conecte-se conosco


CUIABÁ

Defesa Civil intensifica o monitoramento das áreas de risco para enchentes e alagamentos

Publicado


Luiz Alves

Clique para ampliar

A Defesa Civil de Cuiabá intensificou o monitorando de áreas consideradas de risco em razão do período de chuvas. Na terça-feira (12), o diretor José Pedro Ferraz Zanetti esteve na foz do córrego da Prainha, no bairro do Porto, onde está localizada a Estação Elevatória, gerenciada pela concessionária Águas Cuiabá, com o objetivo de verificar as condições da drenagem do Córrego da Prainha, que deságua no Rio Cuiabá.

Segundo a Defesa Civil, o último levantamento efetuado constatou que Cuiabá possui aproximadamente 1.300 ha de áreas consideradas de risco para alagamentos e inundações, a maioria delas localizadas nas proximidades de córregos e margens de rios.  “Em algumas regiões a ocupação desordenada das margens desses córregos e rios acaba agravando a situação. Além disso, o sistema de drenagem da Capital é antigo, insuficiente para dar vazão às águas quando ocorrem chuvas de grande intensidade, como o que aconteceu no último domingo”, disse Zanetti. De acordo com o diretor da Defesa Civil, algumas regiões e bairros da Capital como o Parque Geórgia, a região dos bairros Jardim Vitória, São Mateus, Cohab São Gonçalo e a área central, são alguns dos locais constantemente monitorados.

Zanetti lembra que o trabalho de limpeza das ‘bocas de lobo’ é realizado rotineiramente pela Prefeitura de Cuiabá e que antes do início do período das chuvas, são intensificados, de forma preventiva, a fim de evitar a ocorrência de alagamentos.  Mas, um grande volume de chuva acaba ocasionando dificuldades no escoamento da água provocando alagamentos.

O diretor da Defesa Civil disse ainda que o problema é a chuva forte em um curto espaço de tempo. No último domingo, a precipitação pluviométrica atingiu a marca de 65 mm em uma hora. Para resolver o problema de escoamento das águas pluviais, a Prefeitura de Cuiabá já anunciou que deve formalizar um convênio com a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) com o objetivo de tentar solucionar as enchentes na Avenida Tenente Coronel Duarte, a Prainha, no centro da cidade. Um projeto emergencial para melhorar a drenagem nessa região e também a vazão da água para o Rio Cuiabá já foi apresentado pela UFMT.

Leia mais:  Prefeitura de Cuiabá amplia vacinação dos trabalhadores da Saúde mediante agendamento

Além disso, a Defesa Civil deve receber nos próximos dias imagens escaneadas do canal da Prainha feitas pela empresa Águas Cuiabá no ano passado, a fim de verificar a existência de possíveis entupimentos e obstruções. 

A Defesa Civil alerta

Para evitar os prejuízos a Defesa Civil orienta a população em especial aqueles que vivem nas áreas consideradas de risco para que fiquem alertas. É importante acompanhar as previsões do tempo e observar o comportamento dos córregos e rios. Zanetti recomenda que em caso de subida do nível da água as pessoas devem levantar os móveis, desliguar os aparelhos elétricos da tomada e buscar locais mais seguros.

Nesses casos, é recomendável ligar para o 193, o número do Corpo de Bombeiros Militar, cujo atendimento é mais rápido e ágil e, que se for necessário, aciona a Defesa Civil.

Comentários Facebook
publicidade

CUIABÁ

Dutrinha vai ganhar estacionamento para quase cem veículos

Publicado


Luiz Alves

Clique para ampliar

O estádio Eurico Gaspar Dutra, o Dutrinha vai ganhar estacionamento. O projeto foi elaborado pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer e será executado em parceria com a Secretaria de Obras, Empresa Cuiabana de Limpeza Urbana (Limpurb) e Mobilidade Urbana (Semob). O espaço terá capacidade para 96 veículos, sendo cinco vagas para idosos e duas para cadeirantes, em uma área total de 2862 m².

Somando-se todas as etapas da reforma ao processo de aquisição de bens permanentes e mobiliário, o orçamento total foi de cerca de R$2 milhões. Todo o investimento foi realizado exclusivamente pelo Município via Fonte 100.

“Estamos trabalhando arduamente para finalizar o Dutrinha. Foi u m longo caminho que chega na reta final. Conseguimos também ar condicionados para os vestiários, garantindo mais conforto aos nosso atletas”, declarou o secretário-interino de Cultura, Esporte e Lazer, Luiz Cláudio Sodré.

Em reunião na última terça-feira (26), o vice-prefeito José Roberto Stopa garantiu a realização do calçamento pela Secretaria de Obras, uma das últimas etapas para a finalização do Dutrinha. Desde o dia 13 de janeiro o estádio passa pela etapa de calçamento, pintura e sinalização externa, procedimentos que preparam para a entrega oficial do equipamento no aniversário de Cuiabá deste ano.

“O que estiver ao nosso alcance será feito para a entrega do estádio para comemorações do aniversário de Cuiabá, como determinou o prefeito Emanuel Pinheiro. Já realizamos o calçamento e 3estamos a postos para auxiliar no que for necessário para a conclusão desta grande obra para o esporte cuiabano”, enfatizo u o vice-prefeito de Cuiabá, José Roberto Stopa.

A reforma teve início em fevereiro de 2019 e foi dividida em três etapas: a primeira compreendeu a readequação de todo o espaço, atendendo a medidas de segurança e acessibilidade. A segunda etapa foi a mudança de posicionamento dos postes de iluminação e a troca do gramado. Enquanto que a terceira etapa foi a construção do novo muro e modernização dos vestiários.

Leia mais:  Ouvidoria monta posto de atendimento no Centro de Vacinação para facilitar recebimento de manifestações

Em abril de 2019, iniciou-se a segunda etapa. A Secretaria de Serviços Urbanos iniciou a retirada do gramado para a implantação do sistema novo de drenagem e irrigação, que vai diminuir os custos de manutenção e consumo de água. O novo gramado é padrão grama Esmeralda. Para garantir iluminação adequada para jogadores, torcida e também para transmissão em veículos de comunicação, os postes foram realocados e foi instalada iluminação LED para garantir a qualidade para a torcida e para a transmissão dos jogos. 

Com a reforma dos vestiários, a obra entrou em sua terceira etapa de execução. O espaço privado aos jogadores recebeu grama sintética, com espaço para concentração e aquecimento e banheiros com chuveiros. Nesta fase, o muro também foi reconstruído e o outro lado do campo também recebeu atenção. A segunda arquibancada ganhou sustentação nova, assim como a bilheteria C e os banheiros e a lanchonete ao lado também foram reformados. 

No Dutrinha a história também terá espaço. Uma das salas da estrutura será transformada em um Museu do Futebol para reverenciar os atletas da terra e eternizar os grandes lances da trajetória do futebol cuiabano e mato-grossense. 

Comentários Facebook
Continue lendo

CUIABÁ

Servidores da Previdência de Angra dos Reis conhecem Cuiabá Prev

Publicado


Luiz Alves

Clique para ampliar

Referência nacional pela qualidade, eficiência e transparência de sua gestão, o Cuiabá Prev recebeu, na terça-feira (26), a visita técnica de servidores do Instituto de Previdência Social de Angra dos Reis (Angraprev). Os servidores Luciane Rabha, presidente do Angraprev e da Associação de Entidades de Previdência dos Municípios do Estado do Rio de Janeiro (Aepremerj); Renaldo de Sousa, assessor de gabinete e Ricardo de Agostino, coordenador de folha de pagamento do Angraprev foram recebidos pelo secretário-adjunto especial de Previdência na Secretaria Municipal de Gestão, Fernando Jorge Mendes de Oliveira. 

De acordo com Luciane Rabha, a equipe veio conhecer o funcionamento, os procedimentos, o sistema do Cuiabá Prev por ter recebido boas referências. “Viemos conhecer o sistema, principalmente da prova de vida, por causa dessa questão da pandemia. Como a gente quer se modernizar, aqui foi uma das referências que recebemos e a gente veio conhecer o projeto de vocês para estar levando para lá”, disse. 

Durante a visita técnica, o secretário-adjunto especial de Previdência, Fernando de Oliveira, explicou que durante a pandemia, por determinação do prefeito Emanuel Pinheiro, o atendimento presencial e, consequentemente, a prova de vida presencial ficou suspensa. Com isso, foi necessário criar alternativas para manter o controle sobre os recursos públicos que são destinados aos pagamentos dos beneficiários. Com isso, passaram a haver duas outras formas de fazer a prova de vida: por videoconferência e pelo aplicativo “Meu RPPS”, em que o segurado envia uma foto da frente e do verso do documento original e também a foto do próprio, tirada no momento do acesso à ferramenta. Caso necessário, o servidor do Cuiabá Prev telefona para a pessoa para confirmar as informações prestadas.

Leia mais:  Servidores da Previdência de Angra dos Reis conhecem Cuiabá Prev

O Cuiabá Prev detém, pelo sexto ano consecutivo, o selo ISSO 9001, que certifica a qualidade de serviços e administração de recursos financeiros; o certificado “Pró Gestão”, concedido pelo Ministério da Economia, através da Secretaria Nacional de Previdência e o certificado de “Conselho Transparente”, da Controladoria Geral do Município. São esses reconhecimentos que chamado a atenção das demais instituições Brasil afora e levado o Cuiabá Prev a receber mais de 20 visitas técnicas ao lngo da gestão Emanuel Pinheiro. 

“Esse reconhecimento demonstra que estamos no caminho certo. Nosso planejamento é buscar a qualidade e a satisfação dos 14.791 beneficiários, sendo 10.550 ativos e 4.241 aposentados e pensionistas, com a gestão dos recursos financeiros, que é de mais de R$320 milhões aplicados, além da melhoria dos serviços. Estamos conseguindo ser referência, o que acarreta em um modelo de gestão que atende ao princípio da eficiência da Administração pública”, destaca Fernando de Oliveira.

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana