conecte-se conosco


MATO GROSSO

Cidadão pode consultar empresas para parcelar débitos de veículos no site do Detran-MT

Publicado


Os cidadãos que desejam parcelar os débitos do veículo no cartão de crédito podem consultar as empresas credenciadas no site do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT). CONSULTE AQUI AS EMPRESAS

A orientação do Detran-MT é que o cidadão realize uma simulação entre as empresas para verificar qual a oferta mais vantajosa de parcelamento.

Com as empresas credenciadas, o cidadão poderá parcelar todos os débitos vencidos e a vencer, incluindo os valores deste ano, para viabilizar o Licenciamento do veículo.  

São: taxa de Licenciamento, inscrita ou não em dívida ativa; Seguro DPVAT; IPVA, inscrito ou não em dívida ativa; e infrações de trânsito municipais, estaduais e federais como infrações da Semob, Detran, Sinfra, PRF e DNIT.

Desde que iniciou o serviço, em outubro de 2019, até este mês já foram parcelados quase R$ 20 milhões em débitos veiculares. “O parcelamento é uma forma de disponibilizar aos proprietários de veículos alternativa para quitar seus débitos à vista ou em parcelas mensais, saindo da inadimplência e com a imediata regularização da situação do veículo”, ressaltou o presidente do Detran-MT, Gustavo Vasconcelos.  

Atualmente o Detran-MT conta com oito empresas credenciadas junto à Autarquia para realizar o serviço, que pode ser feito de forma online.

Pagamento com cartão

No momento da negociação dos débitos para pagamento, a empresa credenciada deverá demonstrar, detalhadamente, a formação dos custos do valor da dívida, identificando cada débito parcelado, taxa de juros aplicada e o número de parcelas escolhidas pelo proprietário do veículo.

O pagamento pode ser feito em até 12 vezes com até três cartões de crédito diferentes, independentemente de ser da titularidade da pessoa que está quitando os débitos, garantindo a integridade da operação mediante senha pessoal e intransferível do titular do cartão.

Leia mais:  Operação Lei Seca autua 32 motoristas por irregularidades em Cuiabá
Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

MATO GROSSO

Projeto oferta minicursos para formação de agentes culturais em Alta Floresta

Publicado


O projeto Horizontes da Cultura: Programa de formação de agentes culturais, do gestor cultural Robson Quintino, abriu inscrições para a qualificação de produtores e agentes culturais de Alta Floresta e região. O projeto é realizado via Edital MT Nascentes da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT).

Serão seis minicursos modulares e continuados, com carga horária de oito horas cada um, com temas na área artística e de gestão cultural, sendo eles: Gestão Estratégica para Grupos Cênicos; Gestão, Política e Produção Cultural; Processos Criativos; Curadoria e Crítica; Mediação de Espetáculos e Internacionalização das Artes Cênicas.

De acordo com o coordenador pedagógico do projeto, Elenor Cecon Júnior, o objetivo é “fomentar a produção cultural e democratizá-la, ampliando as possibilidades e o acesso da população a experiências culturais e artísticas. Oportunidade para profissionais do setor cultural de se capacitarem com um curso de qualidade, com uma equipe de professores qualificados”.

Da esquerda para a direita - Daniela Ávila (RJ), Daniela Sampaio (SP) e Francis Wilker (CE) estão entre os profissionais que conduzirão os módulos dos minicursos.

Da esquerda para a direita – Daniela Ávila (RJ), Daniela Sampaio (SP) e Francis Wilker (CE) estão entre os profissionais que conduzirão os módulos dos minicursos.

Os minicursos serão realizados durante os meses de março e abril, pela plataforma Zoom. As aulas serão ministradas por profissionais com expertise na área, como Daniela Ávila (RJ), Daniela Sampaio (SP) e Francis Wilker (CE). Para receber o certificado, os participantes deverão ter o aproveitamento de ao menos 75% das aulas.

Ao todo serão ofertadas 180 vagas, sendo 30 para cada minicurso. Os interessados podem se inscrever preenchendo o formulário eletrônico disponível no link https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSf9qLyYV4uTX9gyoz0DwbX84y6u1NnnRdT2Uf8ErlND7tMgFA/viewform. As inscrições ficam abertas até 2 dias antes do início das aulas de cada módulo.

Confira a programação abaixo:

-Módulo I – Processos Criativos – Dias 16, 17 e 18 de março, das 19h as 21h30 (horário de Mato Grosso), ministrado por Francis Wilker (CE);

Leia mais:  Projeto oferta minicursos para formação de agentes culturais em Alta Floresta

-Módulo II – Mediação de Espetáculos – Dias 22, 24 e 25 de março, das 19h as 21h30 (horário de Mato Grosso), ministrado por Glauber Coradesqui (RJ);

-Módulo III – Curadoria e Crítica – Dias 2, 3 e 4 de abril, das 9h as 11h30 (horário de Mato Grosso), ministrado por Daniela Ávila (RJ);

-Módulo IV – Gestão Estratégica para Grupos Cênicos – Dias 10, 17 e 24 de abril, das 9h as 11h30 (horário de Mato Grosso), ministrado por Robson Quintino (MT);

-Módulo V – Internacionalização das Artes Cênicas – Dias 20, 21 e 23 de abril, das 19h as 21h30 (horário de Mato Grosso) ministrado por Tatiana Horevicth e Juliana Capilé (MT);

-Módulo VI – Gestão, Política e Produção Cultural – Dias 26, 27, 28 e 29 de abril, das 19h as 21h (horário de Mato Grosso), ministrado por Daniela Sampaio (SP).

Informações: [email protected]

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

MATO GROSSO

Operação Lei Seca autua 32 motoristas por irregularidades em Cuiabá

Publicado


Operação Lei Seca deflagrada na noite desta quarta-feira (03.03), na Avenida Miguel Sutil, em Cuiabá, resultou na confecção de 32 Autos de Infração de Trânsito (AIT’s). A ação começou às 21h20 e seguiu até às 23 horas, no bairro Santa Helena. Uma pessoa foi presa por embriaguez ao volante.

Ainda no período, foram realizados 58 testes de alcoolemia (bafômetro) e 18 veículos, entre carros e motocicletas, foram recolhidos.

Do total de infrações de trânsito, sete foram por conduzir veículo sob efeito de álcool (Art. 165), cinco foram por recusa a realizar o teste de alcoolemia (Art. 165-A), quatro por conduzir veículo sem habilitação (Art. 162), dentre outros.

A Operação Lei Seca é realizada de forma integrada e coordenada pelo Gabinete de Gestão Integrada (GGI-E) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT). Nesta edição, participaram representantes das Polícias Militar (PM-MT), Civil (PJC-MT) e Rodoviária Federal (PRF), Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT), Sistema Penitenciário de Mato Grosso (Sispen) e Guarda Municipal de Várzea Grande (GM-VG).

A multa para o motorista que é flagrado dirigindo sob efeito alcoólico é de R$ 2.934,70. No momento do teste do bafômetro, o condutor que tiver índice de álcool no sangue superior a 0,33 miligramas por litro de ar expelido será preso, pagará multa, terá a CNH suspensa e responderá por crime.

Quando a quantidade de álcool for abaixo de 0,33mg/l, o condutor é autuado, tem a CNH retida e paga multa.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Parceria garante entrega de kits alimentação e apostilas para alunos da zona rural
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana