conecte-se conosco


POLICIAL

Polícia Civil e Conselho de Psicologia apuram denúncia contra casal que atuava como psicólogo

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (Decon), e o Conselho Regional de Psicologia de Mato Grosso estiveram, na manhã desta quarta-feira (14.10.20), em uma clínica no centro de Cuiabá, para apurar denúncia de que um homem com formação em psicanálise e uma mulher licenciada em biologia estavam atuando como psicólogos e atendendo crianças e adultos.

Durante a ação conjunta, os policiais civis e fiscais do CRP verificaram que os suspeitos anunciavam em redes sociais e materiais impressos (cartazes e folders) atendimentos de psicopedagogia clínica, diagnóstico psicológico, testes, análises, avaliações e laudos psicopedagógicos, que são atos privativos de profissional com formação em psicologia. No local não foram encontrados pacientes.

Os policiais civis e fiscais ainda verificaram indícios de que os dois profissionais praticavam auriculoterapia e acupuntura na clínica.

A Polícia Civil apreendeu o material informativo e outros meios de prova da prática de atos privativos de psicólogos. O casal será responsabilizado criminalmente pela prática de exercício ilegal de profissão.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Dois suspeitos são presos em flagrante por homicídio ocorrido em zona rural de Jangada
publicidade

POLICIAL

Policiais civis femininas participam de treinamento Prevenção e Reação à Violência Urbana

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Seis policiais civis mulheres latadas em unidades da Capital participaram nesta semana de treinamento de Prevenção e Reação a Violência Urbana, ministrado pela equipe da Gerência de Operações Especiais (GOE). As policiais destacaram a importância da atuação da mulher na área de segurança, assim como prestigiaram a Campanha de prevenção ao câncer de mama Outubro Rosa.

A capacitação foi realizada com 20 horas/aula foi realizada na segunda e terça-feira (19.20) contando com a participação das policiais da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá, Gerência Estadual de Polinter e Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP).

O curso de Prevenção e Reação a Violência Urbana, ministrado pela GOE, tem como objetivo alertar os policiais para os riscos quando estão descaracterizados, seja nos momentos de folga ou até mesmo em serviço. Com ações voltadas à precaução e prudência, visando evitar o perigo e resguardar a integridade física do profissional.

Uma das propostas trabalhadas é o desenvolvimento e aprimoramento da postura preventiva do policial contra a violência urbana. Além de aperfeiçoar as técnicas de tiro policial, focadas no combate aproximado nessas situações em que o policial estiver portando sua arma de forma velada.

Como força de alertar as mulheres para a Campanha Outubro Rosa, as policiais vestiram a camisa rosa durante o treinamento.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Homem tem prisão cumprida por estupro de menina de cinco anos em Cáceres
Continue lendo

POLICIAL

Dois suspeitos são presos em flagrante por homicídio ocorrido em zona rural de Jangada

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Dois suspeitos de um homicídio ocorrido em Jangada no domingo (18) foram presos e autuados em flagrante pela Polícia Civil de Rosário Oeste nesta segunda-feira (19.10). Os dois homens de 33 e 48 anos, conduzidos pela Polícia Militar, foram ouvidos em depoimento pela autoridade policial e autuados pelo homicídio de Silvano Silvestre Corrêa, 31 anos, e também por posse irregular de arma de fogo adulterada e munições.

Um dos presos, de 33 anos, é suspeito também de outro homicídio ocorrido no dia 15 de outubro, que vitimou Júlio Davi Siqueira, 36 anos, na comunidade rural Barra do Santa Cruz, em Jangada. O corpo de Júlio foi encontrado em uma estrada da comunidade, com perfurações de arma cortante.

Em depoimento, o suspeito declarou ao delegado Ruy Guilherme da Peral da Silva que tinha raiva da vítima, pois esta teria furtado a residência de sua família e desde então, Júlio passou a tecer provocações contra o suspeito, que resolveu se vingar e chamou uma pessoa para acompanhá-lo na empreitada, identificada como Silvano Corrêa.

Silvano testemunhou o crime praticado contra Júlio Davi e, posteriormente, começou a ameaçar o suspeito e extorqui-lo, pedindo dinheiro para não denunciá-lo à Polícia.

No último final de semana, o suspeito e Silvano estavam bebendo e em um certo momento, depois de Silvano novamente pedir dinheiro, o suspeito pegou uma faca e desferiu golpes contra a vítima. Após o crime, o suspeito pegou um veículo da fazenda onde trabalhava e com ajuda de outra pessoa, um homem de 48 anos, pôs a vítima na camionete e seguiram em direção ao hospital da cidade para buscar socorro, quando no trajeto, segundo o suspeito, notaram que a vítima estava morta e jogaram o corpo na estrada.

Leia mais:  Homem tem prisão cumprida por estupro de menina de cinco anos em Cáceres

Após o corpo da vítima Silvano ser encontrado na estrada, a Polícia Militar, PJC e IML foram acionadas. A PM localizou a camionete, com vestígios de sangue na carroceria, na chácara do suspeito, além de peças de roupa da vítima.

Depois de diversas diligências, os dois suspeitos foram detidos pela PM de Jangada e conduzidos à Delegacia de Rosário Oeste, onde foram ouvidos em depoimento pelo delegado Ruy Guilherme e autuados em flagrante.

A Polícia Civil de Rosário Oeste instaurou inquéritos para investigação dos dois homicídios.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana