O Ceará disputa, neste domingo, 24/01, o primeiro jogo da final do Campeonato Brasileiro de Aspirantes. Além de um feito inédito para o futebol nordestino, a chegada do time à decisão do torneio é permeada por outros fatos grandiosos. Dentre estes, a constituição do elenco alvinegro, composto por nada menos que nove atletas revelados pelo próprio clube cearense. O Vozão é um dos clubes do futebol brasileiro que possui certificado formador de atletas, emitido pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Nomes como Kelvyn e Rafael Carvalheira deram seus primeiros passos em competições nacionais jogando pelo Mais Querido, motivo de muito orgulho para o departamento de futebol do clube, que já revelou jóias como Arthur Cabral e Felipe Jonatan em anos recentes. Em ordem descrescente de idade, a lista completa é composta por Buiú (24), Kelvyn (21), Rick (21), Cristiano (21), Jadson (21), Gabriel Lacerda (21), Alan Uchôa (21), Rafael Carvalheira (21) e André Luiz (20).

Remontando ao ano em que muitos destes atletas chegaram ao clube, o Diretor de Futebol de Base, Israel Portela, lembra da primeira experiência do Mais Querido no Campeonato Brasileiro da categoria, quando o Ceará, em 2019, fez sua estreia. “A grande maioria dos atletas citados foram contratados para disputa das competições Sub-20 em 2019 e, por motivo do convite extraordinário da CBF, jogaram o Aspirantes Sub-23, pela primeira vez. Isso nos abriu novos horizontes. Vários deles compuseram o elenco que jogou o Cearense, no mesmo ano, por exemplo. A experiência conquistada pelos atletas naquela oportunidade e o amadurecimento do clube em relação à categoria nos trouxe até essa final e isso é motivo de grande orgulho para todos nós”, ressalta Israel.

Leia mais:  Abel Ferreira analisa clássico e rasga elogios aos jogadores da base

Mesmo ainda jovens para uma competição de idade superior como o Brasileirão de Aspirantes, o misto de atletas mais experientes com tais revelações tem se mostrado uma fórmula vencedora. Armando Desessards, Coordenador Técnico de Futebol do Ceará, vai além. Reforça a importância da continuidade no processo formador desses talentos, para um possível aproveitamento pelo futebol profissional. “Base é um processo demorado, que requer continuidade, e para haver essa continuidade dependemos da vontade política do clube. O clube tem que ter um pensamento de aproveitamento de atletas da base e o nosso presidente Robinson de Castro tem essa paixão. Dito isto, trabalhamos para nos tornarmos referência na formação de grandes atletas na região e para revelar sempre mais”, destaca o Coordenador.

Buiú, alcunha de Marcos Ytalo, chegou ao Ceará quando tinha apenas 18 anos, em 2014. No ano seguinte, foi revelado pelo clube, durante a Série B. O atleta ainda fez dois jogos vestindo o manto alvinegro pela Copa do Brasil, naquela temporada. Após passagem pelo futebol do sul e sudeste, o cearense retornou ao Time do Povo em 2020 para se juntar ao elenco comandado por Daniel Azambuja que disputa o Brasileirão de Aspirantes. Foi relacionado em todos os 16 jogos do time, nesta edição da competição.

Contundente, Rick foi relacionado duas vezes neste Brasileiro de Aspirantes e marcou um gol em cada uma das oportunidades. O atleta hoje já integrante do time profissional, chegou ao Ceará em 2018, foi revelado no Brasileiro Série A 2019, mas já vinha sendo avaliado pelo departamento de futebol do clube, desde sua chegada, quando disputou o Nordestão Sub-20 2018 e Copa Fares Lopes 2018.

Leia mais:  Tardelli comemora permanência no Atlético MG

Alan Uchôa é cria da Cidade Vozão. Natural de Maranguape/CE, o jogador vem sendo formado nas categorias de base do clube desde o Sub-17. Em seus seis anos de Ceará, o defensor alvinegro foi peça importante na conquista do Estadual Sub-20 2019. Foi emprestado ao Vasco da Gama em 2018 e voltou em 2019 para reforçar o elenco do Vozão. Neste Brasileiro de Aspirantes, o zagueiro marcou dois gols, em 14 partidas em que foi relacionado.

Natural de Osasco/SP, Kelvyn chegou ao Alvinegro em 2019 para disputa do Brasileiro Sub-20 e do Cearense Sub-20, mas acabou sendo aproveitado, ainda no mesmo ano, no Aspirantes 2019 e no Cearense Série A. Suas boas atuações renderam oportunidades no elenco profissional do time, no ano seguinte. Na Série A, marcou dois gols em 11 jogos.

O atacante revelação Cristiano foi outro destaque nas campanhas do Cearense Sub-20 2019 e neste Brasileiro de Aspirantes. Na primeira competição, anotou seis gols e nesta última, quatro. Integrado às categorias de base do Vozão em 2019, teve excelentes atuações em todos os jogos desta temporada.

O goleiro André Luiz, o mais novo dos destaques citados, é da leva de revelações do elenco montado em 2019. Com atuações pontuais nesta temporada do Campeonato Brasileiro de Aspirantes, venceu três dos quatro jogos que fez e empatou um. Aproveitado também na Série A do Brasileirão, foi reserva de Fernando Prass no último jogo contra o Santos na Vila Belmiro

Oriundo das categorias de base do Palmeiras, o zagueiro Gabriel Lacerda se transferiu para o Ceará em 2019 e nesses seus dois anos de Vozão, já disputou Brasileirão Série A, Copa do Brasil e Aspirantes. Conquistou, ainda, o Campeonato Cearense 2019 e segue sendo principal opção de Daniel Azambuja na zaga do Mais Querido, ao lado de Alan Uchôa.

Leia mais:  Com gol do zagueiro Sabino, Santos empata com a Ferroviária

Foi de Rafael Carvalheira o gol que sacramentou a classificação do Vozão para esta final. O atleta foi revelado pelo Ceará no ano de sua chegada, quando participou do Brasileiro de Aspirantes, ainda com 20 anos. Nesta segunda temporada vestindo a camisa do Time do Povo, o meia fez 15 dos 16 jogos do torneio Sub-23 e foi responsável por importantes assistências.

Jadson Silva é outra opção frequente no meio-campo alvinegro. Foi relacionado em 12 dos 16 jogos deste Campeonato Brasileiro Sub-23 e, quando requisitado, foi decisivo. Marcou o único e importante gol no jogo contra o Fluminense, ainda pela primeira fase da competição. O atleta foi contratado pelo Ceará em 2019 para reforçar o elenco que foi campeão estadual naquele ano. O atleta, bem como seus conteporâneos, foi revelado pelo clube no mesmo ano de sua chegada.