conecte-se conosco


POLÍTICA NACIONAL

Eleições 2020: sem voto em trânsito, eleitor deve justificar ausência

Publicado


source

Agência Brasil

Em todo caso, a Justiça Eleitoral oferece diferentes caminhos para que o eleitor que não comparece a sua sessão de votação justifique sua ausência
Foto: Agência Brasil

Em todo caso, a Justiça Eleitoral oferece diferentes caminhos para que o eleitor que não comparece a sua sessão de votação justifique sua ausência

Nas disputas para prefeito e vereador, em que estão em jogo os interesses de quem de fato mora em cada cidade, as normas eleitorais não preveem nenhum tipo de dispensa da presença física do eleitor na localidade em que declara residir. Ou seja, nas eleições municipais não há voto em trânsito.

O voto em trânsito costuma ser lembrado como opção por quem, por motivos diversos, sabe que não vai conseguir comparecer a sua zona eleitoral no dia da votação. Essa modalidade de voto, contudo, somente está disponível nas eleições gerais, para presidente e governador, por exemplo.

Por essa razão, todos que estiverem fora de seu domicílio no dia das eleições municipais deste ano, seja no primeiro turno (15 de novembro) ou no segundo (29 de novembro), têm como única opção justificar sua ausência no prazo de até 60 dias.

Mesmo o brasileiro residente no exterior que consegue se inscrever para votar para presidente, em alguma das sessões montadas a cada quatro anos fora do país, de nenhuma maneira consegue participar das eleições municipais, sendo dispensado inclusive de se justificar.

Se morar fora do país, o eleitor precisa justificar ausência na eleição municipal somente se ainda estiver inscrito para votar em alguma sessão no Brasil. Isso ocorre, por exemplo, quando a pessoa esquece de transferir seu título para alguma zona eleitoral no exterior.

Leia mais:  "Chaga infame", diz Fachin sobre injúria racial ser imprescritível

Em todo caso, a Justiça Eleitoral oferece diferentes caminhos para que o eleitor que não comparece a sua sessão de votação justifique sua ausência. Vale lembrar que o procedimento deve ser realizado separadamente para cada turno da eleição.

Opções

No dia do próprio pleito, é possível justificar a ausência por meio do aplicativo e-Título. A funcionalidade estará disponível somente dentro do horário de votação, entre as 7h e as 17h, respeitado sempre o fuso horário de cada localidade onde ocorre a eleição.

Caso não consiga usar a ferramenta, o eleitor pode comparecer a uma mesa receptora de justificativa, se houver, ou a ir a qualquer sessão eleitoral munido de um documento oficial com foto, do número do título de eleitor e de um formulário específico preenchido, o qual pode ser encontrado no portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O eleitor que deixar para justificar sua ausência somente após a votação vai precisar fazer um Requerimento de Justificativa Eleitoral (RJE) dentro dos 60 dias previstos. O procedimento pode ser feito também no aplicativo e-Título ou pela internet, no sistema Justifica. Ambas as ferramentas permitem anexar documentos que comprovem a justificativa, como atestado médico ou comprovante de viagem.  

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA NACIONAL

Datafolha Rio: Paes diminui vantagem sobre Crivella: 55% a 23%

Publicado


source
Marcelo Crivella e Eduardo Paes
Reprodução/redes sociais

Marcelo Crivella e Eduardo Paes

O Datafolha divulgou nesta quinta-feira os novos percentuais de intenção de voto para a prefeitura do Rio de Janeiro (RJ) nas eleições 2020. Eduardo Paes (DEM) segue à frente com 55%, contra 23% de Marcelo Crivella (Republicanos).

Os indecisos foram de 5%, e os brancos ou nulos foram 18%. A pesquisa tem margem de erro de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

Em relação à ultima pesquisa Datafolha a vantagem do candidato do DEM caiu, apesar do crescimento de 1 ponto percentual: Eduardo Paes foi de 54% para 55%, enquanto Crivella subiu de 21% para 23%. 

A pesquisa de número de identificação na Justiça Eleitoral RJ-03404/2020 ouviu 1.148 eleitores da cidade do Rio de Janeiro entre os dias 24 e 25 de novembro.

Comentários Facebook
Leia mais:  Datafolha Rio: Paes diminui vantagem sobre Crivella: 55% a 23%
Continue lendo

POLÍTICA NACIONAL

A 3 dias das eleições, aliados de Covas distribuem cestas básicas na periferia

Publicado


source
Pessoas fizeram filas para receber cestas básicas de aliados do prefeito Bruno Covas (PSDB)
Reprodução/Twitter

Pessoas fizeram filas para receber cestas básicas de aliados do prefeito Bruno Covas (PSDB)

Um grupo de aliados ao prefeito Bruno Covas (PSDB), candidato à reeleição para a Prefeitura de São Paulo , distribuiu cestas básicas nesta quinta-feira (26) na região da Brasilândia, Zona Norte da capital paulista. A distribuição ocorreu a três dias do 2º turno das eleições. O tucano está na disputa com Guilherme Boulos (PSOL).

Em um vídeo que circula nas redes sociais, uma grande quantidade de pessoas se aglomera em fila na calçada da rua Raulino Galdino da Silva. Nas imagens é possível observar um carro com o número 45 no capo e pessoas fazendo panfletagem. Ao fundo toca um jingle de campanha de Covas.

Segundo informações da revista CartaCapital , o diretor zonal do PSDB na Brasilândia, Emilson Almeida da Silva, confirmou a distribuição das cestas básicas, mas disse que se tratava de uma ação social sem relação com a campanha tucana.

“Um rapaz que veio aqui, que acho que é da comunidade próxima, parou com o carro aqui de campanha com o negócio ligado. Aí nós mandamos desligar. Não tem nada a ver com campanha, a entidade existe há mais de 20 anos”, afirmou.

Leia mais:  A 3 dias das eleições, aliados de Covas distribuem cestas básicas na periferia

Procurada pelo iG , a campanha de Covas disse que “não distribui cestas básicas”. “É inadmissível que, há três dias das eleições, este tipo de conduta esteja sendo compartilhada. Apesar dos ataques e das Fake News, vamos manter a nossa postura de mostrar aos eleitores o que fizemos nos últimos anos à frente da prefeitura da capital e o que vamos realizar nos próximos 4 anos”, diz a nota.

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana