conecte-se conosco


CUIABÁ

Esperança renovada: campanha de vacinação completa um mês em Cuiabá

Publicado


Luiz Alves

Clique para ampliar

Hoje faz um mês que começamos a campanha Vacina Cuiabá e só tenho a agradecer à equipe da Secretaria Municipal de Saúde, que não tem medido esforços para que a vacinação seja um sucesso! O comprometimento e o empenho de cada servidor da SMS envolvido na campanha é admirável e me dá mais energia para estar à frente desta pasta tão complexa, que é a Saúde Municipal.

Quem esteve no Centro de Eventos para se vacinar e viu a estrutura montada para a campanha não tem ideia da dificuldade que foi para chegarmos até aquele resultado. Entre o anúncio do Governo Federal de que a vacinação começaria no dia 20 de janeiro até a data propriamente dita, tivemos menos de uma semana para decidirmos tudo e colocarmos em prática. Desde a escolha de um lugar para centralizarmos a vacinação até a elaboração do site onde é feito o agendamento com geração de QR Code, tudo foi feito dentro deste prazo.

Elaborar e colocar em prática uma campanha de vacinação deste porte, sem ter dados antecipados como número de doses a serem recebidas e sem saber quando vamos recebê-las tem sido um grande desafio tanto para mim, como gestora da pasta da Saúde Municipal quanto para minha equipe, que tem se desdobrado entre o trabalho na Secretaria e o trabalho na campanha. Cuiabá é uma das poucas cidades no Brasil que estão seguindo à risca o Plano Nacional de Imunização, o que tem gerado elogios por parte de representantes de órgãos de controle.

Neste momento foi necessário fechar o nosso polo de vacinação pois recebemos poucas doses e as que ainda temos no estoque estão sendo utilizadas para a vacinação dos idosos acamados e para a segunda dose dos idosos institucionalizados. Mas peço a todos que fiquem tranquilos, pois o Governo Federal já sinalizou o envio de novas doses e em breve poderemos reabrir a campanha no Centro de Eventos.

Leia mais:  Prefeitura de Cuiabá mantém 80 leitos de UTI abertos e liminar se torna sem efeito

Assim que retomarmos a vacinação no polo central, continuaremos seguindo o Plano Nacional de Imunização. É importante ressaltar que os grupos prioritários são definidos pelo Ministério da Saúde, não pela Prefeitura. Da nossa parte seguiremos com o compromisso de oferecer uma campanha de vacinação organizada, sem aglomerações, seguindo as medidas sanitárias e com toda a segurança que este momento de pandemia requer. Se Deus permitir em breve teremos uma grande parte da população imunizada, e poderemos voltar a viver sem medo desta doença tão terrível, que já ceifou milhares de vidas.

Ozenira Félix é secretária interina de Saúde de Cuiabá

Comentários Facebook
publicidade

CUIABÁ

Prefeitura recebe 6.410 doses de vacina e avança na campanha de imunização em Cuiabá

Publicado


Luiz Alves

Clique para ampliar

A Prefeitura de Cuiabá recebeu do Governo Federal, na tarde desta sexta-feira (26), mais 6.410 doses das vacinas que darão continuidade à campanha de vacinação contra a Covid-19 na Capital. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) foram recebidas 2.060 de Coronavac e 4.350 da vacina Oxford/AstraZeneca. A SMS agora trabalha no planejamento para a retomada da imunização contra o coronavírus na capital, de acordo com as doses recebidas.

A última entrega de vacinas ocorreu no dia 19 de fevereiro, com 3.120 doses de Coronavac, encaminhadas pelo Ministério da Saúde via Secretaria de Estado de Saúde (SES). Todo o montante recebido até então serviu para imunizar 17.480 trabalhadores da saúde da rede pública e privada da cidade, inclusos no grupo 1 do Plano Nacional de Imunização contra a Covid-19, além de 100% dos idosos institucionalizados, e para a vacinação da 1ª dose dos idosos com 85 anos ou mais e acamados da mesma faixa etária, definidos pelo Ministério da Saúde.

A coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Valéria de Oliveira comemorou a chegada da nova remessa das vacinas, uma vez que que a campanha “Vacina Cuiabá – sua vida em primeiro lugar”, havia sido suspendida devido a falta do imunizante.

“Vamos retomar a campanha com força total na próxima semana, com agendamento prévio, para evitar aglomerações e com todas as medidas sanitárias necessárias, principalmente neste período em que a pandemia tem ganhado força. Em breve divulgaremos com exatidão quais os grupos e faixas etárias estarão contemplados nesta etapa da imunização”, comentou Valéria.

No total foram imunizadas mais de 23 mil pessoas até esta quinta-feira (25), de acordo com os dados atualizados diariamente pelo site da campanha (https://vacina.cuiaba.mt.gov.br/), disponível no portal da Prefeitura de Cuiabá.

Leia mais:  Prefeitura publica ato de nomeação dos aprovados no 1º Concurso Público da Assistência

Comentários Facebook
Continue lendo

CUIABÁ

Secretária acompanha vereadores em visita de inspeção no Hospital de Referência que disponibiliza 95 leitos de UTI’s exclusivas para Covid

Publicado


Davi Valle

Clique para ampliar

A secretária interina de Saúde, Ozenira Félix, esteve na tarde desta sexta-feira (26) acompanhando os vereadores Diego Guimarães e Tenente Coronel Paccola (ambos do Cidadania), em visita de inspeção ao Hopital Referência à Covid-19 (antigo Pronto-Socorro de Cuiabá). Na ocasião, Ozenira reafirmou que a gestão Emanuel Pinheiro trabalha com lisura e transparência e que está aberta para colaborações. No total, são 80 leitos adultos exclusivos para tratamento COVID-19 e 15 pediátricos, todos funcionando perfeitamente no Hospital de Referência.

“Ele esteve aqui sem autorização, eu não deixei entrar porque nós precisamos dos Equipamentos de Proteção Individual EPI’s para entrar. Quando o pessoal disse que ele esteve aqui, eu e o secretário de Governo Luis Claudio entramos em contato com ele e fizemos uma agenda conjunta. Nós não temos nada contra a inspeção, até porque o nosso trabalho é transparente. Eu avisei ao Diego que a autorização é minha, não podemos deixar solto, este é um hospital de referência à COVID. Temos um termo de responsabilidade, porque amanhã ele pode amanhecer com COVID”, pontuou Ozenira.

Pela manhã, a secretária foi informada de que o vereador Diego Guimarães esteve no Hospital Referência solicitando a entrada nas UTI’s COVID-19. Como o local é considerado de alto risco e necessita de procedimentos para a entrada de pessoas e até para não constranger os pacientes, foi reagendada a visita para o período da tarde, com a presença da gestora de Saúde.

O vereador Paccola também esteve acompanhando o colega Diego Guiamarães. Devidamente paramentados, eles percorreram os corredores do hospital, juntamente com a secretária Ozenira.

Sobre a situação dos bloqueios temporários de leitos e denúncias de falta de medicamentos, a secretária explica que os equipamentos precisam de manutenção periodicamente devido ao ritmo intenso de uso e que há falta de medicamentos no mercado.

Leia mais:  Prefeitura recebe 6.410 doses de vacina e avança na campanha de imunização em Cuiabá

“Se eu tiver um profissional que naquele dia teve uma problema e não pude substituí-lo, eu não posso disponibilizar todos os leitos por falta de pessoal. Nós temos que dar manutenção, não é um processo simples ficar 100% com as UTI’s funcionando desde o ano passado. Isso aqui é manutenção diária, é mudança de pessoal diária, é uma corrida contra o tempo, não é fácil e pagamos muito menos que a iniciativa privada. Está faltando medicamento no mercado. Não é um processo fácil, tem sido uma luta diária, só quem está aqui e faz as compras diárias é quem sabe. Quem fala que consegue fazer um grande estoque não consegue, é todo mundo correndo, direto tem outros municípios ligando pedindo medicamento. Rondonópolis mesmo, tem sido um grande parceiro com a gente”, explica a secretária interina de Saúde.

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana