conecte-se conosco


ENTRETENIMENTO

Gabriela Prioli relembra relacionamentos abusivos: “Vomitava todo dia de tensão”

Publicado


source
Gabriela Prioli relembra relacionamentos abusivos
Reprodução/Youtube

Gabriela Prioli relembra relacionamentos abusivos

A comentarista da CNN Gabriela Prioli gravou um vídeo para o canal de YouTube de Theodoro Cochrane e contou um pouco sobre sua vida pessoal. A advogada relembrou os relacionamentos que teve e contou que passou por três relações abusivas.

“Eu tive relacionamentos muito saudáveis até um determinado momento. Eu sei exatamente quando a minha chave virou, claro que deveria ter alguma coisa dentro de mim já um pouquinho desconcertada”, disse. Prioli falou que o primeiro relacionamento abusivo que teve foi quando estava se formando na faculdade e o então namorado se incomodou por ela ter passado de primeira na prova da OAB, algo que ele não conseguiu fazer.

“Ele ficou muito incomodado porque não tinha passado de primeira e ele terminou comigo dizendo que estava incomodado com isso. Lembro que a gente estava separado e eu saí com outra pessoa. Passado um tempo, a gente voltou e eu parei de sair com essa pessoa. Um dia ele entrou no meu computador e viu as mensagens com essa pessoa. Era o dia da minha formatura e eu lembro de ele me ligar e falar que eu era uma vagabund* e esse monte de coisa. O problema não foi ele falar, foi eu acreditar”, conta a contratada da CNN.

Gabriela fala que na época ela não se incomodou com o fato do ex ter entrado no computador dela, mas se preocupava em explicar o que aconteceu para ele a perdoar. “Foi ladeira abaixo porque eu voltei com essa pessoa. Eu cheguei a voltar e depois eu tive outro relacionamento com muito ciúme, com muita cobrança. Tive um terceiro que foi o pior de todos, um relacionamento dificílimo. Eu vivia uma vida tão tensa que eu vomitava todos os dias”, recorda.

Leia mais:  Justin Bieber se declara para a esposa no Instagram

Você viu?

Prioli diz que essa relação tinha muitas brigas e abusos psicológicos por parte do ex. Ela fala que o então namorado tinha ciúme até quando ela estava mandando mensagem no celular e brigava com ela por vários motivos. “Já chegou a quebrar prato de comida e a ficar dias sem falar comigo. Eu ligava para a minha mãe todos os dias chorando. Vivia muito infeliz”, conta.

Relacionamento atual

Felizmente, Gabriela Prioli conseguiu se livrar desses relacionamentos abusivos e hoje é casada com o DJ Thiago Mansur. Atualmente, ela analisa que se colocava nessas relações abusivas. “Eu sempre fui uma mulher forte e eu procurava uma pessoa forte, mas eu confundia força com agressividade. Eu me colocava nessa situação porque eu buscava pessoas agressivas”, reflete.

“Eu me dei conta disso porque eu conheci o Thiago, meu marido. Ele é o cara mais doce que eu já vi e a pessoa mais segura e mais forte que eu já conheci. O ter vivido isso, que foi horrível, me permitiu valorizar o Thiago. O abusador ele te pega onde ele percebe que você está fragilizado. Ele te conhece o suficiente para encontrar aquilo que dói dentro de você. Ele acha as suas dores, por isso que para você estar em uma relação saudável com alguém você precisa estar em paz com as suas dores”, Gabriela Prioli conclui.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
publicidade

ENTRETENIMENTO

Mariana Godoy estreia em jornal da Record e promete interação com público

Publicado


source
Mariana Godoy apresenta o 'Fala Brasil', na Record
Divulgação/RecordTV/Edu Moraes

Mariana Godoy apresenta o ‘Fala Brasil’, na Record


A partir de segunda-feira (1), as manhãs da Record estarão de cara nova.  Mariana Godoy foi contratada recentemente pela emissora para apresentar o ‘Fala Brasil’ ao lado de Sergio Aguiar. Para falar sobre sua carreiras e novos desafios, a jornalista deu uma entrevista exclusiva ao iG Gente .

Mariana ficou apenas dois meses na Band, onde estava escalada para um projeto no formato de talk show, mas que foi afetado pela pandemia do novo coronavírus, que começou em março de 2020. Ela afirma que, mesmo rápida, sua passagem pela emissora foi positiva. “A pandemia tornou complicado manter alguns projetos, mas foi uma experiência enriquecedora ter trabalhado lá. O distrato foi amigável e de compreensão mútua”, explica a jornalista.

Mesmo em um formato mais noticioso, Mariana continuará com a sua espontaneidade já conhecida pelos telespectadores em programas de entretenimento que já apresentou. “A expectativa é mudar um pouco o formato do jornal. Eu sou muito espontânea, gosto de interação com o público e espero poder levar isso ao ‘Fala Brasil’ também, que é um jornal que tem espaço para opiniões e comentários”, contou, afirmando que entrevistará convidados.

Essa vai ser a primeira vez que Mariana divide bancada com Sergio Aguiar. “Nós já nos conhecíamos da época da GloboNews, mas será a primeira vez que vamos dividir a bancada. Já gravamos alguns pilotos e eu gostei da nossa dinâmica juntos. Eu acho que o público vai gostar do que estamos preparando”, adiantou a jornalista.

Leia mais:  Justiça nega pedido de segredo de ação que fã move contra Anitta e Netflix

O ‘Fala Brasil’ vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir das 8h30, e aos sábados em edição especial, às 7h35, na Record. 

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

Raissa Barbosa pretende criar projeto de lei contra a psicofobia

Publicado


source
Fãs citam Raissa Barbosa na redação do ENEM
Reprodução/Instagram

Fãs citam Raissa Barbosa na redação do ENEM


Raissa Barbosa, ex-participante de ‘A Fazenda 12’, disse que pretende criar um projeto de lei contra a psicofobia. “Como vocês sabem, todos os dias diversas pessoas (inclusive eu) sofrem diversos ataques psicofobicos, principalmente nas redes sociais. Chegou a hora de tomarmos medidas cabíveis e culpatórias”, escreveu em seu Twitter.

Raissa, que tem síndrome de Borderline, quer que os políticos olhem com mais atenção para a causa. Para isso, ela levantou a tag “Lei Raissa Barbosa” no Twitter, que ficou entre os assuntos mais comentados do site neste sábado (27).

“A tag é apenas o início de uma jornada. Estamos elaborando uma proposta legislativa para criminalizar com penas duras quem praticar psicofobia. Meu advogado @guibelarmino está preparando o texto da lei que vamos apresentar para os Deputados e Senadores”, explicou Raissa.

Você viu?

“Psicofobia é o termo usado para designar atitudes preconceituosas e discriminatórias contra pessoas com deficiências ou transtornos mentais. Apesar das consequências danosas, a psicofobia faz-se presente com extrema frequência e principalmente em ambiente virtual, afligindo pessoas de todas as idades, gêneros, etnias e classes sociais. Nosso objetivo é sensibilizar o Poder Legislativo, para inserir no Código Penal dispositivo que configure como criminosas as condutas psicofóbicas, impondo penas duras para quem cometer o crime”, explicou o advogado.

“Batizamos esta campanha de #LeiRaissaBarbosa pois a modelo Raissa Barbosa, participante do reality #AFazenda12, após divulgar ser portadora da síndrome de Boderline, proporcionou grande discussão sobre o tema e em decorrência disso sofreu e continua sofrendo psicofobia na internet”, finalizou Guilherme.

Leia mais:  Justiça nega pedido de segredo de ação que fã move contra Anitta e Netflix



Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana