conecte-se conosco


CUIABÁ

Salvar vidas foi a prioridade da Prefeitura de Cuiabá em 2020

Publicado


Davi Valle

Clique para ampliar

O maior desafio da gestão Emanuel Pinheiro em 2020 foi sem dúvidas na área da saúde. No ano em que o mundo inteiro passou pela maior crise sanitária desta geração, a prioridade do prefeito foi a de preservar vidas, mesmo com pouco conhecimento sobre a doença por parte da comunidade científica mundial.

Ainda no início de fevereiro deste ano, a Secretaria Municipal de Saúde – SMS divulgou uma nota técnica sobre a evolução da doença na China e em outros países, bem como informações sobre a transmissão da doença, sintomas e cuidados para evitar a contaminação. A nota também informou sobre as condutas técnicas que a Secretaria de Saúde passou a adotar para capacitar suas equipes e organizar a rede de assistência e acompanhamento do paciente.

À medida que a pandemia avançava e os primeiros casos começavam a surgir no Brasil, o prefeito Emanuel Pinheiro reunia-se com as equipes técnicas da Secretaria de Saúde para traçar as estratégias de ação. Em 16 de março ele concedeu uma entrevista coletiva onde anunciou uma série de medidas temporárias e emergenciais para evitar o contágio da população de Cuiabá pelo coronavírus. As medidas anunciadas constam no Decreto Municipal número 7.839, que também relatou a criação do Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus, composto por membros das Secretarias de Saúde, Ordem Pública, Mobilidade Urbana, Educação, Assistência Social-Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência e ainda a Procuradoria-Geral do Município.

O prefeito decretou uma série de medidas em todo o município para diminuir as chances de transmissão do vírus em Cuiabá, como diminuição da frota de transporte público, suspensão das aulas, suspensão de eventos, fechamento do comércio de rua, shoppings, bares, restaurantes, enfim, várias providências duras, mas necessárias, de acordo com as recomendações da OMS. Ele também determinou que o antigo Pronto Socorro, que seria fechado para dar início às obras do Hospital da Família, fosse transformado em Hospital Referência COVID-19. “Após a inauguração do Hospital Municipal de Cuiabá, o antigo Pronto Socorro da capital passaria por reformas complexas para dar lugar ao Hospital da Família conforme cronograma da nossa gestão. Entretanto, com a urgência da situação, optamos por manter a unidade ativa por mais tempo para transformá-la em um hospital exclusivo para atender pacientes com COVID-19. Por meio de uma força tarefa fizemos uma reforma rápida para começarmos a receber os pacientes”, relatou Emanuel.

No final do mês de março o antigo PS passou a atender exclusivamente pacientes de COVID-19 ou com suspeita da doença. À princípio foram disponibilizados 55 leitos de UTI exclusivos para o atendimento ao novo vírus, sendo 40 adultos e 15 pediátricos e 170 leitos de enfermaria. À medida que a doença foi avançando e os casos aumentando, a Prefeitura abriu mais 20 leitos de UTI adulto no dia 13 de julho e no dia 17 de julho entregou mais 20 leitos de UTI adulto também. Esses 40 leitos novos foram abertos graças à articulação do deputado Emanuel Pinheiro Neto, que conseguiu a doação de 40 respiradores com o Governo Federal. O Hospital de Referência passou a contar com 95 leitos de UTI apenas para pacientes com coronavírus ou com suspeita da doença.

Leia mais:  Secretaria Municipal da Mulher intensifica apoio para mulheres trans

Neste meio tempo, a Prefeitura de Cuiabá também já havia disponibilizado no Hospital São Benedito 40 leitos de UTI exclusivos para pacientes de COVID-19, somando um total de 135 leitos de UTI COVID na capital. Inaugurou ainda a UPA Verdão em 8 de junho de 2020, que tem atuado como centro de referência e apoio ao tratamento de paciente com Covid-19 para as UPAs, Policlínicas e Hospital Referência em Cuiabá.

Outro importante reforço para o combate à COVID-19 na capital foi a abertura do Centro de Referência para COVID-19 da Atenção Básica, localizado no Centro de Saúde Ana Poupina. A unidade, que passou por uma revitalização completa, reabriu as portas em julho para atender exclusivamente pacientes que apresentarem sintomas leves de síndrome gripal durante a pandemia. O atendimento médico é realizado por demanda espontânea e funciona com hora estendida, de segunda a sexta-feira, das 7h às 21h. Os pacientes atendidos no Centro de Referência podem fazer tanto o teste rápido quanto o RT-PCR no local, conforme os critérios de avaliação dos médicos. Também é disponibilizado para os pacientes o Kit COVID, de acordo com a avaliação médica.

A dispensação do Kit COVID nas unidades de saúde do município também foi uma das ações determinadas pelo prefeito Emanuel Pinheiro. Disponível em várias unidades da Atenção Básica, e nas UPAs e Policlínicas, o kit é entregue para aqueles que apresentam sintomas iniciais da doença, mediante prescrição médica e assinatura do termo de consentimento por parte do paciente. Cada kit é composto por 5 comprimidos de azitromicina 500mg, 4 comprimidos de Ivermectina 6mg, 20 comprimidos de dipirona 500mg e 10 cápsulas de zinco 5mg. Os medicamentos são utilizados como tratamento precoce e não como prevenção à Covid-19.

Todas as informações sobre a evolução da pandemia em Cuiabá são disponibilizadas semanalmente no site da Prefeitura nos Informes Epidemiológicos, que têm o objetivo de monitorar o padrão de morbidade e mortalidade e descrever as características clínicas e epidemiológicas dos casos de Síndrome Gripal – SG e Síndrome Respiratória Aguda Grave – SRAG em residentes na capital. Também é disponibilizado no site o painel diário da COVID-19 em Cuiabá, contendo informações como números de casos, número de óbitos e internações.

Leia mais:  Pinheiro lamenta falecimento de conselheiro aposentado do TCE por COVID-19

Para o prefeito, ser gestor de uma capital como Cuiabá durante uma pandemia está sendo uma prova de fogo. “É um momento complicado, que precisamos ter responsabilidade, equilíbrio e serenidade para tomar decisões que impactam diretamente na vida das pessoas. Muitas decisões que foram tomadas me tiraram noites de sono, mas eram necessárias, pois estamos passando pela maior crise sanitária que Cuiabá já vivenciou. Infelizmente tivemos muitas vidas perdidas, mas de acordo com os estudos das equipes técnicas, esse número poderia ser de 3 a 4 vezes maior se não tivéssemos adotado essas medidas drásticas no início da pandemia na capital. Mesmo assim não dá para comemorar, porque uma vida perdida para essa doença já é muito. Continuo tomando as decisões com muita responsabilidade, com muito cuidado, pensando sempre em fazer o melhor para a população. O momento ainda é complicado, mas vamos seguir lutando, até vencermos esta guerra”, afirmou Pinheiro.

AVANÇOS NA SAÚDE PÚBLICA

Mesmo diante das grandes dificuldades trazidas pela pandemia neste ano, a Prefeitura de Cuiabá conseguiu promover grandes avanços na saúde pública da capital. Visando promover a humanização dos serviços em saúde nas bases e, sobretudo, o fortalecimento da promoção e prevenção em saúde na capital, a gestão Emanuel Pinheiro não poupou esforços para reestruturar as unidades de saúde pública de Cuiabá. Apenas neste ano a Prefeitura entregou 2 unidades herdadas de gestões anteriores como esqueletos de obras inacabadas: a UBS Parque Ohara e Ilza Picolli. Além disso, transformou unidades básicas de saúde que estavam com suas estruturas físicas extremamente precárias há décadas em locais revitalizados, ampliados e com móveis totalmente novos. Foram entregues as reformas do PSF Rio dos Peixes, PSF CPA III, PFS Jardim Independência, Clínica da Família, CS Ana Poupina, USF Jardim Colorado I e II, PSF Parque Atalaia I e II e USF Pedra 90 V e VI. Também foi entregue a reforma do Centro de Especialidades Odontológicas do Dom Aquino e a segunda unidade do Serviço de Atendimento Especializado – SAE.

Outra importante contribuição para a saúde pública municipal em 2020 foi a retomada do Programa AMOR – Assistência Médica e Odontológica Rural, criado na gestão do ex-prefeito de Cuiabá, Rodrigues Palma, que governou a Capital entre os anos de entre 1975 e 1979 e foi resgatado pelo prefeito Emanuel Pinheiro.

O programa tem como objetivo levar atendimento ambulatorial de qualidade à população das comunidades terapêuticas e zona rural que encontram-se fora da área de abrangência da estratégia de saúde da família. Cerca de 10 mil pessoas são beneficiadas pelo Programa. Com a reestruturação, o programa passou a contar com duas unidades móveis. Cada equipe é composta por 01 Médico Generalista, 01 Enfermeiro, 02 Técnicos de Enfermagem, 01 Cirurgião-dentista, 01 Assistente social, 01 Técnico ou Auxiliar de Saúde Bucal, além de 01 Agente Administrativo e 01 motorista. Os serviços que as equipes oferecem às comunidades rurais são consulta médica, consulta de enfermagem, exames laboratoriais, vacinas, farmácia básica, antropometria, consulta pré-natal, teste rápido (de ISTs), consulta odontológica, serviços de urgência odontológica, restaurações dentárias, serviços de prótese dentária e orientações gerais.

Leia mais:  Secretaria de Saúde já entregou quase 26 mil Kits Covid-19 para pacientes com sintomas leves

Um dos setores que mais avançaram foi o de Saúde Bucal, que ganhou muitas equipes na Atenção Básica nesta gestão. De acordo com o coordenador de Saúde Bucal da SMS, Renei Lara da Silva, desde que o prefeito Emanuel Pinheiro assumiu a gestão municipal o número de equipes de saúde bucal no município passou de 10 para 51. “Esta ampliação no número de equipes da bucal foi uma promessa de campanha do prefeito, e ele vem seguindo à risca. Conseguimos inclusive implantar uma equipe no Consultório de Rua, que atende pessoas em situação de vulnerabilidade. Estas pessoas têm a oportunidade de fazer o tratamento odontológico completo, até mesmo com reabilitação protética, caso seja necessário”, revelou o coordenador. 

Para o prefeito a saúde pública do município já melhorou bastante, mas ele diz que ainda há muito a ser feito. “Temos mais quatro anos pela frente para consolidarmos as melhorias e continuarmos com o nosso plano de virar a página da saúde na capital. O Hospital Municipal de Cuiabá, que abriga o novo Pronto Socorro é um case de sucesso, com mais de 254 mil atendimentos de excelência em 2 anos de funcionamento. Já reformamos cerca de 70% das unidades de saúde da Atenção Básica e a meta para o próximo mandato é reformarmos 100%, além de construirmos as outras obras que recebemos como esqueletos de outras gestões. Quando a pandemia acabar, vamos retomar o plano de transformar o antigo Pronto Socorro e Hospital da Família, onde teremos uma maternidade 100% pública. Outro compromisso que fiz com a população é a de dar celeridade às filas da Central de Regulação, para que os pacientes não precisem esperar anos por atendimentos eletivos. Enfim, estamos caminhando para oferecermos aos cuiabanos uma saúde pública cada vez melhor e tenho certeza que vamos conseguir”, concluiu o prefeito.

Comentários Facebook
publicidade

CUIABÁ

Secretaria de Saúde já entregou quase 26 mil Kits Covid-19 para pacientes com sintomas leves

Publicado


Assessoria

Clique para ampliar

Desde julho de 2020, quando a Prefeitura de Cuiabá passou a disponibilizar o Kit Covid-19 para pacientes com sintomas leves de síndrome gripal (mediante prescrição médica e termo de consentimento), 25.939 kits foram distribuídos, até esta sexta-feira (15), conforme o Centro de Distribuição de Medicamentos e Insumos de Cuiabá (CDMIC), da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). 

No mês de julho, foram entregues 4.387 Kits; em agosto, 7.923; em setembro, 5.040; em outubro, 1.177 Kits; em novembro, 430; em dezembro, 4.032. Nos primeiros 15 dias de janeiro de 2021, foram entregues 2.950 Kits Covid-19 pela Prefeitura de Cuiabá. Números que apontam para uma subida de prescrições de dezembro para cá.

Cada kit é composto por 5 comprimidos de azitromicina 500mg, 4 comprimidos de ivermectina 6mg, 20 comprimidos de dipirona sódica 500 mg e 10 comprimidos de zinco 29,5 mg.

O secretário-adjunto de Assistência em Saúde, Luiz Gustavo Raboni Palma, explica que o Kit Covid está disponível para pacientes com sintomas leves da doença que procuram atendimento médico. “É importante ressaltar que os medicamentos não têm eficácia comprovada na prevenção da Covid-19. Eles têm sido utilizados seguindo protocolos do Ministério da Saúde para o tratamento precoce e só são entregues para o paciente mediante apresentação da receita médica. Mesmo que tenha sido atendido em uma unidade de saúde que não seja as do município, se o paciente apresentar a receita médica, ele pode pegar o kit em nossas unidades”, explica. 

Os kits estão disponíveis em 16 unidades básicas de saúde e também nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s) e policlínicas. 

Veja as unidades de saúde que dispõem do Kit Covid-19:

Leia mais:  Secretária de Saúde alinha ações da campanha de vacinação com Estado e autoriza adequações para receber os imunizantes

PSF Santa Izabel I / PSF Santa Isabel II

PSF Despraiado I / PSF Despraiado II                                                                         

Centro de Saúde do Grande Terceiro

Centro de Saúde Dom Aquino

Centro de Saúde Jardim Leblon 

PSF Pedregal I / PSF Pedregal II

PSF Pedra 90 I / PSF Pedra 90 II 

Centro de Saúde do Parque Cuiabá

Centro de Saúde do Tijucal 

UBS Parque Ohara

Clínica da Família do CPA 1

PSF Três Barras

PSF Jardim Umuarama 

Centro de Saúde CPA III

PSF Jardim Fortaleza / Santa Laura

PSF Santa Terezinha / Itapajé

Comentários Facebook
Continue lendo

CUIABÁ

Secretaria de Mobilidade Urbana realiza novo leilão online na próxima sexta-feira (22)

Publicado


A Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) realiza na próxima sexta-feira (22) um novo leilão online de veículos apreendidos, removidos e recolhidos há mais de 60 dias e não procurados por seus proprietários. O processo será conduzido pela empresa Foco Leilões, a partir das 9h, somente na modalidade virtual, do tipo maior lance por lote de bens integrantes do edital.

Todas as informações podem ser acessadas por meio do site www.focoleiloes.com.br. Ao todo, serão leiloados 240 veículos conservados e sucatas aproveitáveis. O cadastro prévio do usuário é requisito fundamental para a participação na forma eletrônica, devendo ser efetivado com no mínimo 48 horas de antecedência do início do pregão, para análise dos dados e confirmação da participação.

O arrematante receberá em seu e-mail, cadastrado no sistema Foco Leilões, o boleto correspondente ao valor da arrematação e taxas incidentes sobre este valor entre os dias 01 e 03 de fevereiro.

O período de visitação dos bens a serem arrematados é entre os dias 15 a 22 de janeiro. O local fica no pátio da empresa Rodando Legal, situado na Rua Beira Rio, s/nº, bairro Jardim Bela Marina, em Cuiabá.

Para retirada dos bens arrematados o período será entre 04 a 22 de fevereiro de 2021, exceto feriados, no horário de 09h às 16h, apenas para lotes classificados como veículo conservado. E de 09 a 22 de fevereiro, apenas para lotes classificados como sucata aproveitável e inservível.
Apenas a avaliação visual dos lotes em seus locais de exposição é permitida, sendo vedados quaisquer outros procedimentos como manuseio, experimentação e retirada de peças.

As fotos divulgadas no site www.focoleiloes.com.br são meramente ilustrativas, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens. Por conta das medidas de prevenção e combate ao novo coronavírus, adotadas pela Prefeitura de Cuiabá, a quantidade de pessoas no pátio foi limitada, no intuito de preservar as definições dos decretos do Município. Todas as regras estabelecidas foram previamente divulgadas na unidade ou no site do leilão por meio da publicação do edital. 

Leia mais:  Secretária afirma que Plano de Imunização está pronto e será avaliado pelo prefeito

Veja o edital no anexo abaixo  

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana