conecte-se conosco


POLÍTICA NACIONAL

STF mantém prisão preventiva de desembargadora do TJ-BA por venda de sentenças

Publicado


source
Desembargadora da Bahia Lígia Maria Ramos Cunha
Reprodução/TJ-BA

Desembargadora da Bahia Lígia Maria Ramos Cunha

A ministra Rosa Weber , do Supremo Tribunal Federal (STF), manteve a prisão preventiva da desembargadora Lígia Marina Ramos Cunha Lima, do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA),  denunciada pelo Ministério Público por venda de sentenças na procuradoria baiana e presa no âmbito da Operação Faroeste .

A manutenção foi determinada por Rosa Weber após um pedido da defesa da magistrada por ela estar em um “delicado estado pós-operatório”. De acordo com os advogados, a desembargadora foi submetida a uma cirurgia invasiva de vesícula, está acamada e com “pontos, curativos e estado de saúde debilitados”.

Lígia Marina está detida no Núcleo de Custódia do 19º Batalhão da Polícia Militar do Distrito Federal.

No pedido de liberdade, a defesa alega a ausência dos requisitos autorizadores da prisão preventiva, decretada por ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), e defende a possibilidade de cumprimento da prisão em regime domiciliar ou sua substituição por medidas alternativas.

Os advogados ainda mencionam que a magistrada tem 68 anos e é portadora de hipertensão arterial, hipotireoidismo e outras comorbidades que a enquadram em grupo de risco da Covid-19 , doença causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2).

A Operação Faroeste investiga a suposta prática de crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa formada por magistrados, servidores, advogados e particulares.

As atuações seriam realizadas no TJ-BA e seriam voltadas para negociação de decisões judiciais e administrativas, grilagem de terras e obtenção e lavagem de quantias pagas por produtores rurais em questões envolvendo a posse de terras no oeste do estado.

Ao rejeitar o pedido, a ministra Rosa Weber afirmou que as investigações, apoiadas em documentos e depoimentos de testemunhas, apontam que a desembargadora exerceria papel de destaque no esquema criminoso e que há elementos concretos que apontam o descumprimento da ordem de afastamento do exercício da função, com a tentativa de contato com uma testemunha, servidora de seu gabinete e sua assessora direta.

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA NACIONAL

“Início da vacinação não é o fim da pandemia”, afirma prefeito do Rio

Publicado


source
Prefeito eleito do Rio de Janeiro%2C Eduardo Paes (DEM)
Beth Santos/PCRJ

Prefeito eleito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM)

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes ( DEM ) declarou nesta segunda-feira (18) durante entrevista coletiva que viu com “esperança” o início da vacinação contra o novo coronavírus (Sars-Cov-2), mas ponderou que é apenas “luz no fim do túnel”.

“Obviamente eu queria deixar um recado para todos os cariocas, o início da vacinação não é o fim da pandemia, é literalmente a luz no fim do túnel, então nós continuaremos com as medidas que vínhamos anunciado nas últimas semanas, colocando restrições, fazendo acompanhamento do nível de contaminação das regiões da cidade, fazendo a fiscalização e sempre pedindo a colaboração das pessoas”, afirmou Paes.

O início da campanha de vacinação na capital fluminense está marcada para esta segunda (18), às 17h, no Cristo Redentor , apesar do atraso na entrega das doses do imunizante, que era esperado no Rio às 13h, mas que por problemas logísticos, não foi entregue.

Você viu?

O prefeito informou ainda que neste primeiro momento, receberá “200 e poucas” mil doses da vacina, o que representa 100 mil pessoas imunizadas na cidade.

Eduardo Paes usou a entrevista para parabenizar o governador de São Paulo, João Doria (PSDB) pelo empenho pela aprovação da CoronaVac:

“Queira fazer um registro, de congratulações ao governador João Doria a ao instituto Butantan por terem perseguido de maneira muito competente para que tivéssemos a vacina disponibilizada para a população, com muita emoção vimos a monica, aquela enfermeria de sao paulos sendo vacinada ontem, nós sabemos que essa é esperança”.

Leia mais:  Na "mira" do Planalto, Doria pretende organizar evento para vacinar Lula e FHC

Comentários Facebook
Continue lendo

POLÍTICA NACIONAL

Solidariedade abandona Lira para apoiar Baleia Rossi na presidência da Câmara

Publicado


source
Arthur Lira e Baleia Rossi
Agência Câmara

Disputa pela presidência da Câmara deve ficar entre Lira e Baleia Rossi. Solidariedade mudou de lado e apoiará o emedebisya

O Solidariedade anunciou nesta segunda-feira que apoiará a candidatura de Baleia Rossi (MDB-SP) à presidência da Câmara dos Deputados. A legenda chegou a negociar e fechar uma acordo com Arthur Lira (PP-AL), deputado apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro . Porém, após nova rodada de conversas com Rodrigo Maia (DEM-RJ), aliado de Rossi, houve uma mudança de posição.

Em nota, o presidente do partido, Paulinho da Força (SP), diz que é indispensável montar uma frente de defesa à democracia, sem se submeter ao Executivo.

“O enfrentamento da maior crise sanitária e de um dos mais graves índices de desemprego na história do país devem ser enfrentados com soluções bem negociadas pelos poderes Executivo e Legislativo, sem subordinação de qualquer espécie”, diz a trecho da nota.

O Solidariedade tem 14 deputados federais. A adesão ao bloco de Rossi, porém, não significa que o emedebista terá todos os votos da legenda. A votação é secreta e parte da bancada tem boa relação com Lira.

Você viu?

“O conjunto político-partidário formado em torno da candidatura e os compromissos assumidos por ele para esse equilíbrio e independência indispensáveis entre os poderes da República são as razões que fazem o SOLIDARIEDADE se empenhar também pela adesão de outras forças sociais e políticas no apoio à candidatura de Baleia Rossi à presidência da Câmara Federal”, diz a carta assinada por Paulinho.

Leia mais:  Líder do governo no Senado, Fernando Bezerra reforça apoio a Simone Tebet

Até o momento, o bloco de Rossi conta com o apoio de DEM, MDB, PSDB, Cidadania, PSL, Solidariedade, PT, PSB, PDT, PCdoB, Rede e PV. Já Lira conquistou o apoio de PP, PSD, Republicanos, PL, PROS, PSC, Avante e Patriota.

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana