conecte-se conosco


ESPORTES

Internacional perde dois jogos seguidos após Coudet pedir demissão

Publicado


Mesmo entre alguns atritos e divergências, a decisão do técnico pegou todos no clube de surpresa – dos jogadores, aos dirigentes e até a sua comissão técnica pessoal. E deixou sem rumo o (agora ex) líder do Brasileirão, já sob o comando de Abel Braga.

O Inter amargou duas derrotas para América-MG e Santos. A mudança repentina agravou uma oscilação que já vinha de antes. O Colorado perdeu a liderança do Brasileirão, está em situação delicada na Copa do Brasil, e o desempenho em campo combinado com a troca de comando cria um cenário de desesperança no vestiário para o restante do ano.

Não foi a primeira vez que o argentino falou em deixar o clube. O treinador teve uma desavença mais séria com Caetano em Cáli, após o empate em 0 a 0 com o América, pela Libertadores. Os ânimos esquentaram, mas foram contidos. E a situação foi contornada.

Em outros tantos momentos, Coudet cobrava e condicionava sua permanência a reforços. Leonardo Sigali (zagueiro de 33 anos do Racing), Nacho Fernández e Franco Cervi eram alguns nomes pedidos com frequência. Mas o Inter não tinha (e não tem) condições financeiras para isso.

Em todas as vezes anteriores, ele acabou demovido da ideia. Desta vez, porém, não havia volta. A saída foi comunicada ao vice-presidente Alexandre Chaves Barcellos e ao executivo Rodrigo Caetano no vestiário do Beira-Rio.

Leia mais:  Confiança empata com Figueirense em 1 a 1

Os ânimos já acirrados esquentaram de vez quando Marcelo Medeiros entrou na sala. A decisão irrevogável deixou o presidente incrédulo. Tentou virar o jogo e não conseguiu. Irritado, o mandatário deixou o recinto. E o Inter, então líder do Brasileirão, perdia seu treinador.

2 de 4
Coudet surpreendeu até mesmo a sua comissão técnica com decisão de deixar o Inter — Foto: Ricardo Duarte/Divulgação, Inter

O abalo no elenco foi instantâneo. Os jogadores confiavam muito no trabalho do treinador para brigar por títulos. Algumas lideranças reprovaram a atitude, desgostosos com a forma com que Coudet tomou e comunicou a decisão.

Restava apenas definir o pagamento da multa rescisória. O Inter não abriria mão de receber o valor integral previsto em contrato, próximo a R$ 10 milhões. E assim foi feito.

Ainda na segunda-feira passada, a diretoria comunicava o pedido de demissão de Coudet, em pronunciamento de Medeiros. Horas mais tarde, já na terça-feira, o Inter anunciava o retorno de Abel Braga.

Mas a turbulência já estava feita. São dois jogos com duas derrotas, sem gols feitos: 1 a 0 para o América-MG no Beira-Rio, pela Copa do Brasil, e 2 a 0 para o Santos, na Vila Belmiro, no sábado, pelo Brasileirão.

O Inter tenta dar um passo para deixar a crise já nesta quarta-feira, às 21h30, quando enfrenta o Améria-MG no Independência pelo jogo da volta das quartas de final da Copa do Brasil.

4 de 4
— Foto: Infoesporte

 

COMENTE ABAIXO:

Comentários Facebook
publicidade

ESPORTES

Após treinos constantes, Internacional está preparado para enfrentar Boca Juniors

Publicado


A bola vai rolar para as oitavas de final da Copa Libertadores da América. Dois clubes gigantes do futebol sul-americano lado a lado no estádio Beira-Rio. Inter e Boca Juniors entram em campo nesta quarta-feira (02/12), às 21h30, no jogo de ida, valendo vaga na próxima fase da competição continental.

Depois do jogo ser adiado pela morte de Diego Maradona, ídolo do futebol mundial e torcedor ilustre da equipe argentina, as datas dos confrontos passaram para os dias 2 e 9 de dezembro. E para levar a vantagem para a Bombonera, o Colorado buscará a vitória em casa nesta quarta.

A preparação para a partida foi encerrada na tarde desta terça-feira (1º/12), no CT Parque Gigante. A comissão técnica do treinador Abel Braga comandou um trabalho tático com o provável time que entrará em campo contra o Boca. Para o duelo, Cuesta e Rodinei estão suspensos e ficam de fora, além dos machucados Moisés, Abel Hernández, Saravia, Boschilia e Guerrero. Já Edenilson, Caio Vidal e Matheus Jussa testaram positivo para a covid-19 e estão isolados das atividades.

Comentários Facebook
Leia mais:  Confiança empata com Figueirense em 1 a 1
Continue lendo

ESPORTES

Mais de 10 jogadores da base estrearam no profissional do Fluminense em 2020

Publicado


A base do Fluminense segue em alta em 2020. Com a entrada dos volantes Martinelli e de Nascimento no jogo contra o Red Bull Bragantino, o Tricolor chegou a 11 atletas formados em Xerém que estrearam no time principal neste ano sob o comando do técnico Odair Hellmann. Além deles, Caio Paulista, que fez a base no Flu, retornou ao clube este ano e também fez seu primeiro jogo pelo Time de Guerreiros.

Essa segunda-feira foi um dia muito especial na minha vida. Não tenho nem palavras para descrever esse momento. É um sonho estrear como profissional, ainda mais nesse clube. Sou muito grato a Xerém. Lá sempre sai muitos talentos, sempre revela grandes jogadores. Todo ano que passa sempre tem vários se destacando – disse Martinelli, um dos estreantes da noite.

 

Falei com o Martinelli e com o Nascimento para terem tranquilidade, confiança e personalidade. Aos poucos as coisas vão acontecer. Fiquei muito feliz de jogar ao lado do Martinelli, é o terceiro ano seguido jogando junto com ele. Tem muita qualidade, é uma grande pessoa. Falei que com o tempo ele vai ganhando ritmo, oportunidades e vai dar tudo certo – conta André.

O outro estreante da noite, Nascimento, entrou na etapa final, justamente no lugar de Martinelli. Para o volante, foi um sonho realizado jogar pelo Fluminense e no Maracanã. Além disso, ele se disse à vontade, principalmente por estar jogando com vários ex-companheiros de base.

+.

Além de Martinelli e Nascimento, Lucas Barcelos, Gabriel Capixaba, Matheus Pato, Calegari, Luiz Henrique, André, Wisney, Daniel e Christian também fizeram seu primeiro jogo pelo time principal do Fluminense. Outros atletas formados em Xerém têm sido relacionado para jogos ultimamente, mas ainda não entraram em campo, casos de Luan, Higor e Guilherme.

Leia mais:  Mesmo com derrota Santos avança nas quartas de finais da Libertadores

Atualmente o Fluminense conta com “Moleques de Xerém” de diversas gerações no seu time principal. Além dos já citados, fazem parte do elenco tricolor Marcos Felipe, Igor Julião, Digão, Frazan, Miguel, Wellington Silva, Caio Paulista e Marcos Paulo.

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana