conecte-se conosco


POLICIAL

Ação integrada da Polícia Civil e PM recupera 82 cabeças de gado bovino roubadas em fazenda

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

Um roubo de gado ocorrido  em uma propriedade na zona rural de Nossa Senhora do Livramento (42 km ao sul de Cuiabá), foi  esclarecido durante ação integrada da Polícia Civil e Polícia Militar, poucas horas após o crime. 

Todos os animais roubados, 82 cabeças de gado, cada uma avaliada em torno de R$ 2,5 mil, foram recuperados no trabalho integrado realizado pelos policiais da cidade e apoio de equipes das polícias de Poconé.

Até o momento uma pessoa foi presa e os envolvidos responderão por roubo majorado com restrição de liberdade, concurso de pessoas e emprego de arma de fogo; sequestro e cárcere privado, associação criminosa e receptação.

Roubo

O crime ocorreu na tarde de terça-feira (05.01), em uma propriedade rural de Nossa Senhora do Livramento. As vítimas, entre elas um idoso de 75 anos, foram rendidas inicialmente por dois indivíduos que chegaram no local em uma motocicleta. 

Os suspeitos perguntaram onde estava o caseiro e logo em seguida sacaram uma arma de fogo e anunciaram o assalto, prendendo todos os moradores dentro da casa. Um tempo depois chegou uma segunda motocicleta com mais dois ocupantes encapuzados e também um veículo com um suspeito também encapuçado.

Por volta das 4 horas da madrugada, os suspeitos permaneciam no local com as vítimas em cárcere privado, quando então pegaram um funcionário da fazenda e o obrigaram a embarcar as 82 cabeças de gado em dois caminhões, um de cor branca e outro de cor vermelha.

Somente no início da manhã que os suspeitos saíram do local, deixando as vítimas amarradas e trancadas. Além do rebanho também foram roubados três aparelhos celulares, cerca de 30 litros de gasolina e R$ 200 em dinheiro.

Conforme uma das testemunhas, durante o embarque do gado um dos suspeitos tirou o capuz e acabou sendo reconhecido, assim como o motorista do caminhão vermelho também foi reconhecido. Ainda segundo uma das vítimas que teve o seu cartão bancário roubado, no período da manhã foi efetuado um saque em sua conta de mais de R$ 2 mil.

Leia mais:  Governador e primeira-dama discutem ações de enfrentamento à violência contra a mulher

Buscas

Depois de acionados, policiais civis e militares realizaram diligências para localizar o motorista do caminhão que foi identificado pelas vítimas. Ouvido na delegacia, ele informou o local onde havia descarregado o gado.

As equipes seguiram até o endereço informado, no Assentamento Cumbaru, também em Nossa Senhora do Livramento. Na estrada para o assentamento, os policiais abordaram um veículo com duas pessoas. A mulher que dirigia o carro informou que durante o dia dois caminhões haviam descarregado um gado em sua chácara, mas que não sabia a procedência dos animais. Ela disse ainda que quem deveria saber do gado era seu marido, mas que este não estava na chácara.

Ao vistoriar o local foram encontradas as 82 cabeças de gado bovino.

O delegado Maurício Maciel Pereira esclarece que as investigações continuam para prender os envolvidos no roubo, que responderão pelos crimes roubo majorado com restrição de liberdade, concurso de pessoas e emprego de arma de fogo, sequestro e cárcere privado, associação criminosa e receptação. 

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

POLICIAL

Polícias Civil e Militar frustam festa promovida por facção criminosa e fecham ponto de venda de drogas

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

A Polícia Civil e Polícia Militar de Água Boa (730 km a leste de Cuiabá) deflagraram na madrugada deste domingo (24.01) a operação “Surpresa” visando coibir e reprimir a prática de crimes de tráfico de drogas e a atuação de facções criminosas na cidade. 

O trabalho integrado resultou na frustração de uma festa idealizada por uma organização criminosa na zona rural do município, com a condução de cinco pessoas, entre elas quatro menores de idade. Concomitantemente as equipes fecharam um ponto de vendas de drogas, localizado no bairro Primavera, e efetuaram a prisão de um casal. 

Os policiais civis da Delegacia de Água Boa, em conjunto com os militares do 13º Comando Regional da PM, receberam denúncia sobre uma festa na zona rural do município, promovida por uma organização criminosa para comemorar o aniversário de um membro da facção. 

Segundo apurado houve anúncio e convite do evento em redes sociais, informando que no local haveria a venda de drogas sintéticas e a presença de adolescentes. 

Diante das informações as equipes deslocaram-se até a chácara onde encontraram cerca de 80 pessoas, entre elas menores de idade. No momento da chegada dos policiais no local, o organizador da festa e outros suspeitos conseguiram fugir pelo matagal. 

Na ocasião quatro adolescentes e um adulto, o qual possuía cumprimento de medida cautelar judicial e deveria permanecer em casa no período noturno, foram detidos e encaminhados para Delegacia de Polícia para as providências cabíveis.

Conforme o delegado de Água Boa, Valmon Pereira da Silva, paralelo a essa ação policial, outras equipes foram até uma residência no bairro Primavera, onde já haviam diversas denúncias de plena comercialização de drogas no imóvel.

Leia mais:  Estado economiza R$ 17 mi e fortalece forças de segurança com entrega de viaturas

“No local foram flagrados alguns usuários fazendo consumo de entorpecentes no endereço. Após revistas foram apreendidas diversas porções de drogas prontas para consumo, máquina de cartão de crédito, caderno com anotações de clientes, uma quantia em dinheiro, entre outros objetos apreendidos”, destacou o delegado.

Um homem e uma mulher responsáveis pela casa foram presos e autuados em flagrante por tráfico e associação para o tráfico de drogas. Três pessoas usuárias também foram conduzidas para a delegacia, e responderão o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por uso de drogas.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

POLICIAL

Foragido da Justiça de Rondônia tem prisão cumprida em Comodoro

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

Um procurado da Justiça do Estado de Rondônia teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil no município de Comodoro (644 km a oeste de Cuiabá), após ser preso pela Polícia Militar na madrugada de sábado (23.01). O suspeito de 22 anos também foi autuado em flagrante pelo crime de falsa identidade. 

Na noite de sexta-feira (22.01) os policiais militares a cidade de Nova Lacerda efetuaram a detenção de dois homens em uma residência, por infringir determinação do poder público referente ao combate da propagação da Covid-19, conforme artigo 268 do Código Penal, bem como por outras práticas delituosas como fornecer bebidas alcoólicas e drogas a menores de idade. 

Após o flagrante, os dois homens foram encaminhados pelos militares até a Delegacia de Comodoro, onde ambos foram ouvidos. Durante a qualificação dos conduzidos, um deles entrou em contradição quanto a sua identificação, sendo posteriormente descoberto que o mesmo havia apresentado nome falso. 

Em seguida foi realizada checagem via sistema entre outras diligências investigativas, e constatado se tratar de um indivíduo contumaz em ações criminosas e com mandado de prisão em aberto expedido pelo juízo da Comarca de Vilhena (RO). O mesmo era fugitivo do Sistema Penitenciário daquele estado. 

Diante dos fatos, o jovem foi autuado em flagrante pelo crime de falsa identidade, além de ter a ordem de prisão devidamente cumprida. Após a confecção dos autos, o preso foi colocado à disposição do Poder Judiciário.

 

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Delegacia de Colíder terá Núcleo de Atendimento Especializado à Mulher
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana