conecte-se conosco


MATO GROSSO

Seciteci divulga os nomes dos classificados para etapa de entrevistas

Publicado


A Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci) divulga a lista com os candidatos classificados na primeira etapa do processo seletivo para a contratação de monitores bolsistas para o Circuito Itinerante da Ciência de Mato Grosso – MT Ciências. A ação é realizada em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso (Fapemat).

Após análise curricular de 53 inscritos, 25 foram selecionados para a etapa de entrevistas com horário e data marcados. A fase de entrevistas será realizada de 18 a 21 de janeiro na sede da Seciteci. Para acessar a lista de classificados, clique AQUI.

São ofertadas duas modalidades de bolsas: sendo uma bolsa de BPCTI – 1 no valor de R$3 mil para o cargo de coordenador (para profissionais com mestrado ou doutorado em qualquer área) e três bolsas na categoria BPCTI – 3, no valor de R$2 mil, para monitores que tenham curso superior completo em Engenharia da Computação, Ciência da Computação ou Química.

De acordo com a superintendente de Desenvolvimento Científico Tecnológico e de Inovação da Seciteci, Lectícia Figueiredo, o objetivo é recrutar profissionais qualificados para atuar na Carreta MT Ciências, com jornada de 40 horas semanais.

“Pretendemos selecionar quatro profissionais capacitados para realização de ações de difusão do MT Ciências, mediante concessão de bolsas para desenvolver atividades nos municípios mato-grossenses. Portanto a pessoa precisa ter um perfil criativo, comunicativo e sociável, além de disponibilidade para realizar viagens por Mato Grosso”, disse.

A coordenadora de Popularização da Ciência da Seciteci, Marilene Passos, afirma que a quantidade de inscritos surpreendeu a equipe.

“Estamos felizes em receber tantos candidatos no processo seletivo, isso nos dá mais opções e mostra que há bastante interesse pelo trabalho. Nosso objetivo é conseguir bons profissionais, que se identifiquem com a proposta, para atuarem na popularização da ciência em Mato Grosso”, diz.

Leia mais:  Em 32 horas, Estado distribui doses da CoronaVac para todas as regiões de saúde de MT

No dia 29 de janeiro será divulgado o resultado final com os profissionais escolhidos. Os profissionais iniciarão as atividades de trabalho a partir de fevereiro.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

MATO GROSSO

Sábado (23): Mato Grosso registra 207.747 casos e 4.954 óbitos por Covid-19

Publicado


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (23.01), 207.747 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 4.954 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 980 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 207.747 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 8.593 estão em isolamento domiciliar e 193.143 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 285 internações em UTIs públicas e 316 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 70,93% para UTIs adulto e em 36% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (45.348), Várzea Grande (13.809), Rondonópolis (13.798), Sinop (10.964), Tangará da Serra (9.129), Sorriso (9.046), Lucas do Rio Verde (8.375), Primavera do Leste (6.345), Cáceres (4.836) e Nova Mutum (4.372).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 177.488 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 436 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na última sexta-feira (22), o Governo Federal confirmou o total de 8.753.920 casos da Covid-19 no Brasil e 215.243 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 8.697.368 casos da Covid-19 no Brasil e 214.147 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados de sábado (23).

Recomendações

Já há uma vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

Leia mais:  Governador e primeira-dama discutem ações de enfrentamento à violência contra a mulher

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

MATO GROSSO

Mato Grosso receberá 24 mil doses da vacina AstraZeneca neste domingo (23)

Publicado


O Governo de Mato Grosso recebe do Ministério da Saúde, neste domingo (23.01), 24 mil doses da vacina AstraZeneca/Oxford. A chegada das doses está prevista para as 9h, em um voo da Azul, no Aeroporto Marechal Rondon em Várzea Grande. O imunizante contra a Covid-19 é produzido pelo laboratório indiano Serum. 

Conforme as diretrizes do Ministério da Saúde, este quantitativo será totalmente destinado à aplicação da primeira dose em trabalhadores que atuam na linha de frente do combate ao coronavírus. Portanto, com as novas doses, será possível dar continuidade à imunização de 24 mil profissionais da saúde. 

“O Ministério da Saúde orientou que essas 24 mil vacinas sejam utilizadas exclusivamente como primeira dose e prioritariamente destinadas aos trabalhadores da saúde. O Governo Federal segurou parte do estoque para o encaminhamento futuro aos Estados, por isso a estratégia de vacinar mais pessoas neste momento”, esclareceu o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo. 

Como este é um imunizante diferente daquele já distribuído, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) irá elencar junto ao Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Mato Grosso (Cosems-MT) o público prioritário que integra o grupo de trabalhadores da saúde para a distribuição proporcional aos municípios. 

Imediatamente após a chegada do imunizante, as equipes da Vigilância Estadual trabalharão no recebimento das doses, na conferência da quantidade, na catalogação dos imunizantes e no encaixotamento para distribuição e retirada dos municípios.

“O Estado repetirá toda a logística que já foi desenhada para a distribuição das doses da CoronaVac, que engloba o apoio das equipes de segurança”, concluiu o secretário adjunto de Vigilância à Saúde em exercício, Oberdan Coutinho Lira. 

Leia mais:  Cuiabá Esporte Clube representará Mato Grosso na série A do Brasileirão
Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana