conecte-se conosco


VÁRZEA GRANDE

Neri Geller anuncia emendas e apoio do PP para Kalil Baracat e defende planejamento

Publicado


Legenda: Audiência com Deputado Federal Nery Geller

Várzea Grande deve ser contemplada nos próximos anos com investimentos considerados fundamentais para a  consolidação do seu processo desenvolvimentista, pois ela está localizada em um ponto estratégico para qualquer tipo de investimentos e industrialização do agronegócio de Mato Grosso e do Centro Oeste do Brasil.

Essa foi a visão que o coordenador da Bancada Federal de Mato Grosso e presidente do PP, deputado Neri Geller fez em audiência ao prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat (MDB) que esteve acompanhado pelos vereadores Alessandro Moreira da Silva e Emerson César Magalhães que compõem a base de sustentação da atual gestão na Câmara Municipal da segunda maior cidade de Mato Grosso e sétima mais populosa do Centro Oeste e a 97 mais populosa do Brasil.

“Estou aqui para anunciar a liberação de R$ 2 milhões em emendas parlamentares de minha autoria para Várzea Grande e discutir outras estratégias consideradas essenciais para a cidade como a duplicação da Rodovia dos Imigrantes no trecho Várzea Grande e Cuiabá, a definição de áreas para um novo Polo Industrial, a chegada a Ferronorte vindo de Rondonópolis, o Parque Tecnológico que tem que sair do papel e se transformar em realidade, bem como outras medidas que ajudem Várzea Grande a recuperar sua posição estratégica na economia de Mato Grosso e do Brasil”, disse Neri Geller.

O prefeito Kalil Baracat assinalou que vai destinar a maioria dos recursos de emendas para obras estruturantes de pavimentação asfáltica e para ações nas áreas essenciais como saúde, educação, segurança e social.

“Temos demandas sempre crescentes, portanto, toda ajuda é importante e estarmos sempre em contato com os deputados federais e senadores, permite que Várzea Grande consiga emplacar projetos que consideramos essenciais e vamos buscar novos investimentos em mais escolas, mais CMEIs, mais obras de saneamento e abastecimento de água, pavimentação asfáltica, habitação, regularização fundiária entre outros assuntos pendentes”, disse o prefeito de Várzea Grande.

Leia mais:  Kalil assina protocolo para aquisição da Coronavac e se reúne com Mauro Mendes

Ele pontuou como fundamental a discussão de um plano de desenvolvimento de longo prazo, para uma, duas e até três décadas vislumbrando a chegada da Ferronorte ou Ferrovia Vicente Vuolo, o Parque Tecnológico e a abertura de novas indústrias e empresas para gerarem emprego e renda.

“Várzea Grande tem sua vocação de cidade prestadora de serviços, mas estamos ao lado de Cuiabá a Capital de Mato Grosso e somos passagem obrigatória para o Norte do Estado e para o Norte do País, portanto, temos que potencializar os efeitos do agronegócio, nossa maior riqueza para podermos atender a demanda de crescimento e principalmente gerar emprego e renda que é fundamental para a nossa população”, disse Kalil Baracat.

Neri Geller ponderou que Várzea Grande precisa fomentar a profissionalização de mão de obra especializada, citando a possibilidade da Prefeitura de Várzea Grande se unir ao Governo do Estado e a instituições como a Federação das Indústrias – FIEMT, SEBRAE, SENAI entre outros para ofertar mão de obra necessária para enfrentar a grande demanda que passará a existir com a explosão cada vez maior da industrialização, seja por causa do agronegócio, seja por causa do crescimento do Estado como um todo.

“A gestão da prefeita Lucimar Sacre de Campos, com o apoio do senador Jayme Campos e de outros deputados federais senadores e deputados estaduais, devolveu algo de fundamental para Várzea Grande e sua gente que é a autoestima, a crença de uma cidade melhor e uma verdadeira terra de oportunidades para todos”, assinalou Neri Geller apontando, lembrando que agora o prefeito Kalil Baracat, já desponta e será uma grande liderança política com grandes realizações, por pertencer a um grupo que deseja o melhor para a população e para Mato Grosso e seus
municípios.

Leia mais:  Alvará com descontos de 20% e 10% e parcelado em até três vezes sem juros

Kalil Baracat sinalizou como fundamental a integração com o governo Mauro Mendes e com o Governo Jair Bolsonaro, sendo que para isto existe uma interlocução com senadores, deputados federais e estaduais. “Temos apoio dos senadores Jayme Campos e Wellington Fagundes, os deputados estaduais liderados pelo presidente da Assembleia Legislativa, José Eduardo Botelho, os deputados federais Carlos Bezerra e agora Neri Geller, enfim todos os parlamentares têm ajudado, tem se colocado a disposição de Várzea Grande e de Mato Grosso”, assinalou o prefeito.

Ele agradeceu e apoio que o Partido Progressista tem dado através dos vereadores Alessandro Moreira da Silva e Emerson Cézar Magalhães a sua gestão e sinalizou que a recompensa não será pessoal, pois eles e todos
os vereadores estão trabalhando em prol da população e da cidade de Várzea Grande.
 

Comentários Facebook
publicidade

VÁRZEA GRANDE

Kalil assina protocolo para aquisição da Coronavac e se reúne com Mauro Mendes

Publicado


Legenda:

O prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat terá uma extensa agenda de trabalho nesta quarta-feira, 13 de janeiro de 2021, assinando nas primeiras horas da manhã na manhã, durante reunião do Comitê de Enfrentamento ao novo Coronavírus – COVID 19, o protocolo de intenção de aquisição de vacinas do Instituto Butantan, a CoronaVac.

Também se reúne a partir das 10 horas com o governador Mauro Mendes para tratar da troca do modal de transporte coletivo de massa do VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) para o BRT (Bus Rapid Transit) e de assunto da COVID-19, e, às 14 horas sua equipe da Secretaria Municipal de Saúde se reúne com o secretário de Saúde de Mato Grosso, Gilberto Figueiredo em busca de reforço na atuação de controle da pandemia.

O Comitê de Várzea Grande deverá ainda disparar novas medidas para endurecimento na fiscalização com apoio de aparato das Polícias Militar, Civil e do Corpo de Bombeiros, além da Vigilância em Saúde do Estado e da cidade que ainda irá reforçar a Guarda Municipal para fiscalização mais efetiva a partir da evolução do quadro de transmissão da COVID-19 de Nível Baixo para Moderado conforme demonstrado no Boletim do Governo do Estado de Mato Grosso da última segunda-feira, 11 de janeiro.

A intenção maior é evitar medidas de fechamento de setores da economia, sendo que para isto, terá que haver um trabalho para reduzir o número de transmissão de novos casos da COVID-19 que disparou nos últimos dias. O prefeito de Várzea Grande também quer impedir um novo lockdown como aconteceu por mais de uma vez no decorrer do ano de 2020.

Leia mais:  Kalil assina protocolo para aquisição da Coronavac e se reúne com Mauro Mendes

No final de 2020, ainda na gestão da prefeita Lucimar Sacre de Campos, foi formalizado ao Instituto Butantan o interesse de ter acesso a vacinas contra a COVID-19, caso não houvesse manifestação por parte do Governo Federal que é responsável pela política de aquisição e distribuição de vacinas como acontece com todas as demais doenças
passíveis de terem as pessoas imunizadas, como H1N1, Sarampo, BCG, Tríplice entre outros.

Eu reunião com os principais secretários, o prefeito Kalil Baracat, sinalizou que não dispensa adotar medidas para conter a propagação da doença, mas vai fazê-lo de forma criteriosa para se ter o mínimo de impacto para a população e para Várzea Grande.

“Nossa missão é criar mecanismos de equilíbrio que permita mais qualidade de vida para as pessoas sem colocar em risco a economia e a geração de emprego e renda, pois a saúde pública funciona porque temos recursos para serem aplicados no combate a COVID-19”, disse Kalil sinalizando que não existe custo para se preservar a vida das pessoas.

Ele disse ainda que vai aproveitar para definir uma série de medidas em parceria com o Governo Mauro Mendes para fomentar o desenvolvimento em Várzea Grande e recuperar a posição de destaque da segundo maior cidade de Mato Grosso. “Muito foi feito nos últimos anos, mas temos que avançar e melhorar ainda mais”, disse Kalil Baracat.

Comentários Facebook
Continue lendo

VÁRZEA GRANDE

Alvará com descontos de 20% e 10% e parcelado em até três vezes sem juros

Publicado


Legenda:

Mantendo uma política de flexibilização para a quitação de tributos municipais, a Prefeitura de Várzea Grande, sob o comando de Kalil Baracat, foi além em 2021 e pela primeira vez está possibilitando o parcelamento do Alvará de localização em até três vezes. Além da dilatação do prazo de pagamento, o contribuinte pode optar por descontos de até 20% para quem pagar em cota única, à vista até o próximo dia 25 de janeiro e 10% para quem pagar a vista até 25 de fevereiro. Somente gozam do benefício do desconto, aqueles que não possuírem débitos anteriores.

Mas para usufruir da novidade o contribuinte deve ficar atento, pois o primeiro vencimento ocorre já no dia 25 deste mês. Todas as disposições legais que regulamentam a cobrança de tributos e taxas no Município no exercício 2021 constam da Lei Complementar N.º 4.676/2020.

“Respeitando as regras instituídas pela Legislação, todo o recurso arrecadado com o Alvará de Funcionamento será destinado para obras e ações sociais de interesse da população e de Várzea Grande”, disse o prefeito Kalil Batacat, ponderando que todas as áreas essenciais serão prestigiadas e ainda mais reforçadas do que foram em um passado recente.

Conforme a secretária de Gestão Fazendária, Lucineia dos Santos, cerca de 26 mil empresas constam do cadastro da Pasta e estão obrigadas a quitar o tributo referente à Taxa de Licença para Localização de Estabelecimento de Produção, Comércio, Indústria e Prestação de Serviços, em 2021.

Desse universo, Comércio e Serviços registram o maior volume de empresas por segmento de atividade, cada uma com mais de 10 mil inscrições. Indústria e Construção Civil estão na sequência com 2.710 e 2.266 empresas, respectivamente. Do setor da Agropecuária são 97 empresas.

Leia mais:  Kalil assina protocolo para aquisição da Coronavac e se reúne com Mauro Mendes

Por porte, a maioria é de Micro Empreendedor Individual (MEIs), que somam 14.085 inscrições no Município de Várzea Grande, seguida ME, microempresas, com 9.047 estabelecimentos aptos ao pagamento. As Empresas de Pequeno Porte (EPP) somam 1.292 estabelecimentos. As empresas que não se enquadram nos critérios de MEI, ME ou EPP reúnem outras 1.481 empresas em atividade em Várzea Grande.

“Além de possibilitar o pagamento do imposto em até três parcelas, facilitamos a obtenção do Alvará. Os boletos poderão ser retirados pelo site da prefeitura. Depois de pagos, num intervalo de uma hora após essa quitação, o contribuinte poderá emitir o documento do Alvará – aquele que tem de ficar afixado em local visível – pelo site. Agilidade e descentralização foram prioridades da Pasta e hoje podemos dizer que os serviços ofertados pela Gestão Fazendária são basicamente online”, explica Lucineia. Como destaca ainda a titular da Pasta, em tempo de
pandemia, a oferta de serviços de forma remota não apenas facilita a vida dos contribuintes, como também preserva e protege contra o vírus.

O prefeito Kalil Baracat sinalizou que sua meta é facilitar ainda mais os serviços de interesse dos contribuintes e da população. “O Poder Público não tem recursos, eles vem do pagamento de impostos, taxas e contribuições e nosso papel enquanto gestor é aplicar estes recursos da melhor maneira possível para atender a população e melhorar a cidade de Várzea Grande como um todo. Cada atendimento na saúde, cada aula ofertada em uma escola municipal, ou ação social é executado com recursos vindos do pagamento de impostos, por isso, todos os contribuintes podem ter a certeza de que os recursos voltarão em benefícios para todos”, disse Kalil Baracat.

Leia mais:  Alvará com descontos de 20% e 10% e parcelado em até três vezes sem juros

CONDIÇÕES – O tributo referente à Taxa de Licença para Localização de Estabelecimento de Produção, Comércio, Indústria e Prestação de Serviços, traz as seguintes condições: cota única com pagamento, até 25 de janeiro de 2021, com desconto de 20% (vinte por cento) somente para as inscrições econômicas que não possuam débitos em aberto. 

Ainda em cota única há a opção para pagamento até 25 de fevereiro de 2021, com desconto de 10% (dez por cento) somente para as inscrições econômicas que não possuam débitos em aberto. A opção ‘parcelado’ será validada sem desconto, em até três parcelas mensais e consecutivas, com o pagamento da 1ª parcela até 25 de fevereiro de 2021, seguida por 25 de março e 25 de abril.

Os técnicos da Gestão Fazendária de Várzea Grande frisam que cada parcela negociada para a quitação do tributo deverá ser superior a cinco Unidades Padrão Fiscal do Município (UPF/VG), que para 2021 está regulamentada em R$ 31,58. Ou seja, cada parcela deve gerar um valor a pagar acima de R$ 157,9.

“Em caso de parcelamento, o vencimento das demais parcelas serão prefixadas com o dia do vencimento da 1ª parcela, mês a mês, sendo prorrogado o vencimento para o próximo dia útil, na hipótese em que se dê em sábado, domingo ou feriado”, reforça a secretária de Gestão Fazendária, Lucineia dos Santos.

A Lei Complementar N.º 4.676/2020 trata ainda da taxa de limpeza urbana, IPTU, isenção de IPTU e mantém em vigência o Programa de Recuperação Fiscal do Município de Várzea Grande e ainda descontos para opção em cota única, para o exercício 2021.

Leia mais:  Kalil assina protocolo para aquisição da Coronavac e se reúne com Mauro Mendes

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana