conecte-se conosco


MATO GROSSO

Centenas de projetos irão movimentar o cenário cultural mato-grossense em 2021

Publicado


Em 2021, quase 600 projetos irão movimentar o cenário cultural em todos os cantos de Mato Grosso e, ao mesmo tempo, ajudar a reduzir os impactos da pandemia junto aos trabalhadores do setor. As iniciativas, que abrangem todos os segmentos artísticos e culturais, foram contempladas nos editais da Lei Aldir Blanc promovidos pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel). 

Confira o resumo dos resultados finais dos editais.

Conexão Cultura Jovem

Três propostas da região metropolitana de Cuiabá e mais duas do interior foram selecionadas no edital Conexão Cultura Jovem. Cada projeto irá receber R$ 200 mil para implantação e gestão de laboratórios de comunicação e cultura (LabCom) em comunidades com índices de vulnerabilidade social. 

Com valor total investido é de R$ R$ 1 milhão, a seleção pública contemplou ações formativas que destacam práticas culturais da própria comunidade. Os projetos selecionados são dos municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Sorriso, Lucas do Rio Verde e Primavera do Leste. Resultado final AQUI.

MT Criativo

A diversificação de propostas selecionadas marcou o resultado do edital MT Criativo. Com investimento total de R$ 1,6 milhões, a seleção pública contemplou 32 ações inovadoras de empreendedores criativos de várias áreas, como turismo, moda, arquitetura, games, gastronomia, arte, música, artesanato, dentre outras. 

Os projetos foram divididos de acordo com a classificação da área de economia criativa, mundo das artes, negócios digitais e criações funcionais. Cada proposta selecionada contará com até R$ 50.000,00 para sair do papel ou consolidar sua execução. Resultado final AQUI.

Circuito de Mostras e Festivais

Serão investidos R$ 3,4 milhões para promover festivais, mostras, exposições coletivas, seminários, festividades e atividades formativas em todo o estado. 

Leia mais:  Sexta-feira (15): Mato Grosso registra 197.394 casos e 4.761 óbitos por Covid-19

Na Baixada Cuiabana, a população vai prestigiar eventos de hip hop, exposição de artes visuais, festival de viola de cocho, dentre outros. Graças ao edital, será também possível a retomada de edições tradicionais com os Mascarados de Poconé e do Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá, importante fomentador do audiovisual mato-grossense.

Já os municípios do interior contarão com eventos variados, dentre os quais festivais de narração de histórias, de capoeira, de teatro e de dança, congresso fotográfico e festa literária. Eventos com edições passadas também estarão na programação do ano, como a Mostra Cultural de Nova Xavantina, Festival de Dança de Cáceres, Festival Velha Joana de Primavera do Leste e o Festrilha, festival que reúne quadrilhas juninas de todo o estado.

Resultado final disponível AQUI

MT Nascentes

O maior de todos os editais da Lei Aldir Blanc em Mato Grosso contemplou praticamente todas as áreas, segmentos e linguagens artísticas e culturais. Artes cênicas e visuais, literatura, música, artesanato, patrimônio histórico, infância e culturas de matrizes africanas, urbanas e LGBTIA+ foram acolhidas na seleção pública, que contempla ainda ações formativas, bibliotecas comunitárias e produções audiovisuais.

Com verba total de R$ 16,35 milhões, a seleção pública vai possibilitar a execução de 421 projetos para a retomada da cultura em vários municípios mato-grossenses. Os valores para cada ação variam entre R$ 25 mil e R$ 150 mil.

Na fase de formalização do termo de compromisso especial, sete proponentes contemplados não apresentaram os documentos adicionais e foram substituídos por propostas classificadas conforme ordem de pontuação na fase de avaliação. Acesso aos resultados final e complementares AQUI

Conexão Mestres da Cultura – Marília Beatriz de Figueiredo Leite 

Leia mais:  Camiseta azul royal, com faixas diagonais, será o novo uniforme dos estudantes de MT

Com acréscimo de R$ 500 mil recém-remanejados, o edital passou de R$ 7 milhões para R$ 7,5 milhões, possibilitando a homenagem a 75 personalidades mato-grossenses. Resultado final AQUI

Fazem parte da lista de homenageados figuras já reconhecidas na memória cultural mato-grossense, como o artista Adir Sodré, Dona Domingas do grupo Flor Ribeirinha, a musicista Dunga Rodrigues, , os poetas Manoel de Barros e Silva Freire, os músicos Bolinha, Chico Gil e Pescuma, o bispo Pedro Casaldáliga e a cantora Vera Capilé. 

 A seleção pública proporcionará ainda o reconhecimento de novas personalidades que se destacam por sua atuação em prol de distintas áreas culturais no estado. Dentre as figuras referenciadas estão a comunicadora Naine Terena, o produtor cultural Clóvis Matos, as mulheres redeiras da Família Lemes, o capoeirista Ray Kinte, o sambista Zaqueu do Cavaco, a cigana Maria Divina Cabral e os indígenas Mestre Melobo Txicão, Nelson Rikbaktsa e Carolina Rewaptu.   

A escritora Marília Beatriz de Figueiredo Leite não ficou de fora das homenagens selecionadas. Por meio de um livro e de um documentário, o Centro Audiovisual Luiz Marchetti irá mostrar parte da trajetória da mestra da cultura que dá nome ao edital.

 “É uma responsabilidade muito grande retratar a irretratável Marília Beatriz com sua multiplicidade de talentos. Agradeço à Secel, que foi brilhante por possiblitar essas homenagens a pessoas que construíram essas narrativas no imaginário de Mato Grosso”, expressa o diretor Luiz Marchetti.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

MATO GROSSO

Comitês de Bacias Hidrográficas de MT definem datas das reuniões de 2021

Publicado


Os Comitês de Bacias Hidrográficas de Mato Grosso (CBHs) iniciaram 2021 com a aprovação das datas dos seus principais encontros do ano. As datas foram publicadas no Diário Oficial de sexta-feira (08.01). Com isso, os 10 CBHs ativos no estado já começaram a se organizar para dar continuidade nos trabalhos de gestão e conservação dos recursos hídricos de Mato Grosso.

Ao todo, serão 40 reuniões ordinárias, divididas em quatro encontros por Comitê. Além destas datas já estabelecidas, é possível que os CBHs agendem reuniões extraordinárias ou encontros dos chamados Grupos de Trabalho, dependendo da necessidade de cada colegiado.

Com as primeiras reuniões marcadas entre fevereiro e março, a expectativa é que os CBHs abram espaço para discussão sobre seus respectivos Planos de Trabalho e as estratégias que serão adotadas para seguir com as ações respeitando todas as medidas de biossegurança contra a Covid-19.

Segundo a presidente do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Cuiabá ME, Eliana Beatriz Rondon, o ano deve começar com demandas importantes. “Devemos continuar trabalhando em cima dos dados de outorga dos usuários da bacia, além de seguir organizando os monitoramentos da qualidade da água dos córregos urbanos e o desenvolvimento de planos voltados para educação ambiental”, disse.

Todas as reuniões ordinárias dos Comitês são abertas para participação de toda a sociedade interessada.

Conheça os comitês

Conhecidos como o “parlamento das águas”, os Comitês de Bacia Hidrográfica, são entes do Sistema Nacional de Gestão dos Recursos Hídricos, da Agência Nacional de Águas (ANA), e atuam como pontos de discussão e deliberação a respeito da gestão dos recursos hídricos compartilhando responsabilidades de gestão com o poder público.

Leia mais:  Sexta-feira (15): Mato Grosso registra 197.394 casos e 4.761 óbitos por Covid-19

Em Mato Grosso, atualmente, são 10 CBHs atuantes em diversas regiões, sendo eles: CBH Covapé, CBH Sepotuba, CBH Baixo Teles Pires, CBH São Lourenço, CBH Alto Teles Pires, CBH Cuiabá, CBH Cabaçal, CBH, Rio Jauru, CBH Médio Teles Pires e CBH Alto Araguaia. Recentemente foi instituído o CBH Alto Paraguai Superior, que ainda passa por adequações burocráticas. Para saber mais sobre os Comitês, clique aqui.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

MATO GROSSO

“Temos seringas suficientes para fazer a vacinação de todo o Estado”, tranquiliza secretário de Saúde

Publicado


Os 141 municípios de Mato Grosso vão começar a receber nos próximos dias as seringas que serão utilizadas no plano de vacinação contra a Covid-19. O material já se encontra em estoque e, de acordo com o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, a aquisição suplementar dos insumos, caso necessária, já foi providenciada pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT).

“O Estado já fez um plano operacional. Nós estamos prontos, aguardando apenas a definição do Ministério da Saúde, quanto ao dia em que a vacina irá chegar e da quantidade que será fornecida a Mato Grosso. Todo o planejamento de distribuição já foi realizado. Nós temos seringas, adquiridas pela Secretaria de Estado de Saúde, suficientes para fazer a vacinação de todo o Estado de Mato Grosso e já estamos encaminhando aos municípios”, disse o secretário.

De acordo com Gilberto Figueiredo, a vacinação seguirá o Plano Nacional de Imunização, definido pelo Ministério da Saúde. Porém, a logística, bem como a segurança necessária para a distribuição das vacinas e dos insumos para sua aplicação serão disponibilizadas pelo Governo do Estado, através de seus órgãos.

Conforme o titular da SES-MT, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), além das Polícias Federal e Rodoviária Federal, e o Ministério da Defesa, farão a escolta dos materiais até os 14 polos de distribuição no Estado.

Nos casos em que for necessário, o Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) disponibilizará sua frota aérea para dar celeridade à distribuição.

“Fiquem tranquilos, porque nós temos um estoque suficiente para vacinar toda a população. E já fizemos novas aquisições. Então, não vai ser por falta de seringa que nós não vamos fazer a vacinação no Estado. Tão logo as vacinas sejam encaminhadas pelo Ministério da Saúde, todos os 141 municípios receberão as vacinas e também as seringas para promover a vacinação”, pontuou Gilberto.

Leia mais:  Batalhão Fazendário começa a registrar irregularidades fiscais no trânsito de mercadorias via app
Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana