conecte-se conosco


POLÍTICA NACIONAL

General Heleno e Ramagem podem ser investigados por reunião com defesa de Flávio

Publicado


source
General Augusto Heleno falando ao microfone
Marcos Corrêa/PR

Ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno

O ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno , e o diretor da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), A lexandre Ramagem , foram alvos de um pedido de abertura de inquérito junto à Procuradoria-geral da República (PGR) por uma reunião que eles tiveram com a defesa do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

A ação foi encaminhada pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e o deputado Alessandro Molon (PSB-RJ), que pedem a apuração de suspostos crimes de advocacia administrativa, improbidade e abuso de autoridade. Flávio já é investigado peloesquema de “rachadinhas” na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), quando ele ainda era deputado estadual.

A reunião teria sido feita em agosto no Palácio do Planalto, com a presença do de Bolsonaro e as advogadas Luciana Pires e Juliana Bierrenbach, representantes de Flávio.

O assunto da reunião foi uma estratégia da defesa para anular a investigação sobre as “rachadinhas” conduzida pelo Ministério Público mediante tese jurídica de que informações presentes no relatório que identificou as transações suspeitas de Fabrício Queiroz e deu início às investigações foram colhidas de forma ilegal.

“O Presidente da República, ao invés de se valer dos meios ordinários para apurar as supostas ilegalidades praticadas por servidores públicos, acometeu ao Senhor Alexandre Ramagem, diretor da Agência Brasileira de Inteligência – que não possui atribuições de polícia investigativa – a missão de encontrar os elementos que pudessem sustentar a tese relatada pela defesa do senador Flávio Bolsonaro”, afirmam Randolfe e Molon.

Leia mais:  Paes x Crivella: último debate repete troca de acusações que marcou campanha

“A mesma ‘missão’ foi atribuída pelo Presidente da República ao Ministro da GSI, como ação necessária à ‘garantia da segurança da família presidencial’, quando, em verdade, a atribuição pode ser considerada desvio de finalidade, em que a estrutura da máquina pública é utilizada para atender a interesses privas e meramente políticos do Senhor Jair Bolsonaro e de seus familiares”, continuam.

Os parlamentares pedem a Aras que abra investigação para apurar “suposta busca por informações por vias claramente inusuais, de acesso restrito, e fazendo uso do poder hierárquico do Presidente da República”.

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA NACIONAL

Boulos apresenta sintomas após testar positivo para Covid-19

Publicado


source
Boulos
O Antagonista

Guilherme Boulos (PSOL)


Guilherme Boulos (PSOL), candidato à Prefeitura de São Paulo, apresentou os primeiros sintomas da Covid-19 neste sábado (28), um dia após testar positivo para a doença . Ele está sentindo febre, dor no corpo, dificuldade respiratória leve e deve passar por uma consulta na tarde deste sábado.


Boulos agradeceu o apoio que tem recebido das pessoas após testar positivo . O seu adversário na disputa pela prefeitura, Bruno Covas (PSDB), desejou melhoras.

“Estou bem, comecei a ter sintomas. Agradeço o apoio das pessoas que estão virando voto, estão nas carretadas, estão fazendo aquilo que eu não estou podendo fazer. Mas pedindo para que se cuidem e garantam as proteções sanitárias”, disse Boulos em entrevista ao colunista Leandro Sakamoto, do UOL .

Comentários Facebook
Leia mais:  Suspeito de ataque hacker ao TSE no primeiro turno é preso pela polícia federal
Continue lendo

POLÍTICA NACIONAL

Suspeito de ataque hacker ao TSE no primeiro turno é preso pela polícia federal

Publicado


source
pf
O Antagonista

PF apura invasão ao sistema do TSE


Um suspeito de ter cometido o ataque hacker contra o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) durante o primeiro turno das eleições municipais foi preso na manhã de hoje (28), em operação conjunta da Polícia Federal com a Polícia de Portugal, conforme informações da CNN Brasil .


As informações coletadas pelo veículo dizem que a prisão foi realizada em Portugal, mas a Polícia Federal continua realizando buscas no território brasileiro a fim de encontrar provas.

*Notícia em atualização

Comentários Facebook
Leia mais:  Testemunha cita briga por comida na casa de Flordelis: "trata filhos como lixo"
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana