conecte-se conosco


MATO GROSSO

CGE cede à Escola de Governo sistema de emissão de certificados

Publicado


A Controladoria Geral do Estado (CGE-MT) adequou e cedeu o sistema eletrônico desenvolvido e utilizado pelo órgão para a emissão de certificados em capacitações digitais realizadas pela Escola de Governo.

A adequação da ferramenta atende solicitação da Escola de Governo, formalizada no fim de 2020, de consultoria técnica para a implantação de sistema similar na unidade administrativa da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag).

O pedido de parceria surgiu da necessidade de expedição de mais de 20 mil certificados aos participantes de cursos remotos promovidos pela Escola de Governo no ano de 2020 em função da pandemia do coronavírus.

Devido à urgência e ao quantitativo de certificados a serem emitidos, a CGE-MT adequou o sistema para atender as necessidades da Escola de Governo e também inseriu o conteúdo dos mais de 20 mil certificados na base de dados da ferramenta para resolver o passivo.

O secretário de Estado de Planejamento e Gestão, Basílio Bezerra, ressalta a importância da parceria com a CGE, principalmente no sentido de fomentar a capacitação e atualização de conhecimento dos servidores estaduais neste cenário de pandemia.

“Só para se ter uma ideia, em dois anos o número de servidores capacitados pela Escola de Governo cresceu 366%. No total, 28.379 qualificações foram realizadas nos anos de 2019 e 2020. Somente em 2020, o desempenho bateu recorde e foi o maior entre os registros da Escola, totalizando 23.387 certificações em 10 meses. Nesse contexto, a ajuda da CGE-MT é extremamente importante”, argumenta.

A consultoria técnica à Escola de Governo coube à Superintendência de Inteligência da CGE-MT, unidade responsável pelo desenvolvimento e manutenção da ferramenta.

O superintendente de Inteligência da CGE-MT, Aprígio Guilherme Miranda de Freitas, destaca que a adaptação do sistema para a Escola de Governo já contemplou, inclusive, a versão 2.0 que estava em desenvolvimento para a Controladoria.

Leia mais:  Curta "Grãos" convida população para participar de produção que conta a históia da soja em MT

“Uma das peculiaridades é a possibilidade de os alunos consultarem, por CPF, a relação de cursos feitos e gerarem a lista dos certificados que podem ser emitidos on-line. Outro diferencial é a possibilidade de confirmação da autenticidade do certificado emitido pelo sistema”, pontua.

Clique AQUI para conferir o sistema adaptado para a Escola de Governo e aproveite para emitir seus certificados, caso tenha feito cursos on-line promovidos pela Escola de Governo em 2020.

Histórico

Sistema de Capacitações da CGE foi desenvolvido no ano de 2015. No período de 2015 a 2018, além de atender às demandas de capacitação da CGE, a ferramenta também foi “emprestada” a outros órgãos, como a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) e a Seplag, para a recepção de inscrições e emissão eletrônica de certificados alusivos a eventos com grande volume de participantes.

Nos anos de 2019 e 2020, o uso da ferramenta pela CGE teve grande impulso em virtude da realização dos eventos comemorativos aos 40 anos da Controladoria e das orientações virtuais (lives) decorrentes da pandemia do coronavírus. Entre eventos externos e internos, foram realizados 34 com a recepção prévia de mais de 9 mil inscrições e emissão de 5.000 certificados.

Funcionamento

Pelo sistema, funciona assim: servidores com acesso de administrador cadastram os cursos com inscrições abertas para que o público-alvo se inscreva. Os servidores inscritos que alcançarem no mínimo 75% de frequência nas capacitações recebem nos e-mails informados no ato de inscrição um código para acessar o sistema e emitir o certificado, a ser guardado em arquivo eletrônico ou impresso quando necessário pelo participante.

O sistema possibilita consulta ao histórico de cursos realizados e certificados expedidos; anexar a apresentação dos facilitadores e outros materiais didáticos para acesso antecipado dos participantes; limitar número de participantes por eventos; gerar planilha excel com a relação de inscritos para efeito de lista de presença etc.

Leia mais:  Equipamentos levados de pousada são localizados em bairro de VG e uma pessoa é presa por receptação
Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

MATO GROSSO

Sábado (27): Mato Grosso registra 250.526 casos e 5.786 óbitos

Publicado


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (27.02), 250.526 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 5.786 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 557 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 250.526 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 8.771 estão em isolamento domiciliar e 234.677 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 392 internações em UTIs públicas e 361 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 87,11% para UTIs adulto e em 41% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (53.656), Rondonópolis (19.387), Várzea Grande (15.878), Sinop (12.883), Sorriso (10.302), Tangará da Serra (9.981), Lucas do Rio Verde (9.332), Primavera do Leste (7.419), Cáceres (5.545) e Nova Mutum (5.064).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 215.765 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 890 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na última sexta-feira (26), o Governo Federal confirmou o total de 10.455.630 casos da Covid-19 no Brasil e 252.835 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 10.390.461 casos da Covid-19 no Brasil e 251.498 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados de sábado (27).

Recomendações

Já há uma vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

Leia mais:  Polícia Civil prende suspeito de furto de gado e identifica associação criminosa em Poconé

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
– Evitar contato próximo com pessoas doentes;
– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

MATO GROSSO

Curta “Grãos” convida população para participar de produção que conta a históia da soja em MT

Publicado


O curta metragem Grãos, uma obra que pretende conhecer e dar voz a algumas das muitas histórias tocantes por trás da produção de soja em Mato Grosso, está convidando os moradores de Nova Xavantina e região a se inscreverem, compartilhando histórias de vida e trajetórias transformadas pela oleaginosa.

Os interessados podem enviar um áudio ou um vídeo selfie (filmado em formato horizontal) por WhatsApp ou por e-mail, até o dia 05 de março. O objetivo é saber como a cultura da soja mudou a vida de pessoas comuns, moradores da histórica cidade de Nova Xavantina, localizada na Região Nordeste do Estado. As filmagens das entrevistas e cenas devem começar dia 12 de março.

Está prevista uma exibição especial em Nova Xavantina, antes mesmo da estreia da obra em festivais e mostras de cinema nacionais e internacionais. A produtora Cumbaru Produções Artísticas, sediada em Cuiabá, irá produzir o curta-metragem, e conta com o apoio da Miluspanda Produções, uma produtora paulista com foco no mercado chinês.

O curta é realizado com recursos do Edital MT Nascentes da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT). O projeto é resultado da união entre as cineastas Danielle Bertolini, de Mato Grosso, e Milena Moura, de São Paulo; e dois moradores de Nova Xavantina, a bióloga e pesquisadora Rosely Sanches e o fotógrafo Marcelo Okimoto, que buscam conhecer e apresentar algumas das histórias por trás deste que é um dos grãos que move a economia brasileira.

De acordo com dados da Secretaria de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), divulgados em janeiro deste ano, o complexo soja (grão, óleo e farelo) foi o principal produto da pauta exportadora do Brasil em 2020.  O total exportado foi de 101,04 milhões de toneladas, o que representou a entrada no país de US$ 35,24 bilhões. A China foi o maior mercado consumidor, responsável pela compra de 73,2% da soja em grão exportada.

Leia mais:  Homem é preso em flagrante pela Polícia Civil por homicídio qualificado e lesão corporal

Serviço

Curta metragem “Grãos”

Seleção de histórias: até 05/03/2021

Inscrições e dúvidas: Whatsapp (65) 99261-4197 ou e-mail [email protected]

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana