conecte-se conosco


MATO GROSSO

Seduc planeja remodelar Cejas para aumentar locais de oferta de aulas e provas

Publicado


A Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) planeja remodelar o atendimento dos Centros Educacionais de Jovens e Adultos (Cejas) da rede estadual de ensino, para possibilitar que os alunos possam receber instrução em bairros mais próximos de casa. As provas online para certificação do ensino médio, que hoje são disponibilizadas para apenas 20 municípios, serão ampliadas para 32 cidades. A proposta deve ser apreciada pelo Conselho Estadual de Educação (CEE).

As 21 unidades do Ceja que o Estado possui serão reorganizadas para ofertarem suas atividades no período noturno, em escolas da rede de ensino que já estão em funcionamento apenas no período matutino e vespertino.

“Ao invés dos alunos terem atendimento em um único local, geralmente em região central da cidade, eles vão receber atendimento nos bairros. A assessoria pedagógica vai organizar para que eles fiquem mais próximos da casa deles. Alguns municípios vão sair de apenas uma unidade escolar, para até três escolas ofertando aulas para o público jovem e adulto”, explica o secretário de Estado de Educação, Alan Porto.

O objetivo é descentralizar e melhorar a oferta dos serviços, e otimizar a utilização de estruturas escolares já existentes em Mato Grosso para atender os alunos ativos que fazem parte do programa.

“Entendemos também a importância de fazer uma busca ativa de pessoas que fazem parte do público alvo do Ensino de Jovens e Adultos para que todos tenham acesso à oportunidade de concluir os seus estudos”, conta o secretário.

Com as mudanças, as provas online para a certificação do ensino médio para Jovens e Adultos (EJA) poderão ser feitas em 32 municípios, 12 a mais do que o número de cidades atendidas atualmente. Já o ensino para Jovens e Adultos deve ser estendido para atender aos 141 municípios de Mato Grosso, utilizando as escolas estaduais existentes.

Leia mais:  Corpo de Bombeiros recebe cão para auxiliar nas ocorrências de busca, resgate e salvamento
Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

MATO GROSSO

Governador Mauro Mendes decreta luto oficial pelo falecimento de Dom Bonifácio Piccinini

Publicado


O governador Mauro Mendes e a primeira-dama Virginia Mendes lamentaram o falecimento do arcebispo emérito de Cuiabá Dom Bonifácio Piccinini, na noite deste sábado (28.11).

“Recebemos a notícia com grande pesar. Perdemos hoje um homem que fez a diferença com suas ações e sua fé. Ele sempre foi um exemplo para todos nós”, afirmou o governador e a primeira-dama.

O governador decretou luto de 3 dias pelo falecimento do arcebisto, em homenagem a todo o trabalho realizado por ele, ao longo de 45 anos dedicados a Igreja Católica. 

O decreto será publicado na próxima edição do Diário Oficial do Estado.

O arcebispo tinha 91 anos e estava internado em uma unidade de terapia intensiva (UTI), no Hospital Estadual Santa Casa. Ele foi internado no dia 23, após uma oscilação da pressão.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Corpo de Bombeiros recebe cão para auxiliar nas ocorrências de busca, resgate e salvamento
Continue lendo

MATO GROSSO

Sábado (28): Mato Grosso registra 158.314 casos e 4.127 óbitos por Covid-19

Publicado


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (28.11), 158.314 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 4.127 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 230 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 158.314 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 2.524 estão em isolamento domiciliar e 151.194 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 129 internações em UTIs públicas e 136 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 32,01% para UTIs adulto e em 16% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (34.902), Rondonópolis (11.700), Várzea Grande (11.229), Sinop (8.294), Sorriso (6.759), Lucas do Rio Verde (6.158), Tangará da Serra (6.098), Primavera do Leste (5.268), Cáceres (3.623) e Nova Mutum (3.349).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 123.762 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 152 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na última sexta-feira (27), o Governo Federal confirmou o total de 6.238.350 casos da Covid-19 no Brasil e 171.974 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 6.204.220 casos da Covid-19 no Brasil e 171.460 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus. 

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados de sábado (28). 

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde. 

Leia mais:  Com simulação de conflitos reais, agentes se capacitam para operar no Sistema Socioeducativo

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana