conecte-se conosco


DIAMANTINO

Em reunião, secretários anunciam titulação da Bojuí e construção de ciclovia

Publicado


Adiada em função do cumprimento da agenda do prefeito Manoel Loureiro Neto (MDB) em compromissos na capital do Estado, a reunião com o secretariado ocorreu na manhã desta quarta-feira (24.02) para que o secretariado de gestão apresente o ‘feedback’ e prospecção dos trabalhos desenvolvidos nos 7 dias que antecederam e vão suceder o encontro.

Dr. Manoel Loureiro – O prefeito abriu a reunião informando que devido ao parecer do Supremo Tribunal Federal (STF) favorável aos Estados e municípios para que adquiram imunizantes contra a Sars-Cov-2, vírus causador da Covid-19, ele expedirá ordem de compra de 15 mil doses da vacina que devem contemplar 100% da população local com idade acima de 18 anos.

ESPORTES – As novidades começaram com o secretário de esportes, Jeferson Grolli que deu parecer pela aquisição de um ônibus para atender as demandas de sua pasta, oriundos de recursos captados de emenda parlamentar com o deputado Dr. João Mattos, anunciando também que no próximo dia 13 terá início a primeira competição esportiva no município desde que com a autorização das autoridades sanitárias.

Assistência Social – A secretária Marta Scárdua, relatou o encontro com o prefeito municipal do município de Denise, o “Marrom” que acompanhado de sua primeira dama, realizaram visita guiada ao Lar Anjo Gabriel, a fim de futuras pactuações entre municípios.

A gestora pontuou também que prepara a programação alusiva ao Dia Internacional da Mulher, comemorado anualmente no dia 8 de março, e dentre as atrações, receberão o “ônibus lilás” que promove palestras e atendimento a mulheres moradoras das regiões rurais como Projetos de Assentamentos Caeté, Bojuí e dos bairros Posto Gil e Deciolândia.

EDUCAÇÃO – Em virtude da visita técnica realizada pelo prefeito à unidade mutuense da Escola Tiradentes e o desejo coletivo de que Diamantino recebe uma unidade do modelo educacional, a secretária de educação e cultura, Rose Carris, convocará reunião com o coordenador pedagógico para que assinem um termo de cooperação e intenção de instalação no município, contudo ressaltou que esta não poderá ser instalada nas dependências da escola que será construída no bairro Jardim Alvorada, por se tratar de uma obra para atender um déficit de vagas na educação básica municipal, podendo ter a Tiradentes, sede em um prédio locado.

Rose também deu destaque ao funcionamento da biblioteca municipal, que a pedido do líder do prefeito na Câmara Municipal, o vereador Edson da Silva Giripoca (PSD), passa a funcionar também no período noturno, até às 22 horas.

OBRAS E INFRAESTRUTURA – Há um projeto para a construção de uma ciclo-faixa no bairro Novo Diamantino, que segundo o secretário contemplará com o circuito as avenidas Oscar Schmidt, Min. Gilmar Mendes e Perimetral e custaria aproximadamente R$ 4 milhões que será captado através de emenda parlamentar do senador Carlos Fávaro (PSD).

Edson frisou também os trabalhos em andamento, como a finalização da Ala Covid, anexa ao Hospital São João Batista que deve ser entregue até a próxima segunda-feira (01.03) e a substituição das luminárias e lâmpadas do trecho de serra da MT-240 e do percurso que antecede a parte superior da escadaria do Buriti.

PLANEJAMENTO – A Bojuí terá 100% das propriedades tituladas até o final do ano de 2022, anunciou o secretário de planejamento Ricardo Ferreira, que afirmou ter se encontrado com gestores do Instituto Nacional de Colonização e Reforma agrária (INCRA) onde deram entrada no processo de titularização das propriedades via associação, sendo a via alternativa mais rápida ao programa Titula Brasil.

Leia mais:  Governo de Diamantino, SEDEC MT e Netto Alimentos projetam expansão da cadeia produtiva alimentícia

Comentários Facebook
publicidade

DIAMANTINO

Policias civis e militares recebem 1ª dose da vacina contra Covid-19 em Diamantino

Publicado


A Prefeitura de Diamantino, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e Vigilância Sanitária, deu início a campanha de vacinação contra a Covid-19 nos agentes de segurança pública. Inicialmente foram imunizados 20 policiais civis e militares.

Os policiais receberam a primeira dose da vacina CoronaVac nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (14.04) na Estratégia de Saúde da Família (ESF Central) e terão de retornar para a aplicação da dose de reforço no prazo de 15 dias.

Em razão da não instrução até o momento da imunização dos agentes policiais pela Secretaria de Estado de Saúde (SES MT), os agentes que receberam a primeira dose da vacina produzida pela farmacêutica Sinovac foram escolhidos durante reunião realizada na terça-feira (13.04) entre o comandante da 9ª CIA Independente de Polícia Militar, o major PM Arides, os investigadores de policia judiciária civil, Cleberson e Gilson Silva, a secretaria municipal de saúde, Marinêze de Araújo Meira e o prefeito municipal Manoel Loureiro Neto (MDB).

Cronograma

A Secretaria de Saúde e Vigilância Sanitária, informa ainda que na próxima sexta-feira (16.04), em todas às unidades básicas de saúde durante o período matutino, os idosos com 69 anos de idade também receberão a primeira dose da vacina, sendo para os idosos com idade igual ou superior a 70 anos serão aplicadas a segunda dose do imunizante.

Já na próxima terça-feira (20.04), serão imunizados com a segunda dose da vacina da AstraZeneca, os profissionais da área da saúde.

 Transparência

Você sabia que qualquer pessoa pode ter acesso ao plano de vacinação de Diamantino acessando o Portal de Transparência da Prefeitura Municipal?

Basta acessar o site www.diamantino.mt.gov.br e clicar no banner central localizado no topo do site com a inscrição “VACINÔMETRO”, lá você pode obter informações como total de doses recebidas pelo município, primeira e segundas doses aplicadas e a faixa etária contemplada.

Leia mais:  Governo de Diamantino, SEDEC MT e Netto Alimentos projetam expansão da cadeia produtiva alimentícia

Comentários Facebook
Continue lendo

DIAMANTINO

Governo de Diamantino, SEDEC MT e Netto Alimentos projetam expansão da cadeia produtiva alimentícia

Publicado


A consolidação de Diamantino como polo regional e município estratégico para o crescimento da economia do Estado se faz cada vez mais visível, a determinação do Governo Municipal em atrair investimentos pode ser mensurada no ensejo da Netto Alimentos em expandir os negócios no município e criar novas vagas de emprego, estima-se que após totalmente operacional a fábrica de ovos gere 800 empregos diretos e indiretos.

Em reunião virtual realizada na manhã desta terça-feira (13.04) envolvendo o secretário adjunto de desenvolvimento econômico do Estado, Walter Valverde, o empresário Pedro xxxx proprietário da Neto Alimentos, o secretário municipal de planejamento, Ricardo Eliezer e o prefeito de Diamantino, Manoel Loureiro Neto (MDB), foram discutidas estratégias para a inclusão das industrias lotadas no município de Diamantino no Programa de Desenvolvimento Industrial e Comercial de Mato Grosso (PRODEIC), a fim de obter melhores condições para o crescimento do setor.

A Netto Alimentos é uma indústria paulista de processamento de alimentos à base de ovos integrais, claras e gema pasteurizada, como massa para bolos, com certificações de qualidade nacionais e internacionais e que está em processo de instalação de uma planta industrial no município de Diamantino para a produção de sua matéria prima, os ovos, em larga escala.

Dentre seus principais produtos de comercialização no mercado atacadista e exportação, estão os ovos cozidos, prontos para o consumo, os ovos desidratados em pó, massas para bolo e também a linha fitness que giram em torno da proteína liquida para consumo instantâneo e a proteína isolada do ovo, popularmente conhecida como albumina.

O know-how dos gestores da indústria, apontam uma necessidade de que sejam instaladas em Diamantino ou mesmo na região, outras indústrias para dar suporte de fornecimento e também de descarte de seus subprodutos, como abatedouros das matrizes de ovos, sendo a Neto Alimentos sozinha responsável pela produção de 7,2 mil galinhas capazes de extrair cerca de 8 milhões de ovos por dia, o que os leva a necessidade do planejamento da ramificação e diversificação do abate.

Para o secretário de planejamento Ricardo Eliezer, faz-se necessário o planejamento urgente da ramificação da cadeia produtiva. “Precisamos da ajuda da SEDEC e do Governo do Estado para atrair novas industrias para Diamantino e região, ramificando a cadeia produtiva, assim atraindo novas plantas com certificação para abate”, destaca.

“A necessidade é da criação de novos subprodutos para dar finalidade a galinha abatida, hoje precisamos enviar para fora do Estado o que inviabiliza custo, o frete acaba ficando mais caro”, ressaltou Walter Valerde.

Diamantino contará com apoio do Governo do Estado com incentivos fiscais que ajudarão o município atrair novos investidores.

O secretário municipal de Planejamento convidou a SEDEC para realizar um mapeamento da cadeia produtiva com intuito na implementação de novas indústrias para descarte, pois as indústrias já instaladas em Mato Grosso não suprirão toda necessidade de descarte e produção de subprodutos.

“Parabéns pelo trabalho, pois sabemos o quanto era difícil ter acesso aos benefícios fiscais nas gestões anteriores”, sublinhou Jilson Francisco ao mencionar o esforço na desburocratização dos incentivos na área da agricultura, fundamental para viabilizar expressivos investimentos.

O prefeito Manoel Loureiro Neto afirmou que Diamantino tem muita capacidade e está de portas abertas para vinda de grandes empreendimentos.

Leia mais:  Governo de Diamantino, SEDEC MT e Netto Alimentos projetam expansão da cadeia produtiva alimentícia

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana