conecte-se conosco


MATO GROSSO

Terça-feira (13): Mato Grosso registra 132.949 casos e 3.660 óbitos por Covid-19

Publicado


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta terça-feira (13.10), 132.949 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 3.660 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 733 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 132.949 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 14.900 estão em isolamento domiciliar e 113.777 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 217 internações em UTIs públicas e 216 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 54,25% para UTIs adulto e em 25% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (26.119), Várzea Grande (9.556), Rondonópolis (9.552), Sinop (5.994), Sorriso (5.966), Lucas do Rio Verde (5.772), Tangará da Serra (5.343), Primavera do Leste (4.537), Cáceres (3.232) e Campo Novo do Parecis (2.821).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 107.412 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 218 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na última segunda-feira (12), o Governo Federal confirmou o total de 5.103.408 casos da Covid-19 no Brasil e 150.689 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 150.488 óbitos e 5.094.979 confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados de terça-feira (13).

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

Leia mais:  Ciman atende 24.715 ocorrências no combate aos incêndios florestais em Mato Grosso

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

MATO GROSSO

Ciman atende 24.715 ocorrências no combate aos incêndios florestais em Mato Grosso

Publicado


O Centro Integrado Multiagências de Coordenação Operacional (Ciman) realizou 24.715 atendimentos no período entre os dias 1º de julho (data do início do período proibitivo de queimadas) e 27 de outubro. Dentre as ocorrências atendidas pelas diversas agências que compõe o CIman, se destacam 1.325 incêncios em propriedades rurais, 1.293 rondas ostensivas rurais e 337 orientações.

De acordo com dados do Centro, foram registrados 12.447 focos de calor no Pantanal, 19.271 na Amazônia e 13.292 no Cerrado. Os números mostram que 7,4% dos focos de calor foram registrados nas 108 Unidades de Conservação presentes no Estado, enquanto 73,9% dos focos incidiram em propriedades rurais.

O Ciman está presente nos sete Comandos Regionais do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso por meio das salas descentralizadas. O Centro Integrado permanece ativo e realizando o monitoramento e mapeamento das áreas comprometidas, para traças as melhores estratégias.

Para o coordenador-geral do Ciman, tenente-coronel BM Dércio Santos da Silva, “apesar do aumento da umidade relativa do ar, a diminuição das temperaturas e a consequente diminuição do focos de calor em todo território matogrossense, a ordem expressa do governador do estado é manter o geomonitoramento e condições operacionais de resposta. E que devido a estratégia de descentralização de gestão, aliadas a capacitação técnica, prontidão de equipes temporárias de resposta e integração, foram determinantes para o desenvolvimento do sistema de proteção e preservação do meio ambiente”. 

O período proibitivo no Estado de Mato Grosso em 2020 foi antecipado pelo Governo do Estado, devido a fatores climáticos. O Ciman-MT, instituído em 21 de julho pôde integrar as diversas agências afins no enfrentamento aos incêndios florestais, sob a coordenação do Corpo de Bombeiros.

Fonte: GOV MT

Leia mais:  Ciman atende 24.715 ocorrências no combate aos incêndios florestais em Mato Grosso

Comentários Facebook
Continue lendo

MATO GROSSO

Vítima de golpe procura PM e entrega R$ 1 mil em notas falsas

Publicado


Policiais militares do 14º BPM de Primavera do Leste (a 231 km de Cuiabá) apreenderam nesta quarta-feira (28.10), dez notas de R$ 100 falsificadas.

A vítima, um homem, disse aos agentes que vendeu um aparelho celular no valor de R$ 1.650,00. O comprador teria efetuado o pagamento de R$ 350 em forma de débito e R$ 1,3 mil em dinheiro. Desse dinheiro, ele teria usado R$ 1 mil no pagamento junto a uma conhecida.

Quando essa pessoa realizou o depósito do dinheiro em uma agência bancária foi informada que as notas seriam falsas. Devido a situação, a primeira vítima procurou os policiais para fazer a entrega do dinheiro falso e registrar a ocorrência.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Agendamento para o censo previdenciário começa no dia 1º de dezembro
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana