conecte-se conosco


MATO GROSSO

Dados da Segurança Pública apontam que os crimes de furto reduziram em todas as Regiões do Estado

Publicado


Mato Grosso reduziu os crimes de furtos em todas as 15 Regiões Integradas de Segurança Pública (Risps), no período de janeiro a novembro de 2020, em comparação com o mesmo período de 2019. O levantamento leva em conta os registros de Boletim de Ocorrências (BO) registrados nos 141 municípios do estado. Os dados são da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), por meio da Superintendência do Observatório de Segurança.

Em 2020, foram registrados 28.680 mil ocorrências de furto, enquanto que no mesmo período de 2019 foram 41.027 mil. A redução foi de 30%.

Também nos 11 meses de 2020, o estado apresentou queda nos principais índices criminais: homicídio (-1,2%), roubo seguido de morte (-33%), roubo (-30%), roubo de veículos (-29%), furto de veículos (-21%) e tráfico e uso de drogas (-11%).

Nos 141 municípios, 757 pessoas foram vítimas de homicídio. Já em 2019 somaram 766 mortes. As forças de segurança receberam no ano passado, 9.013 mil queixas de roubo (quando há violência ou ameaça). No mesmo período de 2019 foram 12.952 mil. Ainda no período de janeiro a novembro, 26 pessoas foram vítimas de roubo seguido de morte (latrocínio). No mesmo período de 2019 foram 39 casos.

“O empenho das forças de segurança e o comprometimento dos profissionais foram primordiais para alcançar os resultados. A Secretaria fortaleceu a integração tanto na atividade de inteligência quando na atuação operacional entre as instituições, com ações preventivas e repressivas no enfrentamento aos principais índices criminais. Nosso objetivo é continuar ampliando as nossas ações”, enfatiza o secretário adjunto de Integração Operacional da Sesp, coronel PM Victor Fortes.

Leia mais:  Cinco motoristas são presos por embriaguez ao volante em Cuiabá

São cidades polos das Risp, os municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Sinop, Rondonópolis, Barra do Garças, Cáceres, Tangará da Serra, Juína, Alta Floresta, Vila Rica, Primavera do Leste, Pontes e Lacerda, Água Boa, Nova Mutum e Guarantã do Norte.

Veículos

As ocorrências de roubo e furto de veículos reduziram 29% e 21%, respectivamente. Ao todo, 1.223 veículos, entre automóveis e motocicletas, foram roubados em 2020, contra 1.711 em 2019. Já em relação aos furtos, 1.707 veículos foram furtados no ano passado, enquanto que em 2019 somaram 2.160 unidades.

A Sesp está em fase de fechamento dos dados consolidados dos 12 meses de 2020. A previsão é que seja divulgado na segunda quinzena deste mês.

Fazem parte das forças de segurança a Polícia Militar (PM-MT), Polícia Judiciária Civil (PJC-MT), Corpo de Bombeiros Militar (CBM-MT), Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Sistema Penitenciário e Sistema Socioeducativo.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

MATO GROSSO

Governo de MT lamenta falecimento de conselheiro aposentado do TCE

Publicado


O Governo de Mato Grosso lamenta a morte do conselheiro aposentado do Tribunal de Contas do Estado, Teresino Alves Ferraz.

Teresino faleceu neste sábado (16.01) vítima da Covid-19.

“Sentimos muito pela perda. Que Deus conforte o coração da família e dos amigos neste momento de grande dor”, afirmaram o governador Mauro Mendes e a primeira-dama Virginia Mendes.

Ele atuou como conselheiro de 1978 ao ano 2000.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Estado garante distribuição de vacinas contra a Covid-19 em tempo recorde aos municípios
Continue lendo

MATO GROSSO

Sábado (16): Mato Grosso registra 198.444 casos e 4.782 óbitos por Covid-19

Publicado


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (16.01), 198.444 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 4.782 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 1.050 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 198.444 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 8.404 estão em isolamento domiciliar e 184.244 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 270 internações em UTIs públicas e 303 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 69,05% para UTIs adulto e em 35% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (44.060), Várzea Grande (13.490), Rondonópolis (13.206), Sinop (10.605), Tangará da Serra (8.796), Sorriso (8.745), Lucas do Rio Verde (8.133), Primavera do Leste (6.137), Cáceres (4.611) e Nova Mutum (4.147).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 166.500 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 711 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na última sexta-feira (15.01), o Governo Federal confirmou o total de 8.393.492 casos da Covid-19 no Brasil e 208.246 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 8.324.294 casos da Covid-19 no Brasil e 207.095 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados de sábado (16.01).

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

Leia mais:  Estado garante distribuição de vacinas contra a Covid-19 em tempo recorde aos municípios

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana