conecte-se conosco


VÁRZEA GRANDE

Procon/VG inicia entrega de Kits que orienta alunos da Rede de Ensino sobre consumo consciente

Publicado


16/10/2020    0

O mês em que é comemorado o Dia das Crianças, o Procon/VG apresenta a mascote “Dandara” – personagem que irá personificar o órgão de defesa do consumidor nas ações pela cidade. Voltado aos alunos de escolas municipais de Várzea Grande, a ideia é aproximar o Procon/VG do público infantil tornando a questão das relações de consumo um aprendizado continuado. As ações terão suas atividades intensificadas até 10 de novembro com apresentação de teatro e entrega de kits lúdicos pedagógicos.   A abertura do projeto foi realizada na Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Abdala José de Almeida, nesta quinta-feira (15).

A coordenadora do Procon/VG, Carolina Barbosa, disse que Dandara é o mascote do Procon da cidade e que vai até as escolas para conversar com as crianças e esclarecer dúvidas sobre Direitos e Deveres do Consumidor. Com a mascote Dandara, o órgão conseguirá se aproximar de um público que hoje não recebe orientação sobre o consumo.

Com as atividades remotas, em decorrência da Pandemia, o Procon/VG faz a entrega simbólica as unidades escolares, com um grupo pequeno de alunos, e os professores se encarregam de fazer chegar os Kits nas mãos dos alunos, junto com as atividades escolares que são distribuídas aos pais, e o tema fará parte das aulas remotas.

A escolha do nome Dandara se deu em decorrência de ser uma guerreira, que neste caso, luta em prol dos direitos dos consumidores. “Com a mascote onde as crianças verem Dandara vão associar ao Procon/VG. Já o critério de escolha foi por conta dos traços étnicos e mistura de raças de negros, índios , caboclos que predominam na cidade, no caso a Dandara a etnia negra. É uma das características também dos cidadãos do município”.

Leia mais:  Semana do Lixo Zero em Várzea Grande terá Dia D de coleta de óleo usado em 13 escolas municipais

“A ideia é tornar essa questão mais próxima da realidade dos pequenos. Crescer sabendo não só seus direitos e deveres, mas que a má administração do dinheiro e o consumo indiscriminado trazem consequências que comprometem a saúde financeira da sua família e que acaba afetando diversos outros fatores da vida”, explica a coordenadora.

Todas 84 unidades escolares receberão 30 mil kits para os estudantes. “No primeiro contato é apresentada a mascote do órgão para um grupo de alunos, posteriormente apresentamos uma peça sobre direitos e deveres dos cidadãos pela equipe técnica. A entrega presencial dos kits ocorre apenas nas unidades que tem teatro, pois em decorrência da pandemia as aulas estão suspensas temporariamente. Em observância aos protocolos de saúde pública, a entrega para os alunos será na sua própria residência pelos profissionais da educação”, destaca Carolina.

Vale destacar que na revistinha animada, retrata a divertida ida da personagem ao supermercado. Além de divertida, também é informativa e responde às questões da Dandara. Ela e a mãe estarão repletas de dúvidas sobre direitos e deveres, mas no decorrer da história, isso mudará com conhecimento adquirido.

“Essa é uma iniciativa destinada ao público infanto-juvenil que visa ser um instrumento de construção e cidadania, possibilitando a sensibilização dos consumidores. É uma oportunidade de começar cedo e entender direitos e deveres, tudo baseado no Código de Defesa do Consumidor (CDC)”, enfatiza Carolina.

O PROJETO – O projeto criado pelo órgão de defesa do consumidor visa educar as crianças para um consumo consciente. Com a ação, o Procon visa criar mecanismos que ensinem as crianças desde cedo a usarem o dinheiro de forma sadia, evitando o consumismo desenfreado e o super endividamento. Para tanto, o órgão conta com o apoio de sua mascote, a Dandara do Procon.

Leia mais:  Lucimar autoriza obras de nova Estação de Tratamento de Água no Grande Cristo Rei

DANDARA – Foi esposa de Zumbi dos Palmares, o último dos líderes do Quilombo dos Palmares, o maior dos quilombos do período colonial brasileiro. Dandara era uma guerreira negra que lutava ao lado de homens e mulheres nas muitas batalhas geradas por ataques ao quilombo. Dandara foi decisiva para ascensão e manutenção da liderança de Zumbi.

O KIT – É composto por uma revistinha com tema: Descobrindo Direitos e Deveres do Consumidor com a Turma da Dandara; giz de cera; bloco de notas; agenda permanente e uma sacola.

 

Por: Cláudia Joséh – Secom/VG

Comentários Facebook
publicidade

VÁRZEA GRANDE

Lucimar autoriza obras de nova Estação de Tratamento de Água no Grande Cristo Rei

Publicado


28/10/2020    10

Com recursos próprios do Tesouro Municipal, Várzea Grande lançou oficialmente as obras da Estação de Tratamento e Distribuição de Água – ETA Grande Cristo Rei, a um custo de R$ 23,6 milhões e que reforçará com 26 milhões de litros por dia ou 780 milhões de litros de água por mês o abastecimento de 120 mil moradores de 72 bairros do Grande Cristo Rei envolvendo ainda o Parque do Lago, Jardim Maringá, Alameda, Ponte Nova entre outros.

As obras que serão executadas pelo Consórcio Cristo Rei – CTW SPE LTDA, formado pelas empresas Cápua e Tecwater que venceram a Concorrência Nacional realizada e que optou pelo menor preço e mais qualidade dos serviços a serem prestados.

Com a entrada em funcionamento da quarta ETA de Várzea Grande, as outras três, da Avenida Júlio Campos; Ulisses Pompeo e do Distrito de Passagem da Conceição, utilizarão suas captações e tratamento para reforçar a distribuição de todas as demais regiões e distritos da cidade.Segundo a Organização Mundial da Saúde (0MS), cada pessoa necessita até 110 litros de água por dia para consumo e higiene.

“Com todas as unidades em pleno funcionamento teremos entre 83 milhões até 87 milhões de litros de água disponível, por dia, para atender a demanda da população e das empresas e indústrias. Levando-se em consideração a média de 100 litros por dia para cada um dos 287 mil habitantes de Várzea Grande, estaríamos falando em 28,7 milhões de litros dia, portanto, teremos para cada morador daqui, três vezes o volume considerado ideal pelas autoridades de saúde, portanto, um salto de qualidade”, ponderou a prefeita Lucimar Sacre de Campos ao assinar a ordem de serviços para inicio das obras da ETA Grande Cristo Rei que estarão prontas no primeiro trimestre de 2021 e permitirão que em 2021 haja regularidade no atendimento com água e sem racionamento, mesmo com dificuldades como o período de estiagem.

Leia mais:  Semana do Lixo Zero em Várzea Grande terá Dia D de coleta de óleo usado em 13 escolas municipais

A prefeita Lucimar Campos disse que o problema de água de Várzea Grande é antigo, e na sua gestão não tem medido esforços para solucionar de vez o mesmo.

“Somente esta obra que autorizei o início das obras vai garantir o atendimento a toda a região do Grande Cristo Rei e adjacências, além da melhora no abastecimento de outras regiões”, disse a prefeita.

Os 120 mil moradores da região do Grande Cristo Rei que serão beneficiados com a nova ETA, atualmente são abastecidos com água captada, tratada e distribuída pelas outras duas ETAs das Avenidas Júlio Campos e Ulisses Pompeo, que a partir do funcionamento desta nova unidade terão seus volumes que são de 300 litros/por segundo ou 26 milhões de litros por dia destinados para atender as demais regiões bairros e consumidores de Várzea Grande, um ganho estimado em 35% de melhora.  

“Nosso compromisso é deixar encaminhada a solução para este problema de forma definitiva e planejar o futuro, pois a cidade cresce, sua população aumenta e temos problemas que precisam ser resolvidos como os devidos e a inadimplência”, disse a prefeita Lucimar Sacre de Campos.

A prefeita fez questão de afirmar que estas obras estão sendo possíveis pelo prestígio resgatado junto às instituições financeiras que acreditam na nossa Gestão “Estão em conta corrente, para início das obras R$ 14 milhões e conforme o andamento da obra novos recursos próprios serão aportados para atender a demanda. Tudo que fazemos é na mais absoluta transparência dos nossos atos administrativos e o bom trato dos recursos públicos”, salientou Lucimar Sacre de Campos.

Segundo o responsável pela empresa, uma das consorciadas, Tecwater, Alessandro Carrara Teixeira, o Consórcio Cristo Rei venceu a Concorrência Pública de nº11/2020, para executar a obra  em um prazo de 150 dias (5 meses),  e compreenderá a  instalação da ETA, aquisição, comissionamento e operação assistida, visando o abastecimento público como parte integrante do Sistema do Grande Cristo Rei, incluindo elevatórias, (captação), de água bruta e estação de tratamento utilizando membranas da ultrafiltração, com capacidade de produção de 300 litros por segundo em regime de ‘Turnkey’ (Entrega de Chaves ou Chaves na Mão que é a obrigatoriedade de se entregar o que foi contratado pela concorrência pública) e oferecendo um trabalho de qualidade e rapidez, para uso imediato após termino da obra.

Leia mais:  Membros do Conselho de Recursos Fiscais da Gestão Fazendária tomam posse 

O senador Jayme Campos, apontou que a tecnologia a ser aplicada na ETA a ser construída está entre as mais modernas e permitirá que futuramente essa mesma estação possa ser ampliada de forma eficiente e com resultados.

Ele lembrou o histórico administrativo do DAE/VG criado na década de 70 quando surgiram as primeiras unidades de captação e abastecimento e os avanços que foram executados ao longo dos anos, nas gestões do seu grupo político, tanto dele enquanto prefeito e governador, como de Júlio Campos também como prefeito e governador de Mato Grosso.

A prefeita Lucimar Campos buscou meios de viabilizar o DAE e acompanhar o crescimento da população, modernizando, implantando ETAs, perfurando poços artesianos, mudando e modernizando a canalização da Rede de Captação e Distribuição de Água.

Ele pontuou que o estrangulamento do sistema é decorrente da falta de investimentos aliados ao crescimento populacional, ponderando que se faz necessário investir recursos e obras para fazer frente a necessidade.

“É com muito orgulho que participo deste momento histórico da cidade, a instalação de mais uma Estação de Tratamento de Água no município, obras esta que quando ficar pronta vai permitir, levar mais água as pessoas de forma regular, sem interrupção de dias e sem estiagem. A Rede que abastece esta região, irá ser desligada quando a obra ficar pronta e também resolvendo problemas de dezenas de bairros”, explicou ele.

Jayme Campos pontuou que assim como o Mundo e o Brasil, a pandemia deixou as pessoas mais tempo em casa, aumentando o consumo de água, luz, alimentos entre outros gêneros e somados a isto, tivemos a maior estiagem com mais de 135 dias sem chuvas o que reduziu a capacidade de atendimento dos consumidores.

“Se aliarmos estes problemas com os desvios e com a inadimplência temos milhares de pessoas prejudicadas, mas isto vai mudar”, assegurou o senador que disse trabalhar para que recursos federais sejam alocados para atender novas incursões e obras no setor.

Leia mais:  Lucimar autoriza obras de nova Estação de Tratamento de Água no Grande Cristo Rei

O diretor-presidente do DAE/VG, Ricardo Azevedo Araújo, pontuou que muito se avançou desde que a prefeita Lucimar Campos assumiu a gestão em Várzea Grande, mas todo este avanço foi pouco diante da necessidade que existia represada pela falta de investimentos do passado.

“Nesta atual gestão houve esforços no sentido de modernizar o órgão, com as reformas que ocorreram nas Estações de Tratamento de Água, reformas no sistema de abastecimento, troca de equipamentos necessários como bombeadores, floculação, além da padronização e extensão na rede domiciliar de água de toda a cidade, reforma e modernização na ETA da Júlio Campos, instalação de bomba de recalque (Booster) na Mario Andreazza, instalação de novas ETAs e perfuração de poços artesianos. São inúmeros trabalhos que somados, transformaram o DAE em novo órgão, mais ainda insuficientes para fazer frente as necessidades, mas com medidas certas , as que estamos adotando aos poucos vão se saneando”, disse.

 

Por: Da Redação – Secom/VG

Comentários Facebook
Continue lendo

VÁRZEA GRANDE

Lucimar antecipa salário de outubro e autoriza aumento para professores

Publicado


27/10/2020    11

Em respeito a todos os servidores públicos que comemoram seu dia nesta quarta-feira, 28 de outubro, a prefeita Lucimar Sacre de Campos, anunciou o pagamento dos salários do mês de outubro na data de hoje, 27, e o envio para a Câmara Municipal de Projeto de Lei assegurando  a correção salarial de 12,89% para os professores da Rede Pública Municipal, concursados e contratados como determina o piso nacional do magistério.

A folha de pagamento importa na ordem de R$ 31,7 milhões com os salários e encargos sociais e atende a 8 mil servidores da Prefeitura Municipal, da Previdência Social de Várzea Grande (PREVIVAG) e do Departamento de Água e Esgoto (DAE/VG).

“Os servidores públicos sempre foram parceiros da Administração Municipal e prestam serviços em todas as áreas educação, saúde, social, obras entre outras e atendem aos cidadãos que são nossos patrões”, disse a prefeita Lucimar Sacre de Campos assim que terminou sua reunião com a equipe econômica definindo a antecipação dos salários para hoje.

Lucimar Sacre de Campos anunciou que foi construído um entendimento com a Câmara Municipal, através do seu presidente Fábio Tardin, para que um novo Projeto de Lei fosse encaminhado para recompor os salários dos professores da Rede Pública Municipal.

Segundo a Legislação Federal o Piso Salarial é para os professores efetivos, mas Várzea Grande ampliou também para os professores contratados.

“Encaminhamos um projeto de Lei no início deste ano, mas uma emenda parlamentar, acabou tornando o mesmo inconstitucional, o que acabou sendo confirmado pelo Poder Judiciário, mas para demonstrar que nosso interesse é atender a categoria dos professores, nós estamos remetendo um novo projeto de lei, já que o anterior se tornou ilegal, e vamos pagar o referido aumento salarial que corresponde ao Piso Nacional dos professores retroativo a março deste ano”, explicou a prefeita Lucimar Sacre de Campos.

Leia mais:  Lucimar antecipa salário de outubro e autoriza aumento para professores

O presidente da Câmara Municipal, Fábio Tardin, lembrou que os vereadores emendaram o Projeto de Lei inicial e isto acabou tornando o Projeto de Lei inconstitucional, mas conforme preceitua a legislação e utilizando de bom senso, a prefeita Lucimar Sacre de Campos e nós construímos um entendimento que irá permitir que seja assegurado aos professores o referido aumento salarial.

A prefeita reafirmou ainda que o calendário salarial anunciado no inicio do ano será rigorosamente cumprido e que ainda neste ano de 2020, mais de R$ 128 milhões em salários e encargos sociais serão quitados para circular na economia e permitir que o comércio e a indústria, assim como os servidores públicos, possam planejar seu final de ano.

 

Por: Da Redação – Secom/VG

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana