conecte-se conosco


CUIABÁ

Assistência Social reforça a importância da atualização cadastral do Bolsa Família

Publicado


Vicente Aquino

Clique para ampliar

A Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência reforça a importância da atualização cadastral do Programa Bolsa Família, por meio do sistema  de Cadastro Único (CadÚnico).

O recadastramento pode ser realizado em uma das 14 unidades dos Centros de Referências de Assistência Social (Cras) da Capital. Além das unidades dos CRAS, a população também pode fazer a atualização dos dados na sede do Cadastro Único e na unidade do programa Bolsa Família, ambas localizadas na Casa dos Conselhos, Rua Dom Aquino, nº 184, bairro Dom Aquino.
A atualização deve ser feita, de acordo com as normativas do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), a cada dois anos, ou quando houver mudança nas informações fornecidas, como de endereço, novo membro na família ou falecimento de alguém, evitando dessa maneira, a suspensão do benefício e posterior cancelamento.

As unidades de atendimento para o recadastramento – Centros de Referências de Assistência Social (Cras), sede do Cadastro Único, unidade do programa Bolsa Família, funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.  “Faz-se importante ressaltar que, apesar das atividades coletivas ainda suspensas por conta das medidas de enfrentamento ao Covid-19, as unidades estão abertas para atendimento nesses casos específicos, sempre respeitando as normas de biossegurança”, lembrou a coordenadora do Bolsa Família, Maria Claudete Orso.

Para atualizar o cadastro, o titular do cartão deve comparecer em um desses postos de atendimento, munido dos originais dos seguintes documentos: RG e CPF, título de eleitor, carteira de trabalho de todos que já realizaram alguma atividade remunerada, três últimos comprovantes de pagamento de todos os integrantes da família que trabalham, certidão de nascimento, caso tenha integrante menores de 18 anos, atestando de escolaridade ou da creche destes menores, comprovante de endereço e cartão de recebimento do benefício.

Leia mais:  Ordem Pública continua fiscalizando denúncias, mas pede consciência à população

Cuiabá possui 80 mil pessoas cadastradas no sistema de Castrado Único do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) que possibilita o acesso há mais de 20 programas sociais. O acesso aos programas, como o Bolsa Família, é realizado mediante Cadastro Único.

A revisão é um processo obrigatório e de rotina, realizado todos os anos. “A atualização cadastral é importante, pois conseguimos ser mais precisos no atendimento dessas famílias, garantindo um serviço de qualidade e evitando o bloqueio e ou cancelamento do mesmo, que é, em sua maioria, a única fonte e rende de muitas famílias”, explica a coordenadora.

Segundo Claudete, quando a família tem o benefício bloqueado porque não atualizou o cadastro, ela ainda tem a oportunidade de comparecer ao setor do Bolsa Família e revalidar as informações no Cadastro Único, sem a perda deste.

“Caso esta família tenha o benefício suspenso por não ter realizado a atualização dos dados dentro do período estipulado pelo MDS, é só comparecer na sede do benefício, com os documentos necessários em mãos, para ativá-lo novamente. Lembrando que o cadastro passará por análise e caso esteja dentro do perfil do programa, a família permanece recebendo o benefício  normalmente”, observa.

O benefício é garantido para todos os cadastrados, desde que seja feita a atualização sempre que solicitada pelos organizadores do programa. Este comunicado é feito pelo extrato do benefício. Para não correr o risco de ter o benefício suspenso é importante manter as crianças e adolescentes em idade escolar e matriculados em algumas das instituições públicas de ensino, além de manter a frequência regular superior a 85%. “Àqueles que trocaram seus filhos de unidade escolar, precisam informar desta mudança, o mais rápido possível, em um dos polos recadastramento da Capital,” finaliza Maria Claudete.

Leia mais:  Mais de 3 mil profissionais já se inscreveram para a edição online da Semana Pedagógica

BOLSA FAMÍLIA- O Bolsa Família é um programa federal de transferência de renda destinado às famílias em situação de extrema pobreza (famílias com renda por pessoa de até R$ 89,00 mensais) e pobreza (famílias com renda por pessoa entre  R$ 89,01 e R$ 178,00 mensais, desde que tenham crianças ou adolescentes de 0 a 17 anos). O programa além de associar à transferência direta do benefício financeiro, oferta o acesso aos direitos sociais básicos: saúde, educação e assistência social.

CADÚNICO- O Cadastro Único é um sistema que identifica e caracteriza famílias de baixa renda, as que possuem renda mensal de até meio salário mínimo per capital; ou renda mensal total de até três salários mínimos.  “É a através do CadÚnico que o governo obtém dados da realidade socioeconômica dessas famílias, trazendo informações de todo o núcleo familiar, das características do domicílio, das formas de acesso ao serviços públicos  essenciais. Com o banco de dados o Governo formula políticas próprias para melhorar as condições de vida dessas famílias.

 

Comentários Facebook
publicidade

CUIABÁ

Prefeitura disponibiliza cadastro online para profissionais de saúde se vacinarem contra a Covid-19

Publicado


Reprodução

Clique para ampliar

Entrou no ar, no portal da Prefeitura de Cuiabá, nesta quinta-feira (21), o endereço eletrônico https://vacina.cuiaba.mt.gov.br/ por onde serão feitos os pré-cadastros das pessoas que receberão a vacina contra a Covid-19, em Cuiabá. Em poucas horas no ar, todos os mil cadastros disponíveis por dia já foram esgotados. Nesta primeira fase de vacinação, que funciona desde a manhã de quarta-feira (20), no Centro de Eventos do Pantanal, apenas trabalhadores da saúde que estão na linha de frente da pandemia estão sendo vacinados. Toda uma estrutura e uma grande equipe foram montadas no local para executar a campanha municipal de imunização “Vacina Cuiabá – sua vida em primeiro lugar”. 

Inicialmente, estavam sendo vacinados profissionais encaminhados mediante lista dos hospitais públicos e privados que atuam nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI’s), enfermarias e pronto atendimento que atendem pacientes com Covid-19, bem como unidades polo da atenção primária.

No entanto, com a disponibilização do pré-cadastro pelo site da Prefeitura de Cuiabá, a partir de agora, esses trabalhadores da saúde que estão na linha de frente que desejem se vacinar deverão se pré-cadastar pela internet, inserindo dados pessoais, como o número do cartão SUS (que deve estar atualizado), número do CPF, profissão/cargo que exerce na unidade hospitalar. No site da campanha “Vacina Cuiabá”, consta o aviso de que somente profissionais devem se cadastrar.

Após fazer o pré-cadastro no site, a pessoa deve se dirigir ao Centro de Eventos do Pantanal. Para ter acesso ao local, é preciso ter em mãos o número do cartão SUS e um documento que comprove que trabalhe em unidade hospitalar na linha de frente da Covid-19. A enfermeira Luciana Victória, responsável pelo setor de Registro da central de vacinação, explica que a comprovação pode ser feita mediante apresentação de carteira profissional, crachá, cópia da escala de plantão do mês. Além disso, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) já solicitou a todos os hospitais públicos e privados que atendem pacientes com Covid-19 na capital enviem a lista de funcionários aptos a serem imunizados, ou seja, aqueles que estão na linha de frente do combate à doença.

Leia mais:  Secretaria Municipal de Saúde divulga o 2º Informe Epidemiológico de 2021 sobre a Covid-19

“A gente vai passar o primeiro momento vacinando os profissionais de saúde, principalmente os que estão em contato direto com covid-19: intensivistas que trabalham em UTI Covid, pronto atendimento que recebe todos os casos suspeitos e confirmados para covid e mais algumas unidades básicas que fazem testagem em massa de Covid. São esses profissionais que a gente está atendendo nesses primeiros dias. Aqui a gente vai ter uma equipe de abordagem para conferir a documentação, para liberar a senha, pra gente poder começar a vacinação. Estamos com o processo informatizado para ser o mais rápido possível”, informa a enfermeira. 

O acesso ao Centro de Eventos do Pantanal este sendo controlado, por questão de segurança. Dentro do prédio, a pessoa é recebida com uma senha e aguarda para ser chamada ao setor de Registro, onde é feito o lançamento do paciente no sistema do Ministério da Saúde. Em seguida, ocorre a etapa da vacinação e, depois, existe um espaço pós-vacina, onde a pessoa vacinada aguarda sentada por 30 minutos para que, em caso de reação adversa, receba atendimento médico imediato. 

Registro

É o local onde é feito o lançamento do paciente no sistema do Ministério da Saúde. Para isso, é obrigatória a apresentação do número do cartão SUS. “A gente precisa registrar porque o paciente não registrado não pode receber a vacina. Há o controle do lote. O rigor do controle está muito grande, por isso, essa informatização via Ministério da Saúde”, explica Luciana Victória. 

Setor de Vacinação

Estão disponibilizadas 11 mesas para aplicação da vacina. Profissionais da Vigilância Epidemiológica estão monitorando as temperaturas das caixas térmicas que ficam nessas mesas dos aplicadores da vacina. A temperatura não pode ser menor que 2 graus e maior que 8 graus. A ala de vacinação fica ao lado da câmara fria, que tem acesso restrito, onde ficam armazenadas as doses da vacina e todos os insumos necessários para aplicação (seringas e agulhas) por dia. 

Leia mais:  Águas Cuiabá apresenta relatório de investimento e Stopa volta a cobrar melhoria no serviço

Pós-vacina

Após receber a vacina, a pessoa é direcionada a um espaço onde deve aguardar por 30 minutos que que, em caso de reação adversa à vacina, receba atendimento médico imediato. Para isso, o polo central de vacinação conta com quatro leitos de retaguarda e equipe de emergência com ambulância. “Reação é uma coisa rara, mas, como é uma vacina nova, a gente precisa manter esse protocolo recomendado na bula”, afirma a supervisora da campanha de vacinação e gerente da Vigilância Epidemiológica de Cuiabá, Flávia Guimarães. 

Ela ressalta que, em todas as etapas do atendimento, a pessoa é orientada sobre a necessidade de duas semanas após receber a primeira dose, faça o agendamento e retorne para tomar a segunda dose da vacina, pois somente assim é concluído o processo de imunização contra a Covid-19. 

Comentários Facebook
Continue lendo

CUIABÁ

Mais de 3 mil profissionais já se inscreveram para a edição online da Semana Pedagógica

Publicado


Mais de 3 mil profissionais da rede pública municipal de Educação já se inscreveram para a Semana Pedagógica da Escola Cuiabana 2021. As inscrições para o evento que acontecerá de 25/01 a 5/02 podem ser feitas no link https://forms.gle/DyvEKtXjaxZvfu5W8. O evento de formação continuada é voltado para as equipes gestoras e profissionais das unidades educacionais e, este ano, será totalmente online, com transmissão ao vivo pelo @portaldaescolacuiabana, no Youtube.

A Semana Pedagógica marca o início do ano letivo na rede pública municipal de Educação. Na programação, estão previstas palestras, momentos de estudo e reflexões, e no dia 5 de fevereiro, será realizada a Aula Inaugural do Ano Escolar 2021, primeiro ato da autoridade executiva Municipal referente à Educação. Nesse dia, será realizada a palestra magna sobre o tema ‘O Conhecimento necessário para formação humana na contemporaneidade”, com a Profa. Dra. Emília Cipriano, Professora Titular da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC), conferencista e consultora na área educacional.

Escola Cuiabana

Este ano, a Semana Pedagógica vai abordar a nova Política Educacional da rede pública municipal de Educação, “Escola Cuiabana – Cultura, Tempos de Vida, Direitos de Aprendizagem e Inclusão”.

A secretária municipal de Educação, Edilene de Souza Machado destacou a importância do evento para a rede, como um momento de troca de experiências, estudos, discussões e planejamento da prática pedagógica. “Esse ambiente, de formação continuada, no qual estão envolvidos teoria e prática, é a oportunidade dos gestores e da equipe escolar delinearem as ações sob a responsabilidade da Secretaria de Educação e das unidades educacionais, visando a melhoria da qualidade das ações e o fortalecimento dos processos educativos”, salientou a secretária de Educação, Edilene Machado.

Leia mais:  Prefeitura divulga edital convocando 130 aprovados em concurso público da Educação

Segundo a gestora, a Semana Pedagógica permite aos profissionais da Educação uma ampla discussão sobre a complexidade do novo papel da escola num contexto diferente, onde a pandemia obrigou à mudanças na forma de relacionamento e da vida em sociedade. “A partir da abordagem de temas sociais relevantes articulados aos aspectos socioeconômicos e culturais, estamos favorecendo um ensino voltado à formação do cidadão crítico e responsável, de forma humanizada”, disse Edilene Machado.

Serviço

Semana Pedagógica da Escola Cuiabana 2021

Data: 25/01 a 5/02

Local: @portaldaescolacuiabana, no YouTube

Inscrição: https://forms.gle/DyvEKtXjaxZvfu5W8

Aula Inaugural

Data: 05/02

Hora: 09 às 11:30 horas

Local: @portaldaescolacuiabana, no YouTube

Abertura do Ano Letivo 2021 

Palestra Magna – O Conhecimento necessário para formação humana na contemporaneidade, com a palestrante, Profª. Dra. Emília Cipriano

 

 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana