de quarta-feira (03), os investigadores perceberam que havia drogas na casa, em razão de um entra e sai rápido e dinâmico. Diante das suspeitas a equipe abordou o suspeito e encontrou na casa sacolas cortadas, vários aparelhos celulares e outros objetos possivelmente trocados por usuários de entorpecentes e uma máquina de cartão de crédito/débito. 

Dentro de uma jaqueta, os policiais civis apreenderam mais de R$ 370 em dinheiro trocado oriundos do tráfico. Durante a diligência, um usuário chegou no imóvel e relatou que teria ido comprar entorpecentes do casal, pois o local era um ponto de venda conhecido na região. Nas buscas, a moradora apresentou bastante nervosismo e insistia em ficar sem algemas, como se tivesse a intenção de permanecer com as mãos livres para dispensar alguma coisa.

Leia mais:  Polícia Civil esclarece furto em hospital de Cáceres e recupera equipamentos em Cuiabá

A mulher foi questionada se estaria com entorpecentes em seu corpo, quando ela respondeu que sim e retirou do short uma sacola com 43 porções de pasta base cocaína prontas para a venda.

Com base nos fatos, o casal foi conduzido até a Derf-Rondonópolis junto com todo material apreendido, interrogados e autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Após a confecção dos autos ambos foram colocados à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

POLICIAL

Polícia Civil de MT cumpre mandados contra alvos de operação da polícia paranaense

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Mato Grosso deu apoio nesta quinta-feira (04.03) à Operação Ponta do Iceberg, conduzida pela Polícia Civil do Paraná, que investiga uma quadrilha envolvida em golpes aplicados por sites de compra e venda na internet. Foram cumpridos mandados de busca e apreensão contra alvos da operação nas cidades de Cuiabá e Várzea Grande.

A Gerência Estadual de Polinter e Capturas (Gepol) de Mato Grosso cumpriu seis ordens de busca e apreendeu notebooks, computadores e aparelhos celulares de alvos que foram identificados na investigação coordenada pela 14a Subdivisão de Polícia Civil de Guarapuava, no Paraná.

O objetivo dessa fase da operação é reunir informações a partir da extração de dados de computadores e celulares utilizados para aplicar os golpes contra vítimas que realizam compras por meio de sites da internet, como o OLX.

Outros mandados da Operação Ponta do Iceberg foram cumpridos nos estados de São Paulo e do Paraná.

Os golpes são praticados mediante fraudes, em que o estelionatário age como intermediador entre a pessoa que vende o produto e o comprador, sem que ambos saibam dessa intermediação, pois quem está vendendo o veículo acredita que está tratando com o comprador verdadeiro. Após a conclusão da compra, quando o intermediador golpista recebe os valores das vendas, é que as vítimas percebem o prejuízo.

Os materiais apreendidos pela Polinter em Cuiabá e Várzea Grande serão encaminhados à Polícia Civil em Guarapuava.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Polícia Civil divulga resultado final do processo seletivo para o cargo de analista de sistemas
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana