conecte-se conosco


MATO GROSSO

Produtores recebem mudas de café clonal produzidas nos viveiros da Empaer

Publicado


Mais de 30 mil mudas de café clonal já foram entregues para agricultores familiares do município de Sinop (550 km ao Norte). As mudas estão sendo produzidas nos Centros de Pesquisa e Transferência de Tecnologia (CPTT) da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) dos municípios de Sinop e Cáceres, e no Campo Experimental de Tangará da Serra.

A previsão é repassar 200 mil mudas de café até o mês de fevereiro de 2021 para os produtores do Norte do Estado, Oeste e Baixada Cuiabana.

Essas mudas fazem parte do Programa Mato Grosso Produtivo-Café do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (Seaf) e a Empaer, com apoio das prefeituras. A implantação da produção de café clonal é uma  técnica desenvolvida pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) do Estado de Rondônia. 

O projeto tem como objetivo principal fomentar e fortalecer a cadeia produtiva do café no estado, como alternativa sustentável de geração de renda para conter o desmatamento nos municípios. 

O coordenador do CPTT de Sinop, Wanderley da Conceição Araújo, fala que a essa é primeira etapa da produção de mudas e a previsão é produzir 150 mil mudas. Até o momento já foram produzidas mais de 77 mil mudas de café clonal. Ele explica que as mudas estarão prontas para o plantio nos meses de fevereiro e março.

“Nesse período não pode faltar água, o controle com a irrigação tem que ser diário, o ambiente de crescimento da muda precisa ter em torno de 80% a 90% de umidade, condição ideal para o enraizamento e desenvolvimento das mudas”, esclarece.

A cafeicultura está sendo resgatada como uma alternativa sustentável e como fonte de renda para os agricultores familiares. De acordo com Wanderley, já foram entregues 30 mil mudas de café clonal para produtores cadastrados dos municípios de Sinop, Feliz Natal e Cláudia. Cada produtor recebeu 3.300 mudas para o plantio numa área de um hectare.

Leia mais:  Falha no pagamento de 4,3 mil contratados da Seduc é identificada; técnicos trabalham para corrigir

A maior exigência para o cultivo dessas mudas é a instalação de um sistema de irrigação na área com o plantio do café, mão-de-obra familiar na condução da lavoura e a assistência técnica realizada pelos extensionistas da Empaer.

O coordenador do Centro de Pesquisa de Cáceres, Marivaldo dos Reis Lima, fala que serão produzidas 65 mil mudas de café, sendo que 42 mil mudas serão repassadas para agricultores de oito municípios da Região Oeste e 23 mil mudas para os produtores do Vale do Rio Cuiabá. Ele destaca que essa é a primeira etapa da produção de mudas e que o viveiro tem capacidade para produzir 150 mil mudas.

Os viveiros estão cultivando cinco variedades de café clonal oriundas da Embrapa. Marivaldo relata que a produtividade média do café no Estado era em torno de até 20 sacas de café por hectare. Com o plantio do café clonal a expectativa é atingir uma produtividade de 100 sacas/hectare.

“O mais importante dessa tecnologia é que a muda de café pode ser cultivada em qualquer época do ano devido a utilização da irrigação para o cultivo”, explica.

Viveiro de Cáceres vai produzir 65 mil mudas

O supervisor do Campo Experimental de Tangará da Serra, Welington Procópio, comenta que serão produzidas 60 mil mudas para atender os agricultores de Nova Olímpia, Barra do Bugres, Porto Estrela e Diamantino. O excedente das mudas será distribuído para produtores interessados em realizar o cultivo de café clonal. Com o plantio, a expectativa é atingir uma produtividade superior a 100 sacas/hectare.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

MATO GROSSO

Mais de 500 profissionais vão reforçar segurança no segundo turno em Cuiabá

Publicado


Com o objetivo de garantir a tranquilidade na realização do segundo turno das Eleições Municipais 2020, em Cuiabá, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) empregará 520 profissionais, que atuarão no próximo domingo (29.11). Também serão colocadas à disposição 143 viaturas das forças estaduais, além de um helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

Neste pleito, que definirá o próximo prefeito da capital mato-grossense, 378.097 eleitores estão aptos a votar, distribuídos por 158 locais de votação. Com a realização das eleições apenas na cidade de Cuiabá, a expectativa é que a votação seja ainda mais tranquila que o primeiro turno, conforme ressalta o secretário adjunto de Integração Operacional da Sesp-MT, coronel PM Victor Fortes.

“Terá policiamento das forças estaduais nos locais de votação, para garantir que a pessoa exerça seu direito ao voto, e também serão feitas rondas ostensivas, tudo isso sem prejudicar o policiamento rotineiro e atendimento a outras ocorrências. A Polícia Federal ficará responsável pela apuração dos crimes eleitorais, além das demais forças que estarão a postos para atuar quando necessário”.

Do efetivo estadual empregado, 383 policiais e 115 viaturas são da Polícia Militar (PM-MT), 14 policiais e três viaturas são da Polícia Judiciária Civil (PJC-MT), 92 integrantes e 17 viaturas do Corpo de Bombeiros Militar (CBM-MT), e 31 profissionais e 8 viaturas são da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

O Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), localizado na Sesp-MT abrigará novamente o Grupo de Gestão Integrada (GGI), composto por membros da Secretaria, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) e da Polícia Federal (PF).

“As forças de segurança estarão novamente nas ruas para prevenir e reprimir crimes eleitorais e assegurar uma votação tranquila, e a participação da sociedade. A área de segurança está à disposição do TRE para o que for necessário”, afirma o secretário de Estado de Segurança, Alexandre Bustamante.

Leia mais:  Projeto premiado em edital de Literatura oferece oficina de teatro de sombras para professores

Apuração

O horário de votação será das 7h às 17 h. Importante destacar que o horário entre 7h e 10h é preferencial para pessoas acima de 60 anos. Neste ano, devido às precauções do enfrentamento à pandemia, o TRE definiu que a apuração dos votos será realizada na Casa da Democracia, com número reduzido de pessoas visando a não aglomeração de eleitores e candidatos.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

MATO GROSSO

Falha no pagamento de 4,3 mil contratados da Seduc é identificada; técnicos trabalham para corrigir

Publicado


As Secretarias de Estado de Educação (Seduc) e de Planejamento e Gestão (Seplag) identificaram uma falha no processamento da folha de pagamento. O fato não irá prejudicar o pagamento dos servidores públicos efetivos, pensionistas, aposentados e comissionados.

A falha técnica ocasionou o erro no lançamento do salário de cerca de 4,3 mil servidores contratados da Seduc.

Esses funcionários da Educação irão receber o equivalente a 66% do valor total do salário, no pagamento que será efetuado na tarde desta sexta-feira (27.11), após as 18h.

Os técnicos das duas secretarias trabalham nesse momento para corrigir a falha de comunicação que ocorreu entre os sistemas da Seduc e da Seplag. Contudo, já informaram que o problema será solucionado em uma folha complementar, que deverá ser quitada nos próximos dias.

As duas secretarias lamentam o ocorrido e se esforçam para resolver a situação o mais rápido possível e ressaltam que os demais servidores não sofrerão qualquer problema no recebimento do salário.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Atendimento na Desenvolve MT será suspenso nesta sexta-feira (27) no período da tarde
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana