conecte-se conosco


MATO GROSSO

Operação Abafa fiscaliza 17 propriedades e aplica R$ 4,2 milhões em multas na Região Amazônica

Publicado


A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) realizou mais uma etapa da Operação Abafa, em parceria com a Polícia Militar, entre os dias 3 e 13 de novembro, nas regiões de Peixoto de Azevedo, Marcelândia e União do Sul. Foram fiscalizadas 17 propriedades e aplicados R$ 4,2 milhões em multas.

Grande parte das infrações verificadas in loco está relacionada ao desmatamento a corte raso de vegetação nativa, objeto especial preservação consumado mediante uso do fogo. Também foram flagrados instalação de atividade pecuária sem licença e desmatamento em área embargada.

Outros danos verificados foram corte de espécie proibida, vegetação severamente danificado pelo fogo, uso de recursos hídricos sem licença ambiental e atividades agrícolas em área embargada.

A operação ocorreu em período que estava proibido o uso de fogo em áreas rurais para limpeza e manejo, levando em consideração o risco de incêndios florestais de grandes proporções. O decreto que estabelece o período proibitivo seguiu ativo até o dia 12 de novembro.

A Operação Abafa Amazônia foi lançada pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) e de Segurança Pública (Sesp-MT) no mês de agosto de 2019 com objetivo de combater crimes ambientais e incêndios.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Mais MT vai investir R$ 622,6 milhões na reforma, ampliação e compra de equipamentos de hospitais regionais
publicidade

MATO GROSSO

Secretário de Educação apresenta reordenamento escolar aos deputados estaduais

Publicado


O secretário de Estado de Educação, Alan Porto, esclareceu aos parlamentares estaduais o reordenamento escolar de Mato Grosso – realizado para melhorar as condições de infraestrutura escolar e qualidade da aprendizagem -, e a ampliação das metas de oferta de Educação para Jovens e Adultos (EJA) com a criação da Escola de Desenvolvimento Integral da Educação Básica (EDIEB).

A audiência ocorreu na manhã desta quarta-feira (25.11), na Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

Sobre a organização das unidades escolares, o secretário citou os boatos divulgados na mídia e na internet sobre fechamento de escolas, e afirmou que as mudanças serão feitas com base em apontamentos técnicos, exclusivamente para melhorar as condições de aprendizagem.

“Vamos deixar claro, ninguém está fechando escolas. Apresentei um redimensionamento de escolas que não têm condições físicas de existir”, afirma o secretário.

Ele completa: “Vamos fortalecer o regime de colaboração com os municípios, fazer manutenção nas escolas, melhorar as condições para que o estudante consiga ter acesso a uma estrutura digna, com climatização, com um Ideb maior”, argumenta.

O secretário afirmou que o governo tem planejado investimentos para melhorar a qualidade da educação. “Eu quero dizer que vai completar três semanas que estou à frente da Secretaria de Educação, e neste governo, e estamos com um pacote de investimentos para a climatização, construção de novas escolas, melhorias pedagógicas”, esclarece o secretário Alan Porto. 

Os esclarecimentos já haviam sido prestados a diversos setores educacionais, assessores pedagógicos dos polos educacionais do Estado, diretores dos Centro de Formação e Atualização dos Profissionais da Educação Básica (Cefapro), aos membros do Fórum Estadual de Educação (FEE), aos diretores do Sintep e aos deputados Henrique Lopes e Lúdio Cabral.

Leia mais:  Novas contratações da linha de crédito Fundeic estão suspensas temporariamente

“Vamos ter respeito com o dinheiro da sociedade, serão investidos R$ 442 milhões em infraestrutura e R$449,4 milhões na área pedagógica pelo programa Mais MT. As mudanças vão melhorar muito a vida da comunidade escolar. Me coloco à disposição de todos os parlamentares, professores, sindicatos, porque as mudanças necessárias serão feitas com diálogo”, pontua.

Várzea Grande

A Escola Hernandy Baracat, em Várzea Grande funciona em um prédio alugado que custa R$ 14 mil reais por mês. Estudos técnicos realizados pela Seduc, mostram que a unidade possui uma estrutura sucateada com problemas internos e externos.

Os alunos desta unidade serão destinados para outras duas escolas na mesma região, E. E. Dunga Rodrigues e E. E. Demétrio de Souza que possuem estruturas adequadas e já passam com por manutenção predial para oferecer uma melhor estrutura. 

Educação de Jovens e Adultos

Sobre a Educação de Jovens e Adultos, o secretário Alan Porto apresentou o planejamento de que a pasta irá ampliar o atendimento para todos os municípios, e os locais de provas de 20, para 31.

Os Centros de Formação e Atualização dos Profissionais da Educação Básica (Cefapros) se tornarão Escolas de Desenvolvimento Integral da Educação Básica (EDIEB). 

“Criamos uma coordenadoria de Jovens e Adultos na Seduc para enxergar e tratar com respeito esta questão. Temos 1,5 milhão de pessoas que não concluíram a educação básica”, diz o secretário.

Ele ressalta ainda que “a nossa política tem que ser direcionada para dar condições e oportunidade para esses jovens que precisam trabalhar, mas que precisam concluir a educação básica para terem melhores oportunidades”. 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

MATO GROSSO

Leilão para concessão de rodovias poderá ser acompanhado ao vivo pela imprensa

Publicado


O leilão de três lotes para concessão de rodovias à iniciativa privada poderá ser acompanhado ao vivo da sede da B3, a bolsa de valores oficial do Brasil, em São Paulo, nesta quinta-feira (26.11), a partir das 14 horas (horário de Brasília), pelo link tvb3.com.br. O governador Mauro Mendes participará da sessão.

Com proposta mínima estabelecida de aproximadamente R$ 6 bilhões ao todo, serão concedidos três lotes de estradas, compreendendo 512 km de trechos entre Primavera do Leste e Paranatinga, Jangada e Itanorte, e Tabaporã e Sinop, nas regiões Sudeste, Centro-Sul e Norte do estado.

Três empresas já apresentaram propostas de preço para concorrer no leilão. O contrato de concessão tem duração de 30 anos para cada trecho e os vencedores do leilão deverão executar serviços de conservação, recuperação, manutenção, implantação de melhorias e operação rodoviária.

Atendimento aos jornalistas

Os jornalistas poderão acompanhar o evento apenas pela internet (tvb3.com.br), para restringir ao máximo a circulação de pessoas no local. Após o encerramento da última sessão, haverá uma coletiva online para atender a imprensa.

Medidas de segurança

Os eventos realizados durante a pandemia da Covid-19 estão adaptados para garantir a segurança de todos, obedecendo às regulamentações estadual e municipal vigentes em São Paulo e as recomendações do Ministério da Saúde.

Dentre as medidas de segurança e seguindo as recomendações das autoridades de saúde, o uso de máscaras é obrigatório durante todo o evento. Além disso, os participantes deverão permanecer em locais previamente designados, com espaçamento de dois metros entre os assentos.

Serviço

Leilão de rodovias de Mato Grosso

Data e hora: quinta-feira (26.11), às 14h (horário de Brasília)

Local: tvb3.com.br

Fonte: GOV MT

Leia mais:  Mais MT vai investir R$ 622,6 milhões na reforma, ampliação e compra de equipamentos de hospitais regionais

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana