conecte-se conosco


VÁRZEA GRANDE

Primeiro dia de matrícula online registra mais de 700 novas solicitações

Publicado


Legenda: Matrículas rede municipal de ensino 2021

No primeiro dia de matrícula online, a Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer de Várzea Grande registrou 731 solicitações de demandas destinadas para os Centros Municipais de Educação Infantil – CMEI, ou as antigas creches, localizadas nas regiões leste e oeste. Nesta terça-feira (05), as solicitações serão para as famílias residentes nas regiões sul e norte. Pela primeira vez, as matrículas para alunos novos estão sendo realizadas de forma 100% online – link no portal da Prefeitura Municipal de Várzea Grande (www.varzeagrande.mt.gov.br) – sem que haja necessidade de contato com outras pessoas, e deslocamento até a unidade escolar.

O prefeito Kalil Baracat sinalizou que as medidas adotadas ao longo dos últimos seis anos pela gestão da prefeita Lucimar Sacre de Campos, permite que a Secretaria Municipal de Educação adote medidas como as matrículas online para atender a demanda das pessoas, promovendo uma maneira mais justa de assegurar as vagas nas unidades escolares para aqueles que realmente necessitam.

De acordo com o titular da pasta, Silvio Fidélis, até o momento nenhum problema foi registrado uma vez que o acesso ao portal da prefeitura pode ser feito por meio de celular, tablet ou computador. “Otimizamos os serviços, com isso acabando com as filas e o tempo de espera para efetivar a matrícula. Com essa nova ferramenta, vamos evitar também que haja problemas causados em outros anos, como a permanência dos pais de alunos, dias antes nas unidades para tentar uma vaga nos locais mais próximos de sua residência. Com o sistema online a efetivação da matrícula se faz de forma mais justa e igualitária”, explicou.

Leia mais:  Várzea Grande inicia a vacinação contra a Covid e vai dar transparência aos atendidos

Outro importante motivo para as matrículas online, está relacionado a questão da pandemia da COVID 19 que exige das pessoas distanciamento social de 1,5 metros, uso de máscara e álcool em gel e principalmente a não aglomeração.

O secretário disse ainda que atualmente o município possui 23 centros infantis, sendo seis unidades novas e três para serem entregues no decorrer deste ano, o que vai aumentar ainda mais o atendimento a essa demanda, que por muitos anos foi reprimida. “Reafirmamos o nosso compromisso com a Educação e vamos, dentro das diretrizes do prefeito Kalil Baracat, investir ainda mais na Rede Pública Municipal, com investimento e serviços necessários para melhorar ainda mais o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – IDEB e para garantir capacidade de conhecimento aos alunos que serão os profissionais do amanhã”, assegurou.

De acordo com a normativa da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, a rematrícula para garantia de vagas dos alunos já inseridos na Rede Municipal – foi efetivada no mês de dezembro de 2020. Entre os dias 6 e 7 de janeiro de 2021 estarão abertas as matrículas para os alunos novos para pré-escola, ensino fundamental e EJA, da seguinte forma: 6/01/2021 – região leste, oeste e centro e no dia 7/01/2021 – região sul e norte.

O Calendário Escolar de 2021 das unidades escolares pertencentes à Rede Municipal de Ensino deverá atender o mínimo de 200 dias letivos e a carga horária mínima de 800 horas, salvo novas orientações, diante de cenário de excepcionalidades, que impossibilite o retorno.

O retorno das aulas presenciais está previsto para o mês de fevereiro, porém vai depender ainda de uma nova regulamentação de medidas de biossegurança editadas pelo município. “Estamos todos ansiosos com a retomada do ano letivo, e as unidades escolares já dispõe de todo o aparato de segurança e higiene, e os profissionais de cada unidade também já estão capacitados para utilizá-los, seguindo os procedimentos e os protocolos recomendados para o combate à Covid-19 defendidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS)”, concluiu Silvio Fidelis.

Leia mais:  Kalil anuncia mais investimentos na Saúde e recebe R$ 2 milhões em emendas

Comentários Facebook
publicidade

VÁRZEA GRANDE

Sociedade civil organizada é convidada a participar do Conselho da Cidade

Publicado


Legenda:

Entidades representantes da sociedade civil organizada com atuação no município de Várzea Grande podem se inscrever para integrar o Conselho da Cidade, o Concidade, e assim contribuir com o desenvolvimento urbano e social do município. O edital de convocação para o preenchimento de 13 vagas da categoria foi publicado nesta quinta-feira, 21 de janeiro, no Diário Oficial dos Municípios. 

A inscrição deve ser realizada na Secretaria Municipal de Planejamento, em horário comercial das 8h às 12h e das 14h às 18h entre os dias 21 e 29 de janeiro. A audiência pública que escolherá os representantes será realizada no dia 09 de fevereiro, às 8h, no ginásio “Complexo Esportivo Júlio Domingos de Campos – Fiotão”. 

Estão convocadas a participar do processo de escolha entidades oriundas dos segmentos: classe trabalhadora, movimentos sociais, classe empresarial, classe de profissionais acadêmicos, de pesquisa e de conselhos de classe, além de Organizações Não Governamentais (ONGs).  

De acordo com o edital é impreterível que as entidades tenham atuação fim na área de desenvolvimento urbano e social. Das 13 entidades representativas da sociedade civil organizada 05 membros devem ser oriundos dos movimentos sociais; 02 da classe trabalhadora; 02 da classe empresarial, 03 das classes de profissionais acadêmicos, de pesquisa e de conselhos de classe; e, um das organizações não governamentais.  

O secretário de Planejamento e presidente do Conselho, João Carlos Cardoso, informou que cada entidade poderá se inscrever para um único segmento representativo da sociedade civil organizada. 

“No ato da inscrição é necessário apresentar o requerimento de inscrição da entidade, o estatuto da entidade alem de: ato constitutivo, inscrição no cadastro nacional de pessoa jurídica, ata de eleição vigente, posse de diretoria, documentos pessoais dos membros da diretoria, além do nome do conselheiro titular e suplente que serão representantes da entidade junto ao Concidade”, enfatizou lembrando que todos os detalhes do processo está disponível na Resolução 01/2012/Concidade, publicada nesta quinta-feira. 

Leia mais:  Kalil anuncia mais investimentos na Saúde e recebe R$ 2 milhões em emendas

Comentários Facebook
Continue lendo

VÁRZEA GRANDE

Capacitação será ofertada a produtores rurais de Várzea Grande

Publicado


Legenda:

Pequenos produtores rurais de Várzea Grande terão a oportunidade de ampliar sua produção e competir no mercado comercial, a partir da capacitação e profissionalização. A Prefeitura de Várzea Grande, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural Sustentável, firmou parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT). De janeiro a junho deste ano, ao menos 300 produtores rurais do município serão contemplados com 17 cursos de capacitação.   

“O Senar-MT atua muito fortemente junto à agricultura familiar e a parceria com a Prefeitura vai proporcionar uma melhor qualificação dos produtores rurais da nossa cidade”, afirmou o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural Sustentável, Célio Santos.

Segundo o gestor, a parceria vai beneficiar diretamente os produtores através de oficinas com conhecimentos e estratégias para a maximização produtiva e minimização de seus custos, melhoria da gestão empresarial, aumentando seu faturamento e o número de mercados acessados através de capacitações empresariais.

“Várzea Grande já possui produções importantes vindas da agricultura familiar que tem papel fundamental para o abastecimento e movimentação da economia local como é caso da região do Limpo Grande que produz maxixe, pimentão, folhas e uma cooperativa que produz derivados de leite como mussarela, queijo, iogurte e compra boa parte da produção de leite dos pequenos produtores da baixada cuiabana. Nesse contexto, essa parceria com o Senar-MT, será muito importante para a agricultura familiar e vem somar, pois temos essa carência de capacitação, treinamento e acompanhamento dos nossos agricultores. Queremos proporcionar o crescimento da agricultura na cidade”, disse o secretário Célio Santos.  

O primeiro curso será de produção caseira de conservas vegetais e hortaliças no período de 25 a 27 de janeiro, e o segundo será de produção de derivados do leite – requeijões, doces, iogurte e manteiga, de 25 a 29 de janeiro. Em fevereiro os cursos serão de relacionamento interpessoal, de 01 a 03; manutenção de tratores agrícolas, de 08 a 12; e jardinagem de 22 a 26. Em março serão oferecidos os cursos de inclusão digital rural (intermediário), de 01 a 05; olericultura básica, de 01 a 05; primeiros socorros, de 15 a 17; e, atendimento ao cliente de 22 a 24.

Leia mais:  Capacitação será ofertada a produtores rurais de Várzea Grande

O calendário ainda prevê os cursos de “Negócio Certo Rural”, de 05/04 a 26/05; confecção de artesanato em ponto cruz, de 12 a 14/04; vacinação contra brucelose, de 19 a 20/04; artesanato com fibras sintéticas de 19 a 21/05; Mutirão Rural dia 19/05; produção de tomate, pimentão, pimenta, berinjela e jiló, de 24 a 28/05; avicultura básica (sistema caipira) de 14 a 18/06 e o Cine Senar, dia 19/06.

Conforme explica o coordenador de Desenvolvimento Rural Sustentável da pasta, Everton Jupirani Navarro, os cursos serão ministrados nas comunidades próximo dos produtores com toda estrutura necessária. “O Senar-MT irá disponibilizar toda estrutura para as capacitações como material didático, uniformes, e insumos, além dos professores, o município também contribui com o aprendizado e acompanhamento da implantação das técnicas aprendidas e a solução de dúvidas na prática. Também continuamos fazendo levantamento das necessidades desses produtores para novos cursos que serão disponibilizados durante o ano. E, todo amparo que esses pequenos produtores necessitarem antes, durante e depois dos cursos estaremos à disposição para atendê-los com acompanhamento permanente”, detalhou.   

Para o prefeito Kalil Baracat, a parceria com o Senar-MT é importante para melhorar a renda do produtor rural. “Nosso produtor melhor qualificado poderá expandir seus negócios, gerar empregos e ampliar a renda. O propósito do programa é capacitá-los para que possam atuar no mercado de maneira competitiva, além de incentivar o desenvolvimento sustentável e econômico de nosso município”, avalia o chefe do Executivo Municipal.

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana