conecte-se conosco


CUIABÁ

Vacinação contra Covid-19 deve começar no próximo dia 20, dependendo de liberação pela Anvisa, anuncia Emanuel

Publicado


Luiz Alves

Clique para ampliar

A campanha de vacinação contra a Covid-19 em Cuiabá começará na próxima quarta-feira (20), dependendo da liberação dos imunizantes Coronavac e vacina de Oxrford pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O anúncio foi feito pelo prefeito Emanuel Pinheiro, nesta quinta-feira (14), após participar de videoconferência com Ministério da Saúde, prefeitos e secretários de saúde de todo o país. “O ministro nos adiantou que, a princípio (porque depende da liberação emergencial ou definitiva da Anvisa), nós nos preparamos para início da campanha de imunização para quarta-feira, dia 20 de janeiro, para grupos determinados, como idosos com mais de 60 anos, profissionais da saúde, pessoas com deficiência e indígenas aldeados, que não é o caso de Cuiabá”, informou. 

Segundo o prefeito, existe um pedido para que profissionais da Educação também sejam incluídos nessa primeira etapa da vacinação e que, se não houver alterações na definição dos grupos prioritários na primeira fase, Cuiabá trabalhará com um universo de 125 mil a 150 mil pessoas a serem imunizadas, o que corresponde a cerca de 300 mil doses, já que o Ministério da Saúde enviará de uma só vez as duas doses necessárias por pessoa para que a vacina tenha efeito. 

Pinheiro informou ainda que a campanha nacional de imunização contará com 8 milhões de doses na primeira etapa, sendo 6 milhões de doses fabricadas pelo Instituto Butantã (Coronavac) e 2 milhões pela Fiocruz (vacina de Oxford). A previsão é de que 30 milhões de doses sejam liberadas em fevereiro e 40 milhões de doses entre março e abril, para todo o Brasil. A distribuição aos estados e municípios será proporcional à população. 

Seringas e agulhas

Leia mais:  Primeira fase da vacinação contra Covid-19 funcionará apenas no Centro de Eventos do Pantanal

Com relação aos insumos necessários à aplicação da vacina, Emanuel Pinheiro afirmou que o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, tranquilizou os prefeitos em relação a isso. “As seringas estão garantidas pelo Ministério da Saúde. O Ministério da Saúde vai assegurar para o Brasil inteiro. O ministro nos tranquilizou que a produção e aquisição está toda centralizada no Governo Federal e que essa não é uma preocupação, que o governo federal está pronto para amparar estados e municípios na distribuição de seringas para que a campanha não sofra nenhum revés em virtude disso”. 

Logística

Ao final da reunião com o ministro, o prefeito se reuniu com a equipe da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), comandada pela secretária Ozenira Félix, e da Vigilância Epidemiológica, para definir a logística da campanha de imunização da Covid-19. “Nós vamos, neste primeiro momento, centralizar, ter um ponto central, que está sendo definido, e teremos um ponto em cada região da cidade, tendo como apoio a estrutura já existente na rede municipal de saúde. Neste final de semana, no mais tardar segunda-feira, iremos anunciar com antecedência toda a estrutura que irá atender desde a primeira fase, com grupos definidos, até a velocidade maior, ao longo dos meses”, disse Pinheiro. 

“O que eu posso garantir é que Cuiabá está se preparando nos últimos detalhes para dar toda a segurança e atendimento à população cuiabana com sucesso, na campanha municipal de imunização da Covid-19”, asseverou o gestor. 

#CuiabaVaiVacinar

Comentários Facebook
publicidade

CUIABÁ

Prefeitura divulga edital convocando 130 aprovados em concurso público da Educação

Publicado


A Prefeitura de Cuiabá divulga nesta quinta-feira (21), o edital de convocação dos candidatos aprovados no Concurso Público da Secretaria de Educação realizado em 2019. Nesse edital serão convocados 130 Técnicos em Manutenção e Infraestrutura-Auxiliares de Serviços Gerais (TMIE-ASG), que em 2020 tiveram o procedimento de convocação e posse suspensos em razão das restrições impostas pela pandemia provocada pelo coronavírus.

O prazo para apresentação de documentos e realização de exames admissionais serão retomados, sem prejuízo para os candidatos aprovados que estão sendo convocados.

A Secretaria Municipal de Educação informou ainda que na sexta-feira (22) serão chamados mais 324 candidatos aprovados para os cargos de Professor Pedagogo e Professor de Língua Inglesa.

A orientação da Secretaria Municipal de Educação aos candidatos aprovados é para que fiquem atentos às publicações dos editais,  onde constam todas informações relacionadas a prazos e documentações.

Os candidatos aprovados que tiverem dúvidas podem entrar em contato com a Secretaria Municipal de Educação por meio da Coordenadoria Técnica de Gestão de Pessoas da Secretaria Municipal de Educação pelo telefone 3645 6577.

Serviço:

Calendário de Publicação dos Editais de Convocação dos candidatos aprovados no Concurso Público da Educação – 2019

Dia 21/01 – TMIE-ASG

Dia 22/01 – Professores Pedagogos e Professores de Língua Inglesa

 

Comentários Facebook
Leia mais:  Prefeitura divulga edital convocando 130 aprovados em concurso público da Educação
Continue lendo

CUIABÁ

Primeiros sete profissionais da saúde cuiabanos são vacinados contra a Covid-19

Publicado


Luiz Alves

Clique para ampliar

Após quase um ano de pandemia da Covid-19 em Cuiabá, foram vacinadas, na manhã desta quarta-feira (20), as primeiras sete pessoas na campanha “Vacina Cuiabá – sua vida em primeiro lugar”, trazendo esperança de superação deste momento difícil pelo qual passa toda a humanidade. 

Receberam a primeira dose da CoronaVac os trabalhadores da saúde: João Acassio de Moraes, 47 anos, maqueiro da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Covid do Hospital São Benedito; Cervantes Caporossi, médico do Hospital Santa Rosa, com 42 anos de experiência em UTI e centro cirúrgico; José Augusto Curvo (Tampinha), 71 anos, médico há 47 anos; Maíra Sandes, médica plantonista do Hospital São Benedito; Dercilio de Souza Ferreira, 49 anos, enfermeiro do Hospital Referência à Covid-19, atuando há 26 anos em pronto atendimento, emergência e UTI; Jakelyne Thayane de Arruda Soares, 28 anos, assistente social no Hospital São Benedito, onde atua com a Visita Virtual aos pacientes internados com Covid-19 e Thuany Meira Girando, 29 anos, enfermeira e coordenadora de enfermagem da UTI do Hospital São Benedito. 

Durante o evento de início da campanha de vacinação, o prefeito Emanuel Pinheiro exaltou a abnegação desses profissionais, que se dedicam a salvar vidas. “Homenageio os servidores públicos da Capital em nome dos valorosos guerreiros e guerreiras profissionais da saúde da Capital do estado de Mato Grosso. Quero parabenizar por todo esse comprometimento e por todo esse amor de servir ao público e de se dedicar, num momento tão difícil da humanidade, para que Cuiabá saia à frente e continue sendo uma capital referência no enfrentamento do combate a covid-19”, discursou.

Leia mais:  Primeiros sete profissionais da saúde cuiabanos são vacinados contra a Covid-19

Emanuel destacou ainda que este dia marca o mais importante, simbólico e emblemático momento da campanha” e agradeceu o empenho da equipe da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). “Em nome da secretária municipal de Saúde, Ozenira Félix, da coordenadora do plano municipal de vacinação, Valéria de Oliveira e da supervisora deste plano, Flávia Guimarães, quero parabenizar o trabalho fora de série, diuturno, detalhado, responsável, aplicado e precavido na saúde e na vida de todos os cuiabanos e cuiabanos dessa minha equipe que eu tenho orgulho de liderar como prefeito da capital do Estado de mato Grosso”, enfatizou. 

O prefeito informou que, por enquanto, por conta do reduzido número de doses enviadas, serão vacinados apenas trabalhadores da saúde que estão na linha de frente do combate à covid-19. Ao longo desta quarta-feira (20), cerca de 100 trabalhadores da linha de frente da covid-19, que atuam em hospitais públicos e privados, serão vacinados. 

Primeiro a ser vacinado em Cuiabá, o maqueiro João Acassio comemorou o fato de ter sido vacinado e relembrou o momento de horror que viveu ao longo de meses socorrendo pacientes com Covid-19. “É desesperador porque você vê as pessoas buscando o ar e já inseguras, falando que estão com medo de não voltar para casa em função de terem contraído a doença. É muito desesperador, a gente viveu um ano de grande aflição em 2020”. 

O trabalhador da saúde ainda orientou à população que procure se vacinar, quando chegar seu momento na lista de grupos prioritários. “Sei que por ser algo novo, algumas pessoas estão preocupadas e ficam um pouco inseguras na questão de receber essas doses. Mas o que posso dizer como profissional da área da saúde, é que elas precisam sim se imunizar, que possam rever a maneira de se comportar diante de um vírus tão perigoso como esse. Não esperem que essa tragédia chegue às casas delas, nas famílias delas”, alertou. 

Leia mais:  Primeira fase da vacinação contra Covid-19 funcionará apenas no Centro de Eventos do Pantanal

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana