conecte-se conosco


POLICIAL

Polícia Civil prende envolvidos em roubos a comércio, entre eles duas adolescente que estavam desaparecidas

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

Seis pessoas, entre elas três adolescentes que supostamente estavam desaparecidas em Rondonópolis foram detidas pela Polícia Civil na tarde de quarta-feira (06.01), durante investigação sobre um roubo pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) do município.

O roubo ocorreu no dia anterior, terça-feira (05), em um estabelecimento comercial na área central da cidade. Na ocasião três homens chegaram na lanchonete com uma arma de fogo, anunciaram o assalto e levaram dinheiro e aparelhos celulares dos clientes.

Logo que acionados a equipe da Derf passou a realizar diligências para apurar o crime, conseguindo identificar uma residência no bairro Mathias Neves, onde os suspeitos do crime poderiam estar escondidos.

Os policiais civis foram ao endereço e realizaram a abordagem de cinco adolescentes e dois maiores de idade no local. Em poder do grupo foram apreendidos um revólver calibre 32 e ainda quatro telefones celulares, produto da ocorrência em investigação.

Para a surpresa dos policiais civis, entre os adolescentes três eram meninas, entre 13 e 16 anos,  que estavam com registro de desaparecimento feito pelos familiares no início de 2021. Os investigadores apuraram que elas estavam na residência por vontade própria, inclusive, participaram das ações criminosas.

Durante a abordagem a um dos suspeitos adultos, ele mentiu o seu nome verdadeiro. No entanto, na checagem foi verificado que o rapaz possuía um mandado de prisão em aberto por roubo cometido no município de Pedra Preta.

Diante do flagrante todos foram levados até a Derf, interrogados e autuados em flagrante. Duas das adolescentes desaparecidas, identificadas como envolvidas no roubo à lanchonete, e mais um outro adolescente, foram apreendidos em flagrante por ato infracional análogo a roubo e serão encaminhadas à Promotoria da Infância e Juventude para as providências cabíveis nos termos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). A terceira adolescente que estava supostamente desaparecida foi entregue aos pais.

Leia mais:  Dupla é presa em flagrante pela Polícia Civil vendendo maconha e haxixe em sistema de delivery

Já os adultos foram autuados em flagrante por roubo com emprego de arma de fogo e concurso de pessoas, posse ilegal de arma de fogo e associação criminosa. Os dois adultos responderão também por corrupção de menores.

Três dos presos foram reconhecidos por funcionários da lanchonete onde foi efetuado o roubo.

Após os procedimentos, ao dois adultos foram encaminhados para a Penitenciária Major Eldo Sá Corrêa.

Desaparecimento

A mãe de um das adolescentes registrou boletim de ocorrência na Polícia Civil informando que a filha de 16 anos saiu no dia 25 de dezembro para ir a uma festa acompanhada por uma amiga e não retornou mais para casa.

A mãe das outras duas adolescentes, uma de 16 e outra de 13 anos, também registrou boletim de ocorrência informando que as filhas saíram no dia 29 de dezembro acompanhadas com uma amiga da mesma idade e outra mulher adulta e não foram mais vistas. Posteriormente, a mãe recebeu a informação de que as filhas estariam no bairro Cidade de Deus.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

POLICIAL

Envolvidos em roubo com restrição de liberdade da vítima são presos pela Polícia Civil no interior

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Dois envolvidos em um roubo majorado ocorrido no município de Tabaporã (643 km ao norte de Cuiabá), na véspera do ano novo, foram presos pela Polícia Civil em duas cidades do interior do estado.

Com auxílio da Delegacia de Roubos e Furtos de Sinop, a Delegacia de Tabaporã cumpriu um mandado de apreensão contra um adolescente identificado nas investigações como um dos envolvidos diretamente no crime.

Já o adulto, de 30 anos, foi preso pela Polícia Civil de Cáceres.

De acordo com o delegado de Tabaporã, João Antônio Batista Ribeiro Torres, a vítima, de 73 anos, estava em sua residência, no centro da cidade, quando foi rendida pelos criminosos armados, no dia 31 de dezembro. Os suspeitos roubaram a camionete modelo Toyota Hillux, dinheiro que estava em um cofre, cartões bancários com as senhas, joias e uma arma da vítima.

Os criminosos amarraram, vendaram a vítima e a levaram para Sinop, onde foi obrigada a permanecer vigiada pela dupla até o dia seguinte, quando o deixaram em uma área de mata.

O idoso relatou à Polícia que após ser deixado na mata caminhou até uma estrada e pegou uma carona para Sinop.

A camionete da vítima foi encontrada na zona rural de Sinop, queimada.

Após o registro do fato, a Polícia Civil de Tabaporã iniciou diligências até a identificação dos criminosos. O delegado representou à Justiça pela prisão do adulto e pela apreensão do adolescente, que à época do crime tinha 17 anos.

Os envolvidos responderão por roubo majorado com restrição de liberdade da vítima.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Radiocomunicação digital é definida como ferramenta eficaz no combate à criminalidade
Continue lendo

POLICIAL

Operação integrada prende em flagrante seis envolvidos no tráfico de drogas

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Operação policial deflagrada em Lucas do Rio Verde (354 km ao norte de Cuiabá) conduziu 11 pessoas envolvidas com o tráfico de drogas no município comandado por um grupo ligado a uma facção criminosa. Seis delas foram autuadas em flagrante por tráfico e associação para o tráfico. A ação foi realizada pela equipe da Delegacia da Polícia Civil e apoio da Polícia Militar.

Foram apreendidas na residência no bairro Rio Verde diversas porções de entorpecentes como maconha, cocaína e pasta base, objetos para embalar as drogas, dinheiro e celulares.

Os policiais iniciaram uma investigação para desmantelar um grupo criminoso que atua no comércio de drogas no município. Dados levantados pelos investigadores apontam para a associação entre os integrantes com objetivo de, além do tráfico, também impedir que outras pessoas vendam drogas que não sejam adquiridas com eles, as chamadas “cabriteiras”.

Durante a diligências, os policiais verificaram uma movimentação intensa em uma residência, com entra e sai de usuários constante, especialmente no período noturno. Quando as equipes entraram no imóvel e prenderam em flagrante o grupo.

As investigações continuam para apurar o envolvimento de outras pessoas no grupo criminoso.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Dupla é presa em flagrante pela Polícia Civil vendendo maconha e haxixe em sistema de delivery
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana