conecte-se conosco


ENTRETENIMENTO

Ana Paula critica postura de Thammy com Lumena: “Racismo reverso não existe”

Publicado


source
Thammy e Ana Paula
Reprodução

Thammy e Ana Paula

Thammy Miranda pretende processar a psicóloga Lumena Aleluia por racismo. A participante do ‘BBB 21’ fez comentários sobre Carla Diaz, se referindo a ela como “cagada na merda da branquitude”. Durante o ‘Fofocalizando’ da tarde desta quinta-feira (18), a Ana Paula Renault disse que a atitude do vereador pode endossar a ideia de que o “racismo reverso” exista.

“Isso só faz transparecer o desserviço que Lumena está prestando lá dentro da casa. Por quê? Porque essa tal de história de racismo reverso não tem muito a ver, não existe. Simplesmente porque foi a branquitude quem oprimiu por centenas de anos os negros, correto? A questão do racismo tem exatamente essa questão de superioridade, de transformar o outro em inferior. Então, a gente tem que falar da escravidão. A escravidão, gente, quer queira, quer não, foi ontem. É muito recente. E a população negra sofreu muito nas mãos de quem? Dos brancos”, disse Ana Paula.

“É essa que é a questão. Por isso que não é ético, não é moral, não é legal falar em racismo reverso, porque ele não existe. Simplesmente porque a população preta sempre foi muito oprimida por nós, correto?”, explicou. “Se Carla Diaz tivesse falado o inverso, ela deveria sim sair presa. No caso da Lumena, acho que não é para tanto exatamente por essa dívida histórica gigantesca que nós temos com a população preta”, disse a jornalista e ex-‘BBB’.

Ana Paula ainda disse que o que falta em Lumena é caráter, já que ela usa uma causa tão importante para brigas e picuinhas pessoais que tem com os outros participantes. “Mau caráter. Uma coisa é Lumena. Vocês não podem pegar uma personalidade, uma pessoa, e ir lá falar por toda a comunidade negra”, finalizou.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
publicidade

ENTRETENIMENTO

“Quero um casamento lindo”, assume Sabrina Sato

Publicado


source
Divulgação

“Quero um casamento lindo”, assume Sabrina Sato

Assim como muitas mulheres,  Sabrina Sato ainda sonha em casar na igreja com direito a festa para mais de 500 pessoas e a apresentadora estava prestes a realizar o desejo. Se não fosse a pandemia do coronavírus, o enlace com o ator Duda Nagle aconteceria em 2020, mas agora não tem nem previsão.

“Sou muito família. É claro que eu quero casar com o Duda e eu tenho esse sonho de querer entrar com vestido na igreja, quero fazer um casamento lindo! Mas esse período agora tirou um pouco disso. Como a gente vai fazer uma festa? Como a gente vai reunir os amigos?”, revelou para Rodrigo Faro. Uma entrevista com a apresentadora e colega da Record é uma das atrações do programa ‘A Hora do Faro’ deste domingo (7).

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Leia mais:  'BBB 21': Sérgio Mallandro se oferece para fazer pegadinha no reality
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

Ludmilla compartilha crítica sobre lockdown e apaga após ser criticada

Publicado


source
Ludmilla
Instagram/Reprodução

Ludmilla

Ludmilla movimentou a internet nesta sexta-feira (5), após compartilhar uma crítica ao lockdown decretado no Rio de Janeiro, onde a cantora reside com a família. A publicação da funkeira questiona se pessoas de serviços considerados não essenciais continuarão frequentando serviços essenciais. “Vidas importam e os trabalhos também”, diz um trecho do texto, que foi apagado minutos depois da publicação ir ao ar. Mas os internautas tiraram print e desde então a cantora vem sendo muito criticada por conta da postagem.

O texto publicado por Ludmilla, que é originalmente do especialista em sobrancelhas, Rafa Paixão, dizia o seguinte: “Será que o dono da academia (não essencial) continuará indo ao supermercado (essencial)? Será que o dono da loja de vestuários (não essencial) continuará indo ao posto de combustível (essencial)? Será que a dona do bar (não essencial) continuará indo à loja de material de construção (essencial)? Será que a filha do músico (não essencial) continuará naquele colégio (essencial)? Será que a dona Maria, garçonete (não essencial), pagará o IPTU (essencial)? Será que o vendedor ambulante (não essencial) pagará o aluguel (essencial)? Será que o artesão (não essencial) pagará a conta de água, luz (essencial)? Será que o que está sendo considerado não essencial, realmente não é mesmo essencial? Tudo é essencial. Vidas importam e os trabalhos também”.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Leia mais:  Anitta curte férias com seu affair Lipe Ribeiro no Caribe
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana