conecte-se conosco


MATO GROSSO

Direção da Seduc esclarece retorno às aulas; entenda

Publicado


A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) esclareceu à diretoria do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público (Sintep) dúvidas relativas ao retorno das aulas na rede estadual de educação, durante 3 horas e meia, na tarde desta quarta-feira (18.11). A reunião foi no formato presencial e online, com 11 membros do sindicato de todo Mato Grosso participando por videoconferência.

Foram explanadas questões sobre protocolos de biossegurança e pedagógicos para preparar técnicos, professores, escolas e alunos e recursos financeiros para iniciar o ano letivo 2020/2021 em 1º de fevereiro. A carga horária total no ano será de 1.120 horas para recuperar conteúdo de aprendizagem deste ano e manter as 800 horas e 207 dias do ano escolar do ano que vem.

“Estamos estudando com a equipe da Secretaria de Saúde (SES) e técnicos especialistas a melhor maneira para proteger nossos alunos, professores e todos os profissionais da educação no Estado no nosso retorno às aulas”, explica o secretário Alan Porto.

A Seduc esclarece que já iniciou o diálogo com os municípios para adequar o transporte escolar às normas de biossegurança. “Teremos protocolo para trabalhar no transporte escolar, em conjunto com práticas recomendadas dos profissionais da saúde”, reforça.

O secretário ressaltou ainda que o planejamento é garantir que as escolas tenham o recurso para compra de materiais e siga rigorosamente os protocolos sanitários para retorno das aulas. Ele citou ainda a aplicação de tecnologias dentro das escolas para melhorar a qualidade do ensino.

Além destes temas, foram debatidos e explicados também questões relativas à aprendizagem e tecnologia, atribuição de professores e apoio técnico, sistema estruturado de ensino como solução pedagógica, formação continuada de professores e avaliação permanente de educadores e da aprendizagem.

Leia mais:  Sábado (5): Mato Grosso registra 162.186 casos e 4.186 óbitos por Covid-19

Também foi garantido o chamamento de 342 professores do cadastro de reserva ainda em 2020.

Agenda positiva

O sindicato compartilha da preocupação da Seduc de que o retorno tem que ser seguro para os profissionais, alunos, e toda a comunidade escolar. “O planejamento é importante, ele norteia a retomada. Uma hora as aulas terão que ser retomadas, no entanto, estamos falando de uma doença que a cada semana a gente não sabe como será o comportamento”, pontua o presidente do Sindicado dos trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT).

Sobre a importância do diálogo com os gestores da educação estadual, Valdeir Pereira avalia que a agenda foi positiva. 

“É importante que nós, nessas agendas permanentes, possamos ter as discussões e os encaminhamentos propositivos por parte da secretaria de estado de educação, para que o profissional que está lá na ponta, e o cidadão que depende da escola pública, possam ter a garantia de que o estado chegará lá na ponta”, explica.

Sistema de ensino e tecnologia

Na ocasião, o secretário apresentou aos sindicalistas o sistema estruturado de ensino, que será uma solução pedagógica, que inclui material apostilado de excelência para melhorar a aprendizagem dos alunos; a plataforma digital de ensino; e a formação continuada dos professores de acordo com as necessidades das escolas; e o sistema de avaliação permanente dos estudantes.

Ainda como estratégias e recursos a serem adotados na área pedagógica, haverá o fortalecimento da aprendizagem, com suporte tecnológico como vídeo aulas, suporte da TV Assembleia para levar as aulas do Pré-Enem Digital Gold, Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), Google for Education, e a aquisição de chromebooks – computador portátil específico para a educação.

Participaram da reunião o deputado estadual Henrique Lopes; o secretário Executivo da Seduc Amauri Monge Fernandes; a secretária adjunta de Gestão Educacional, Irene de Souza Costa; e a adjunta de Gestão de Pessoas, Daniela Sampaio.

Leia mais:  PM apreende 130 kg de cocaína e fecha depósito de droga de organização criminosa; prejuízo de R$ 5 milhões aos criminosos
Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

MATO GROSSO

Sábado (5): Mato Grosso registra 162.186 casos e 4.186 óbitos por Covid-19

Publicado


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (05.12), 162.186 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 4.186 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 385 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 162.186 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 3.080 estão em isolamento domiciliar e 154.411 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 137 internações em UTIs públicas e 142 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 34% para UTIs adulto e em 16% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (36.157), Rondonópolis (12.078), Várzea Grande (11.508), Sinop (8.490), Sorriso (6.998), Lucas do Rio Verde (6.360), Tangará da Serra (6.255), Primavera do Leste (5.347), Cáceres (3.627) e Nova Mutum (3.469).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 127.926 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 533 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na última sexta-feira (04.12), o Governo Federal confirmou o total de 6.533.968 casos da Covid-19 no Brasil e 175.964 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 6.487.0840 casos da Covid-19 no Brasil e 175.270 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados de sábado (05.12).

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

Leia mais:  Operação Integrada resulta em três prisões em flagrante e 11 mandados de busca e apreensão de drogas

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

MATO GROSSO

Região de Alta Floresta lidera topo da lista de redução de homicídios

Publicado


A Região Integrada de Segurança Pública (Risp), que tem como cidade polo o município de Alta Floresta (a 728 km ao Norte de Cuiabá) se destacou entre as outras 14 região de Mato Grosso na redução do número de homicídios. Os dados foram medidos, em percentual por 100 mil habitantes, entre janeiro a dezembro de 2019, em comparação com o mesmo período de 2018. O número de mortes saiu de 48 ocorrências para 28.

Seguindo a tendência de quedas nos índices criminais, o município também registrou redução de 53% no número de roubos. As informações que creditam os números alcançados são referentes aos Boletins de Ocorrências (BO) registrados. Os dados são da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), por meio da Superintendência do Observatório de Segurança, vinculada à Adjunta de Inteligência.

Como medida de reconhecimento pelos esforços dos profissionais de segurança, o governador de Mato Grosso, Mauro Mendes, instituiu, por meio do Decreto 565, de 15 de julho deste ano, a medalha “Mérito de Segurança Pública”, destinada a reconhecer pessoas, físicas ou jurídicas, nacionais e estrangeiras, que, no desempenho de suas funções, tenham se destacado para o crescimento e fortalecimento da Segurança Pública do Estado de Mato Grosso.

Compõem a Risp de Alta Floresta, os municípios de Apiacás, Carlinda, Paranaíta, Nova Canaã do Norte, Colider, Nova Bandeirantes e Nova Monte Verde. Na manhã desta sexta-feira (04.12), o secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, e demais lideranças das forças policiais estiveram em uma solenidade, na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Alta Floresta, para a entregar a honraria a 47 profissionais.

“Esta medalha está sendo entregue em reconhecimento pelo trabalho de 2019. Neste período, a regional foi a que mais reduziu o número de homicídios no estado de Mato Grosso e foi a segunda que melhor apresentou desempenho na redução de roubos, ou seja, é uma equipe integrada, é uma equipe qualificada com bons comandantes. A sociedade também merece a medalha porque ela também participa, ela também ajuda e não se faz segurança pública sem a participação social”, enfatizou o secretário.

Leia mais:  Secretário de Estado de Educação testa positivo para Covid-19 e está em isolamento

À frente da regional da Polícia Judiciária Civil (PJC-MT), a delegada Ana Paula Reveles, que também recebeu a medalha, disse que a honraria é resultado da integração das forças policiais, mas também pelo empenho de cada servidor.

“Temos feito várias operações em conjunto com a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar. E os policiais, mesmo diante das dificuldades que enfrentam, sobretudo porque a  nossa região é mais longínqua e tem muitas particularidades que dificultam o desempenho das atribuições, mesmo com todas essas adversidades, os policiais realizaram um excelente trabalho, se dedicaram com muito empenho, atenderam com esmero a sociedade e dignificaram e honraram as instituições às quais pertencem”, frisou.

Já o comandante regional da Polícia Militar, tenente-coronel PM Adenilson de Arruda, citou que o reconhecimento é impulso para aprimorar ainda mais os resultados. “Somos uma região grande em espaço demográfico, mas pequeno no número de servidores. E hoje demonstramos o quão abnegados somos na nossa função. O trabalho é intenso, mas seguimos com o apoio da sociedade e da imprensa, que tem divulgado o nosso trabalho”.

Representando o Corpo de Bombeiros Militar (CBM-MT) da região, o subcomandante major BM Evandro Dias de Souza, disse que o momento é histórico e toda a corporação está de parabéns pelo trabalho. “É com imensa satisfação que nós recebemos esse resultado positivo da segurança pública. Mesmo com as dificuldades que nós temos na nossa região, o trabalho humano é sempre feito com empenho e dedicação para que possa sanar todas as ocorrências da melhor maneira possível. Vamos tentar levar ainda mais alto o nome da Risp de Alta Floresta”, declarou.

Na oportunidade da visita ao município, o secretário esteve nas sedes da Polícia Militar (PM), Polícia Judiciária Civil (PJC), Corpo de Bombeiros Militar (CBM) e Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

Leia mais:  Sábado (5): Mato Grosso registra 162.186 casos e 4.186 óbitos por Covid-19

Em Sinop

Também nesta sexta-feira, o secretário da Sesp e gestores das demais unidades das forças de segurança visitaram o município de Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá). Um encontro entre as lideranças locais foi realizado na Câmara de Vereadores do município. Ao todo, oito profissionais foram homenageados.

A cidade de Sinop foi o terceiro município com a maior redução em roubo e atingiu o percentual de 44% em queda nesta modalidade criminal.

“Quero agradecer a inciativa da Secretária de Segurança Pública, que está realmente homenageando, privilegiando, reconhecendo o trabalho daqueles profissionais que estão na linha de frente no dia a dia, no enfrentamento direto da criminalidade, é extremamente importante esse reconhecimento porque nos motiva”, declarou o comandante regional da Polícia Militar, coronel PM Wesney de Castro Sodré.

Para o delegado do setor de homicídios, Braulio Junqueira, a horaria recebida é um incentivo a mais. “Mostramos aqui que com trabalho, o resultado aparece. Tivemos diminuições significativa nos índices, mas o trabalho não para, vamos continuar”.

Com a medalha em posição de destaque no uniforme, o sargento BM do 4º Batalhão, Washington Vincent Claro Haddad, falou da alegria de ser um dos homenageados.

“Gostaria de agradecer o de ser agraciado com a medalha e informar para toda a população de Sinop que o Corpo de Bombeiros Militar trabalha no período de 24 horas, diuturnamente, de segunda a segunda, para passar o máximo de segurança para a sociedade sinopense”, enfatizou.

Além do secretário da Sesp, Alexandre Bustamante e do secretário adjunto de Integração Operacional, coronel PM Victor Fortes, participaram da visita aos municípios o comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar, coronel BM Alessandro Borges Ferreira; o diretor da Politec, Rubens Okada; e o delegado Joaquim Leitão Júnior.

Leia mais:  MT Ciências levará conhecimento científico à população durante expedição Araguaia Cidadão

Nas próximas semanas, os profissionais dos municípios de Primavera do Leste, Pontes e Lacerda e Água Boa também serão homenageados.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana