conecte-se conosco


DIAMANTINO

Trabalho da Secretaria de Infraestrutura é reconhecido por produtor rural

Publicado


As condições das estradas afetam produtores que precisam absorver o valor do frete nos custos de sua produção reduzindo os lucros e às vezes até causando prejuízos nas safras com a perda dos produtos. Em Diamantino não é diferente, o 7º maior produtor agropecuário do Brasil também enfrenta problemas em suas estradas e exige que o Poder Público municipal realize constantes manutenções para que a produção não seja prejudicada.

Desde que tomou posse ao cargo a gestão do prefeito Manoel Loureiro Neto por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura, atua em diversas frentes de trabalho, na cidade e na zona rural para mitigar e corrigir os problemas relacionados à manutenção de estradas e carreadores, trabalho esse que chamou a atenção do produtor rural Valdir Rorato da Fazenda Bananal, que registrou em imagens e vídeo o trabalho realizado na última terça-feira (19.01) nas proximidades de sua propriedade.

O vídeo registrado pelo senhor Valdir, mostra o maquinário da prefeitura realizando trabalhos de abertura de via, terraplanagem e aplicação de cascalho numa estrada próxima a sua propriedade que agradece.

“É um sonho que está sendo realizado, essa estrada aqui não passavam dois caminhões ao mesmo tempo, não cabia, é um sonho que está sendo realizado, vocês estão de parabéns, muito obrigado”, disse. “Isso daqui vai ser muito bom, agora vamos ter estrada boa para transportar a nossa querida soja” concluiu o senhor Valdir.

Comentários Facebook
Leia mais:  Empreendedorismo: Diamantino atrai cursos que mudam a realidade das mulheres
publicidade

DIAMANTINO

Governo municipal atualiza decreto de enfrentamento ao novo coronavírus

Publicado


Seguindo as determinações do prefeito municipal Dr. Manoel Loureiro Neto (MDB), a Prefeitura de Diamantino, emitiu e publicou o Decreto 036/2021 que atualiza as medidas restritivas e tornam mais rígidas as regras para o funcionamento de setores da economia local como meios de conter o avanço da transmissão comunitária da Sars-Cov-2, vírus causador da Covid-19. As determinações passam a valer a partir desta terça-feira (03.03) e tem validade pelos próximos 15 dias.

As medidas foram adotadas após o anúncio feito pelo governador Mauro Mendes, que aponta a taxa de 87,95% de ocupação dos leitos de UTI na rede pública de saúde, sendo necessário, segundo ele, imediata intervenção para evitar o colapso nos hospitais de Mato Grosso.

Pedindo apoio da população, o prefeito Dr. Manoel lembra que as medidas têm prazo de validade de 15 dias, e serão flexibilizadas após o período caso as taxas de ocupação dos leitos de UTI diminuam, e reforça as orientações sobre higiene e distanciamento social.

“Estamos trabalhando em várias frentes no enfrentamento ao coronavírus, porém há lotação dos leitos de UTI na rede pública está próximo dos 100%, nos exigindo atitudes de contenção”, disse. “Vamos adotar as medidas recomendadas pelo Governo do Estado na íntegra e buscar mitigar os efeitos negativos desses 15 dias de restrições na economia local com ações de fomento ao comércio e aos prestadores de serviços”, conclui o mandatário.

Veja abaixo quais atividades estão permitidas.

Art. 1º Ficam atualizadas as medidas restritivas para conter a disseminação da Covid-19 em todo território mato-grossense.

Art. 2º O funcionamento de todas as atividades e serviços ficará sujeito às seguintes condições:

§ 2º Os supermercados, nos horários de funcionamento fixados nos incisos do caput, devem aplicar sistema de controle de entrada restrito a 01 (um) membro por família.

Art. 6º A fiscalização das regras deste Decreto ficará a cargo da:

§ 3º As autoridades estaduais e municipais que não aplicarem as medidas restritivas instituídas por este Decreto ficam sujeitas à aplicação das sanções penais cabíveis, por infração às medidas sanitárias preventiva, conforme previsão do art. 268 do Código Penal.

Art. 8º Durante a vigência do presente Decreto, ficam suspensos os efeitos do Decreto nº 522, de 12 de junho de 2020.

LEIA-SE:

Art. 1º Ficam atualizadas as medidas restritivas para conter a disseminação da Covid-19 em todo território de Diamantino/MT.

Art. 2º O funcionamento de todas as atividades e serviços ficará sujeito às seguintes condições:

§ 2º Os supermercados, ficará sujeito aos horários de funcionamento fixados nos incisos do caput deste artigo, além disso devem aplicar sistema de controle de entrada restrito a 01 (um) membro por família.

Art. 6º A fiscalização das regras deste Decreto ficará a cargo da:

§ 3º As autoridades municipais que não aplicarem as medidas restritivas instituídas por este Decreto ficam sujeitas à aplicação das sanções penais cabíveis, por infração às medidas sanitárias preventiva, conforme previsão do art. 268 do Código Penal.

Art. 8º Todos as disposições em contrário neste município ficam suspensas enquanto este decreto estiver em vigência.

Leia mais:  Governo municipal atualiza decreto de enfrentamento ao novo coronavírus

Comentários Facebook
Continue lendo

DIAMANTINO

Cursos na Fundação Cultural preservam identidade histórica de Diamantino

Publicado


Pintura, escultura, gastronomia, entre tantas outras atividades para preservação da cultura material e imaterial de Diamantino são desempenhadas pela Fundação Cultural.

O espaço dedicado na perpetuação e propagação das tradições mato-grossenses é um centro multiplicador do conhecimento, com os diversos cursos ofertados que ampliam rendas e mudam histórias.

Dos doces aos artesanatos; do método tradicional de fabricação do sabão em barras aos segredos das receitas dos alimentos típicos; uma pluralidade de ensinamentos são compartilhados no local. Parcerias com o Senar auxiliam na democratização do conhecimento.

A histórica instalação localizada no Centro Histórico de Diamantino além de servir para multiplicação dos saberes também é importante para contemplação do acervo.

Com uma equipe engajada para atender os munícipes e os turistas que visitam Diamantino, a Fundação Cultural é um cartão postal que colabora no ponto de vista conceitual e de valores patrimoniais na riqueza histórica do município, além de manter viva a cultura diamantinense.

O prefeito Manoel Loureiro Neto (MDB) enfatizou que para conservação e promoção da identidade é preciso valorizar o legado histórico de Diamantino que necessita ser constantemente multiplicado por meio dos cursos e de todo o trabalho desenvolvido pela gama cultural do município.  

Comentários Facebook
Leia mais:  Empreendedorismo: Diamantino atrai cursos que mudam a realidade das mulheres
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana