conecte-se conosco


ESPORTES

Palmeiras bate América-MG fora e vai à final da Copa do Brasil pela 5ª vez na busca do 4° título

Publicado


O Palmeiras visitou a equipe do América-MG na noite desta quarta-feira (30), no Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG) com o objetivo de avançar à grande final da Copa do Brasil de 2020. Como as equipes empataram por 1 a 1 no duelo de ida, no Allianz Parque (SP), na última semana, uma vitória simples garantiria o acesso do Maior Campeão do Brasil. Com emoção até os minutos finais do duelo, as equipes iam empatando por 0 a 0 (placar que levava o duelo para ser decidido nos pênaltis). Aos 23 minutos do segundo tempo, porém, Luiz Adriano recebeu passe açucarado de Rony e, de pé direito, de fora da área, venceu a defesa adversária e fez o tento que garantiu a classificação palmeirense! Rony fechou ao marcador aos 39 minutos, após cobrança de escanteio de Lucas Lima e cabeceio de Mayke e fez no rebote, selando o triunfo por 2 a 0. Como o Grêmio, semifinalista do outro lado da chave que havia vencido o São Paulo no jogo de ida por 1 a 0, empatou sem gols Morumbi pelo mesmo placar, é o adversário do Verdão na finalíssima.

Campeão em 1998, 2012 (invicto) e 2015, o Palmeiras foi à final da Copa do Brasil pela quinta vez em sua história: além dos anos em que foi campeão, o Alviverde também foi finalista em 1996, quando ficou com o vice-campeonato diante do Cruzeiro.

Ao longo das 25 participações (a primeira foi em 1992), o Alviverde disputou um total de 84 confrontos eliminatórios ou valendo o título, alguns em jogo único e a maioria em partidas de ida e volta. Em 63 ocasiões, obteve a classificação (ou levantou a taça), ficando pelo caminho (ou com a medalha de prata) 21 vezes. Esta, aliás, foi a 30ª decisão de vaga do Verdão em duelo classificatório levando em conta apenas o cenário fora de casa: destes todos, em 19 ocasiões o Verdão levou a melhor, passando de fase ou tendo sido campeão, ficando pelo caminho em 11 oportunidades.

  Grêmio x Palmeiras: informações, estatísticas e curiosidades

Leia mais:  Timão faz primeiro treino tático em preparação para o Derby

Com o gol aos 23 do segundo tempo, de Luiz Adriano, o Verdão, além da classificação, de quebra, em sua última partida de 2020, chegou ao 100° gol na temporada atual (o de Rony foi o gol 101). Destes 101 gols em 202p0, 37 gols foram pelo Campeonato Brasileiro, 29 pela Libertadores (melhor ataque do torneio), 21 pelo Paulista, 12 pela Copa do Brasil e outros dois pela Florida Cup, no início da temporada.

Desta forma, o Alviverde manteve a sina de se dar bem diante do América-MG pela Copa do Brasil. Além destes dois duelos já disputados nesta edição (1 a 1 na semana passada, no Allianz Parque, e 1 a 0 neste noite, que valeu classificação), anteriormente, Verdão e Coelho já se cruzaram em uma edição de Copa do Brasil: com vitória por 2 a 1 no jogo de ida, no Estádio Independência, em Belo Horizonte-MG (com gols de Borja e Keno), e 1 a 1 no jogo de volta, no Allianz Parque (gol de Willian Bigode), o Alviverde levou a melhor e se classificou – o encontro aconteceu nas oitavas de final.

Nos aspectos individuais, Abel Ferreira conseguiu o expressivo feito de ter atingido a sua quinta classificação desde que chegou ao Verdão, há quase dois meses, em apenas 17 partidas – incluindo jogos de auxiliares (quando, por exemplo, esteve suspenso). Abel Ferreira assumiu o comando da equipe do Palmeiras justamente em um jogo que valia classificação para Copa do Brasil, após o interino Andrey Lopes (o Cebola) ter dirigido a equipe no jogo de ida diante do Red Bull Bragantino – oitavas de final. Com o triunfo por 1 a 0 no jogo de volta já com Abel (após ter vencido por 3 a 1 na ida, fora de casa), o Palmeiras obteve a primeira classificação na era do novo treinador.

  Em jogo de ida Palmeiras empata com Libertad nas quartas de finais

Leia mais:  Juventude vence o Cruzeiro e segue firme para voltar ao G4

Em apenas 17 jogos no comando da equipe em sua era, portanto, outros três duelos classificatórios já foram disputados. E no total dos cinco, são 100% de aproveitamento: em 18/11, foi o auxiliar Vítor Castanheira que dirigiu a equipe na classificação para as semifinais passando pelo Ceará nas quartas (empate por 2 a 2 fora de casa) – Abel estava suspenso. Depois, em 02/12, novamente com Abel, foi a vez de passar pelo Delfín-EQU nas oitavas de final da Libertadores, rumo às quartas; e mais tarde, em 15/12, o Alviverde passou pelo Libertad-PAR nas quartas de final, garantindo vaga às semifinais, também com o português Abel Ferreira.

E dentre os atletas, Luiz Adriano, autor do gol, chegou ao 17° gol pelo Palmeiras em 2020 e, com isso, igualou Willian Bigode na artilharia do time em 2020, encerrando o ano como principal goleador do Verdão, ao lado do camisa 29. E o autor da assistênica e depois do gol que selou a classificação, Rony, chegou a oito passes a gol (sete pela Libertadores e mais este pela Copa do Brasil); com isso, Rony se isolou como vice-garçom do elenco no ano, atrás só de Gabriel Menino, líder no quesito, com nove.

Vale destacar também a atuação do goleiro Weverton. Ao longo dos 180 minutos o arqueiro alviverde foi impecável e, ao não ter sofrido gol também neste duelo, superou o próprio recorde de mais jogos sem sofrer gols em um único ano no Século XXI: em 2019, o camisa 21 ficou por 26 partidas sem ser vazado ao longo da temporada e, agora, em 2020, chegou ao 27° no derradeiro duelo do ano.

Leia mais:  CSA e Avaí empatam em jogo com arbitragem polêmica

Comentários Facebook
publicidade

ESPORTES

CSA e Avaí empatam em jogo com arbitragem polêmica

Publicado


CSA e Avaí empataram em 1 a 1, na tarde de sábado (16/01), em disputa válida pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B 2020. Em tarde de muito calor, e de arbitragem confusa, o Avaí apresentou um bom futebol, apesar do resultado de empate fora de casa.

Em busca da vitória, e de manter a aproximação do G4, o Avaí acabou por sofrer um gol logo aos 17 minutos, quando a arbitragem assinalou um pênalti inexistente na opinião do comentarista de arbitragem da detentora da transmissão da partida. Aos 13, em cobrança de escanteio, a bola foi colocada na ária. Betão subiu com Cleberson na disputa de bola. Ela, a bola, bateu no peito de Betão, com o braço colado. O juiz não viu, mas marcou a penalidade após o assiste Frederico Soares VIlarinho levantar a bandeira e correr para a linha de fundo, assinalando a marcação da penalidade. Depois de minutos de discussão, apito de reinicio de jogo, cobrança da penalidade e gol de Paulo Sérgio. CSA-AL 1×0 Avaí no estádio Rei Pelé.

Mesmo atrás no placar, melhor no jogo, o Avaí não deixou de criar boas oportunidades para igualar ou mesmo virar no placar. Valdívia, Pedro Castro e Alemão tiveram as melhores chances na etapa inicial.

O primeiro grande lance foi nos pés de Valdívia, aos 36 minutos de jogo. Ele recebeu no meio e de longa distância disparou uma bomba. A bola tinha endereço certo, mas o goleiro adversário voou nela e tirou o que seria um golaço.

Na seqüência, aos 36, foi a vez de Pedro Castro quase marcar. A bola foi cruzada pela esquerda. Na área, ele finalizou para mais uma difícil defesa do goleiro.

Leia mais:  Fluminense vence Sport por 1 a 0 no Nilton Santos

Ainda no primeiro tempo, Alemão teve na cabeça a bola do gol de empate. Em jogada pela direita, a bola foi colocada na área. Alemão subiu, cabeceou, mas a bola foi pela linha de fundo.

No intervalo de jogo, Claudinei Oliveira teve que substituir Valdívia, após notificação da CBF sobre o resultado do exame de Covid-19 realizado no sábado (15/01), visando o jogo da próxima terça feira (19/01).

Na etapa final, o Avaí chegou ao empate logo no segundo minuto de jogo. Renato, que entrou no intervalo, aproveitou cruzamento na área, após a bola passar por todo mundo. Sozinho, chutou e colocou no placar CSA 1×1 Avaí.

Buscando o gol da vitória, o Avaí apresentou durante o jogo 21 finalizações, 7 escanteios e 13 desarmes, conforme a SofaScore. Placar final CSA-AL 1×1 Avaí.

NA HISTÓRIA
De acordo com o pesquisador e Presidente do Conselho Deliberativo do Avaí, Spyros Apóstolo Diamantaras, Avaí e CSA se enfrentaram seis vezes. Foram quatro empates, uma vitória do Avaí e uma vitória do CSA-AL. O Avaí marcou quatro gols e sofreu cinco gols.

Comentários Facebook
Continue lendo

ESPORTES

Fora de casa, Confiança vence Oeste e alcança 45 pontos

Publicado


Na noite de sábado (16), o Confiança venceu o Oeste por 1 a 0 na Arena Barueri. Com isso, o clube proletário é o 13º colocado e alcançou os 45 pontos, ficando ainda mais próximo de garantir a permanência.

O Dragão entrou em campo com um objetivo: a vitória. Aos 15 minutos, a bola sobrou com Bruno Paraíba, que dentro da área, chutou e o goleiro afastou. O clube azulino teve outra chance com Reis aos 26 minutos. O artilheiro carregou a bola, chutou de fora da área e o goleiro colocou para escanteio. Thiago Ennes levantou na área, aos 29 minutos, na medida para Guilherme Castilho cabecear e o goleiro afastou. No lance seguinte, Nirley aproveitou o lançamento de Guilherme Castilho e cabeceou para mais uma defesa do goleiro.

Aos 38 minutos, Reis recebeu passe, invadiu a área, limpou a jogada, chutou e o goleiro afastou. No minuto seguinte, o árbitro assinalou um pênalti a favor do Confiança. Na cobrança, o artilheiro mandou no canto direito, converteu e abriu o placar para o Dragão. Buscando mais, Guilherme Castilho cobrou falta direto para o gol, aos 46 minutos, e o goleiro defendeu.

No segundo tempo, em jogada ensaiada aos sete minutos, Guilherme Castilho cobrou falta rasteira e cruzada para Reis mandar para o gol, mas a bola saiu pelo lado esquerdo da trave. O artilheiro teve outra oportunidade no minuto seguinte, quando carregou a bola em velocidade e chutou da entrada da área, mas o goleiro pegou. Aos 25 minutos, Serginho cruzou pelo alto, Caíque cabeceou e a bola acertou o travessão.

Seis minutos depois, Djalma Silva cobrou lateral, Reis ajeitou de calcanhar, Caíque chutou com força e o goleiro afastou. O Dragão ainda teve mais duas boas oportunidades. A primeira aos 34 minutos, quando Reis marcou gol, mas o árbitro assinalou impedimento. No minuto seguinte, Djalma Silva chutou de fora da área e a bola acertou a rede do lado de fora. Fim de jogo: 1 a 0 para o clube azulino.

Leia mais:  Juventude vence o Cruzeiro e segue firme para voltar ao G4

O Confiança retorna para Aracaju e inicia a preparação para a partida contra o Sampaio Corrêa na próxima terça-feira (19), às 19h15, na Arena Batistão.

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana