conecte-se conosco


CUIABÁ

Secretária alerta sobre responsabilidade individual para redução do número de casos de Covid

Publicado


Gustavo Duarte

Clique para ampliar

Com o número de casos de Covid-19 em crescimento, tem aumentado também a procura da população por atendimento na rede pública e privada de saúde, o que tem superlotado algumas unidades. De acordo com a secretária municipal de Saúde, Ozenira Félix, isso é reflexo do comportamento de parte da sociedade, que optou por participar de festas no final do ano e também viajar neste período de férias. 

“Os reflexos das aglomerações são os que a gente mais consegue identificar e medir. É batata! Você viu acontecendo, em seguida o nosso pessoal faz as projeções e acontece.  A população precisa entender que nesse momento agora nós precisamos que as pessoas saiam apenas para aquilo que é necessário. Só o necessário, não podemos mais ter essa questão de festa, essa questão de ‘vou ali’ para aquilo que você não precisa. Você precisa trabalhar, vai sem aglomeração. Se a gente não tiver essa consciência, nós vamos perder muito mais pessoas, tanto que agora tivemos de novo uma subida de mortes”, afirmou. 

Após quase um ano da chegada da pandemia de Covid-19 em Cuiabá, com uma série de ações tomadas pela Prefeitura para preparar a rede de saúde, informar a população e reduzir a circulação de pessoas, através de decretos com restrições de funcionamento dos estabelecimentos, a secretária afirma que, agora, a responsabilidade maior é de cada indivíduo em tomar os cuidados necessários e se preocupar com as pessoas com quem convive para evitar o contágio. 

“Nós chegamos à conclusão que não adianta ficar editando tantos decretos, mandando todo mundo ficar em casa e o pessoal continuar tentando burlar isso. As pessoas têm que entender que a responsabilidade não é só do poder público, é de cada pessoa. Cada pessoa tem que saber a sua responsabilidade. No início, o prefeito Emanuel Pinheiro editou decretos, criou todas aquelas exceções porque a gente precisava organizar a rede. Hoje, a gente tem a rede organizada, temos leitos, estamos nos preparando para a vacina, mas, neste momento, a responsabilidade tem que ser da população”, aponta Ozenira. 

Leia mais:  Sine Municipal oferece 100 vagas para técnico em enfermagem; total de vagas chega a 242

Conforme a gestora da Saúde municipal, as unidades de saúde já estão com a capacidade de atendimento prejudicada em sua integralidade porque muitos procedimentos eletivos foram suspensos durante a pandemia, mesmo assim, diversas patologias e agravos continuam ocorrendo e gerando demandas urgentes. “Nós temos que cuidar das outras patologias também. Nós temos gente sofrendo, gente precisando de cirurgia, de acompanhamento, mas nós temos os profissionais todos correndo atrás de Covid”, explica. 

Ozenira Félix complementa ainda que a situação dos leitos no interior já está saturada, fazendo com que Cuiabá receba pacientes oriundos de outros municípios e até mesmo de outros estados em suas Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s), policlínicas e hospitais. Diante disso, ela pede que os usuários do SUS que tenham sintomas leves procurem as unidades básicas de saúde mais próximas de suas casas para evitar aglomeração nas unidades de atenção secundária, evitando contágio (pois esses locais são mais propícios à contaminação) e contribuindo com o fluxo mais assertivo da rede, com menos tempo de espera. A secretária explica que essa disciplina é necessária porque “não é possível funcionar com superlotação” e que, caso a população não faça sua parte, “logo nosso sistema estará saturado também”, alerta. 

Comentários Facebook
publicidade

CUIABÁ

Sugestão de pauta: Prefeitura inicia campanha de vacinação contra a Covid-19 nesta quarta-feira (20)

Publicado


Reprodução

Clique para ampliar

Começa na manhã desta quarta-feira (20), às 9h30, no Centro de Eventos do Pantanal, a campanha “Vacina Cuiabá – a sua vida em primeiro lugar”, de imunização contra a Covid-19 da população cuiabana. No primeiro dia, está prevista a vacinação de profissionais de saúde do Hospital Referência à Covid-19, do Hospital São Benedito e de um hospital particular. O atendimento por agendamento será iniciado na quinta-feira (21). 

Por questão de segurança, o acesso ao Centro de Eventos do Pantanal estará restrito durante toda a campanha de imunização. Por conta disso, pedimos aos veículos de imprensa que desejem cobrir o evento enviem, no máximo, dois nomes de profissionais para a jornalista Oziane Rodrigues. 

Serviço

O quê: Início da campanha de vacinação contra a Covid-19 em Cuiabá

Quando: Quarta-feira, às 9:30h

Onde: Centro de Eventos do Pantanal 

Credenciar nomes junto à jornalista Oziane Rodrigues – Contato (65) 9254-7106

Comentários Facebook
Leia mais:  Após mais de três meses, Semob encerra período orientativo da faixa exclusiva da Av. Fernando Corrêa
Continue lendo

CUIABÁ

Assistência Social trabalha na construção do Plano Estratégico que define metas para 2021

Publicado


Vicente Aquino

Clique para ampliar

Gestores, trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e membros dos Conselhos de Direitos da Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência se reuniram nesta terça-feira (19) para debater a construção do Plano Estratégico de 2021. O encontro foi realizado seguindo todas as medidas de biossegurança como distanciamento, uso de máscara e álcool 70%.

As reuniões ajudam a definir a Identidade Organizacional, Análise Ambiental (SWOT) e o alinhamento com o Mapa Estratégico da Prefeitura de Cuiabá. Por meio delas, a secretária municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, Hellen Ferreira, explica que será possível materializar as diretrizes organizacionais, objetivos e metas estratégicas a serem atingidas.

Também é uma forma de preparar os gestores, trabalhadores e membros dos conselhos de direitos para um atendimento de excelência e dignidade à população. “Essas reuniões de planejamento são essenciais para uma nova gestão que se inicia. Com esse debate conseguimos construir uma estratégia de trabalho voltada ao atendimento das demandas da nossa Capital”, pontuou Hellen.

O Plano de Assistência Social é um instrumento de planejamento estratégico participativo que organiza, regula e norteia a execução da Política de Assistência Social na perspectiva do Sistema Único de Assistência Social (SUAS). 

“Sua elaboração é de responsabilidade do órgão gestor da política, que o submete à aprovação do Conselho de Assistência Social, reafirmando o princípio democrático e participativo. É Importante salientar que o plano é um dos produtos do processo de planejamento, portanto este não se esgota com a sua elaboração”, disse a secretária.

Os encontros seguem até o dia 02 de fevereiro, no auditório da Prefeitura Municipal de Cuiabá. Também estão envolvidos nesse processo servidores das Secretarias de Planejamento, Educação e Saúde.

Leia mais:  Mutirão da Conciliação Fiscal é retomado com prazo de atendimento até 26 de fevereiro

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana