conecte-se conosco


POLICIAL

Polícia Civil prende mulher em flagrante por maus tratos contra filha de um e nove meses

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Uma mulher suspeita de maus tratos contra a filha de apenas um ano e nove meses foi presa em flagrante pela Polícia Civil, na manhã desta quinta-feira (15.10), no município de Ribeirão Cascalheira (900 km a leste de Cuiabá). A suspeita de 27 anos foi autuada pelos crimes de maus tratos qualificado e lesão corporal no âmbito da violência doméstica e também será investigada por possível tortura contra a criança.

A prisão ocorreu após o Conselho Tutelar acionar a equipe da Polícia Civil informando sobre um vídeo que mostrava a mulher agredindo a filha com uma vara e em seguida esfregando uma fralda suja no rosto da criança. Segundo as informações, o Conselho Tutelar já havia sido acionado outras vezes sobre os maus tratos praticados pela mãe contra a criança.

Diante dos fatos, as equipes da Polícia Civil e Conselho Tutelar foram até a residência da suspeita, onde resgataram a criança. Em conversa com familiares, foi informado que as agressões praticadas pela mãe são recorrentes e que diversas vezes já foi pedido para que ela entregasse a guarda da filha para o pai da criança.

Em continuidade as diligências, os policiais seguiram até o local de trabalho da suspeita, onde foi realizada a sua prisão em flagrante. Questionada, ela confessou os fatos e disse que apenas estava educando a filha.

A mãe da criança foi conduzida à Delegacia de Ribeirão Cascalheira, onde foi interrogada pelo delegado Deuel Paixão de Santana e autuada em flagrante por maus tratos qualificado por ser praticado contra menor de 14 anos e lesão corporal no âmbito da violência doméstica.

O delegado também abriu uma investigação para apurar possível prática de tortura da suspeita contra a criança.

Leia mais:  Policiais civis são homenageados com mérito Águia Uno, do Ciopaer

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

POLICIAL

Condenado por homicídio, homem é localizado pela Polícia Civil em área rural de Juruena

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Em diligências no interior do estado, policiais civis da Gerência Estadual de Polinter e Capturas (Gepol) prenderam mais um foragido da Justiça, que era procurado pelo crime de homicídio qualificado. O foragido foi localizado nesta sexta-feira (23) em uma área no município de Juruena (880 km a noroeste de Cuiabá).

 Após receber a ordem judicial de prisão, os policiais passaram a realizar as investigações para localizar o fugitivo. Os investigadores apuraram que o foragido, de 31 anos, poderia estar escondido em uma região de mata densa na zona rural entre os municípios de Juara, Juína e Juruena.

Depois de percorrer vários quilômetros em locais de difícil acesso, a equipe da Polinter conseguiu localizar o homem na altura do quilometro 45, da MT-174, conduzindo um veículo Chevrolet Vectra.

Após acompanhamento tático, os investigadores realizaram a abordagem e, em um primeiro momento, o homem se identificou com nome diverso do que constava no mandado judicial.  Porém, ao ser reinquirido pelos policiais, ele revelou seu verdadeiro nome e recebeu voz de prisão.

Ao ser questionado se tinha arma de fogo, ele revelou que possuía uma arma longa em sua residência. Na casa, os policiais  localizaram o armamento e 82 munições de calibre 22 e mais 12 cartuchos intactos de calibre 32.

O preso foi encaminhado à delegacia da Polícia Civil para apresentação à autoridade policial e registro do cumprimento da prisão.

O mandado de prisão foi expedido pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Sinop, por sentença penal condenatória de 14 anos por homicídio qualificado, cometido por motivo torpe ou circunstâncias que impossibilitaram a defesa da vítima.

O crime ocorreu em fevereiro de 2011 após uma discussão entre o réu e a vítima ocorrida por conta de uma dívida contraída após a aquisição de uma motocicleta. O réu tem antecedentes criminais pelos crimes de corrupção ativa, furto qualificado e estelionato.

Leia mais:  Vítimas de violência doméstica e sexual recebem ambiente apropriado na Delegacia de Água Boa

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

POLICIAL

Homem condenado por roubo qualificado é localizado e preso pela Polícia Civil

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Cuiabá (Derf) localizaram um foragido da Justiça de Mato Grosso e deram cumprimento ao mandado de prisão contra o homem de 32 anos condenado por roubo qualificado.

O foragido foi localizado em um estabelecimento comercial na Rodovia dos Imigrantes, no município de Várzea Grande.

Ele foi condenado a cinco anos e 10 meses de reclusão em regime fechado por roubo, em processo que tramitou na 3a Vara Criminal de Cuiabá e o mandado para cumprimento da sentença expedido pela Vara de Execução Penal da Comarca da Capital.

Após cumprimento da prisão, os policiais da Derf Cuiabá encaminharam o preso para unidade do Sistema Penitenciário em Várzea Grande.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Condenado por homicídio, homem é localizado pela Polícia Civil em área rural de Juruena
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana