conecte-se conosco


CUIABÁ

Casa de Amparo é referência no atendimento às mulheres vítimas de violência; primeira-dama reforça ações de fomento ao empoderamento

Publicado


Vicente Aquino

Clique para ampliar

Referência no atendimento às mulheres vítimas de violência, a Casa de Amparo, ligada à Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência da Prefeitura de Cuiabá, atua com 29 espaços em uma  área de 608,46 m², e disponibiliza atendimento social, jurídico e psicológico para mulheres vítimas de violência.

A unidade, que tem capacidade para atender a 22 mulheres, possibilita o  resgate da integridade física e psicológica. “Diariamente, a gestão Emanuel Pinheiro trabalha com a implementação de políticas públicas que possibilitem reverter esse ciclo em que as mulheres figuram como vítimas de violência doméstica”, destaca a primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro. Ela relembra que a capital do Estado é uma das primeiras do país a implantar a Secretaria da Mulher, com a missão de fomentar e criar políticas  que visam a emancipação social, familiar, política e econômica das mulheres.

Ela pondera que os esforços são diários, mas elenca que  os números de atendimentos ainda permanecem altos. No ano de 2020, a unidade abrigou 80 mulheres e 66 crianças.

Acolhida, uma imigrante da Venezuela de 31 anos,  conta que após  cinco anos de muito sofrimento sua vida mudou e a Casa de Amparo é de fundamental valia no processo. Ela e dois filhos estão abrigados na unidade. Há pouco mais de duas semanas, uma vizinha ajudou a encerrar o ciclo de violência que lhe foi impostos por anos.

“Agradeço, primeiramente,  a Deus e depois a essa colega de bairro. Talvez, se não fosse a atitude dela, não estaria aqui para dar esse depoimento e saber que tenho a chance de recomeçar”, declarou.  

A intenção dela é retornar para Manaus, onde estão seus familiares.

Leia mais:  "Na Xá Cara": Tocandira Trio Fusion inova ao "temperar" jazz com rasqueado

Responsável técnica da Casa de Amparo, Fabiana Soares explica que em decorrência da pandemia do coronavírus,  à unidade também adotou uma série de medidas de biossegurança.  “Adotamos todas as precauções e medidas exigidas de higiene para o controle da doença. Sabemos que podem ser medidas simples, porém de fundamental importância nesse momento em que o prefeito Emanuel Pinheiro não está medindo esforços para manter a segurança e vida dos servidores que estão na linha de frente, como das acolhidas que estão na Casa”.

Pondera que a Casa de Amparo não funciona como porta aberta. Para receber o acolhimento, é necessário que a vítima acione as autoridades policiais. As abrigadas podem permanecer até 120 dias na instituição e ser acompanhadas de seus filhos até os 17 anos e 11 meses de idade.

Fabina explica que o atendimento inicial pode ser feito pelo número 180 (A Central de Atendimento à Mulher) ou 190 (serviço de emergência) para pedir ajuda. “Por meio desses canais, os servidores que estão capacitados para atender esse tipo de ocorrência, irá orientar a vítima ou quem registrar a denúncia sobre o que precisa ser feito. Quanto mais rápida a procura por ajuda, mais fácil para que a equipe preste os devidos socorros”, ressaltou Soares. 

“Sempre estamos pensando nas pessoas em primeiro lugar. Mas é preciso ir além, demonstrando e oferendo todo suporte à essas mulheres e demonstrar que é possível recomeçar a vida com novos horizontes. Não podemos nos calar e achar que isso já é uma coisa normal. Violência contra a mulher é crime”, concluiu.

Comentários Facebook
publicidade

CUIABÁ

Veja como funcionam as Secretarias de Governo e Cultura, Esporte e Lazer com reforço de medidas de biossegurança

Publicado


Luiz Alves

Clique para ampliar

A Secretaria de Governo, localizada no sétimo andar do Palácio Alencastro, passa a funcionar em regime de revezamento dos servidores alocados na Pasta até o dia 21 de março. O atendimento presencial ao público deverá ser agendado. Já a Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer também está com seus funcionários em rodízio, mas o atendimento presencial ao público está suspenso.

As medidas foram tomadas em decorrência do decreto municipal de nº 8.340, anunciado em 02 de março de 2021 sob determinação do prefeito Emanuel Pinheiro, os servidores da capital, com exceção de áreas essenciais, poderão cumprir sua jornada por revezamento de 03 a 21 de março, de acordo com a orientação de cada gestor de Secretaria. Servidores municipais do grupo de risco- como já previsto por meio do decreto 8.331/2021 de 26 de fevereiro, permanecem em home office até 31 de maio.

Ambas as Secretarias reduziram seu efetivo em trabalho presencial em 50% para aumentar o distanciamento mínimo entre os servidores. As medidas de biossegurança, como uso de máscara e álcool 70% foram ainda mais reforçadas.

Para agendamentos na Secretaria de Governo, basta entrar em contato pelo telefone (65) 3645-6130. O Gabinete do Prefeito atenderá também mediante agendamento pelo telefone (65) 3645-6001.

Já a Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, o atendimento será realizado via telefone (65) 3617-1261.

Comentários Facebook
Leia mais:  Prefeitura de Cuiabá entra com recurso no STF para garantir autonomia municipal
Continue lendo

CUIABÁ

Prefeitura mantém ações voltadas para o acolhimento da população em situação de rua

Publicado


A Prefeitura de Cuiabá por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência mantém ações especificas destinadas ao atendimento à população em situação de rua no enfrentamento a pandemia do coronavírus. O cuidado com o público em situação de vulnerabilidade social recebe atenção especial da primeira-dama da capital, Márcia Pinheiro.

Ações de abordagem são realizadas de forma contínua pelas equipes da Assistência que percorrem diariamente a cidade informando ao público sobre as unidades existentes e encaminhá-los para acolhimento. Essas ações são realizadas pelas  equipes dos Centros de Referência Especializado de Assistência Social (Creas).

A secretária municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, Hellen Ferreira, pontua ainda que a  rede de Assistência conta com três albergues municipais, sendo o Manoel Miráglia, o albergue instalado na região do Porto, além do Hotel Albergue  instalado em parceria com  uma rede de hotéis o que possibilitou a  ampliação da capacidade de abrigamento desse público.  

Atualmente, o “Hotel Albergue” abriga 84 pessoas em situação de rua, sendo a maioria das vagas ocupadas por homens. Já os albergues municipais contam com 112 pessoas abrigadas, sendo 39 no Albergue Manoel Miráglia, 45 no Albergue do Porto e 28 no Albergue da Guia. Cada unidade tem capacidade de atendimento de até 50 pessoas.

Os albergues municipais destinam-se ao atendimento de pessoas em trânsito ou que vieram para Cuiabá e não conseguem voltar de imediato as suas respectivas cidades.

Já o “Hotel Albergue”  é a unidade que atende pessoas que já foram referenciadas pela Assistência Social por meio dos CREAS.

Leia mais:  Veja como funcionam as Secretarias de Governo e Cultura, Esporte e Lazer com reforço de medidas de biossegurança

A secretária ressalta que muito mais que garantir o acolhimento, o trabalho desenvolvido é preventivo.

“Todos os dias ocorrem desligamentos voluntários devido a dificuldade de permanecer em isolamento social. O número muda de um dia para o outro conforme as ações de acolhimento e desligamento. É por isso que o trabalho é diário. A nossa equipe não tem medido esforços para acolher o maior número de pessoas”, disse a secretária.

Para aqueles que não aceitam o acolhimento, são distribuídas refeições todos os dias, em diferentes pontos da cidade como também no Aterro Sanitário. Além também de kits de higiene pessoal e álcool gel.

“Esse trabalho de sensibilização é permanente. É meta do nosso prefeito Emanuel Pinheiro e da nossa primeira-dama Márcia Pinheiro oferecer acolhimento para o maior número possível de pessoas em risco de vulnerabilidade social. Sabemos que muitos ainda são resistentes, mas com esse trabalho contínuo, aos poucos, vamos alcançando os resultados esperados”, finalizou.

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana