conecte-se conosco


ENTRETENIMENTO

Felipe Neto rebate Damares e diz que denúncia do MPF é “mentirosa”

Publicado


source
Felipe Neto
Reprodução/Twitter

Felipe Neto

Nos últimos dias a informação de que o Ministério Público Federal teria aceitado uma denúcia contra Felipe Neto ganhou destaques nas redes. Após a ministra Damares comemorar no Twitter, o influenciador resolveu dar seu lado da história, chamando a publicação da integrante do governo de “mentirosa”.

“Já que a Damares postou, vale esclarecer: Qualquer postagem que diga que o Ministério Público aceitou denúncia contra mim é mentirosa”, escreveu Felipe Neto, na última quarta-feira (28), nas redes sociais.

“O Ministério Público não aceitou denúncia alguma e não abriu qualquer inquérito. Trata-se de mais uma mentira, aliada a informações falsas, que visam somente à destruição de reputações. O ocorrido aborda uma denúncia anônima orquestrada pela tão conhecida articulação do ódio, reverberando acusações mentirosas contra o youtuber, como de costume”, disse e ele ao Uol.

No site do MPF, consta que “o procurador responsável toma todas as medidas necessárias à apuração dos fatos: requisita informações, determina diligências e, conforme o caso, encaminha cópia do procedimento à Polícia Federal para instauração de inquérito policial”.

Leia mais:  John Lennon: álbum que ex-beatle autografou para seu assassino é leiloado

A publicação compartilhada por Damares foi feita pelo deputado federal Filipe Barros (PSL-PR) e diz que a denúncia é sobre “supostas práticas de crimes referentes a vídeos do youtuber”. 

“Esta foi a melhor notícia que recebi nos últimos dias. É possível até que este indivíduo seja inocentado pela Justiça, pois é claro, ele vai alegar liberdade de expressão. Eu não vou me surpreender se isto acontecer. Em nome da liberdade de expressão e da liberdade artística já vi decisões judiciais que ignoraram a proteção da infância”, disse a ministra.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
publicidade

ENTRETENIMENTO

John Lennon: álbum que ex-beatle autografou para seu assassino é leiloado

Publicado


source

The Music Journal Brazil

undefined
Redação

John Lennon: álbum que ex-beatle autografou para seu assassino é leiloado

Parece bizarro, mas a cópia de Double Fantasy , o derradeiro álbum que John Lennon lançou em 1980 e que foi solicitado um autógrafo por aquele que seria seu assassino, Mark David Chapma n, entrou em leilão nesta segunda-feira (23) com um lance inicial de US$ 400 mil.

Na época, esta cópia de Double Fantasy , álbum realizado em colaboração com Yoko Ono , foi apresentada como prova na investigação do departamento de polícia de Nova Yor k (EUA) sobre o assassinato de Lennon.

No inicio de 2020, Mark Chapman pediu desculpas à Yoko Ono pela tragédia que cometeu, descrevendo o terrível evento como um “ato extremamente egoísta”. Chapman foi condenado em 1981 a prisão perpétua e já recorreu diversas vezes para ficar em liberdade condicional, mas a justiça norte-americana recusou seu pedido em todas as oportunidades.

John Lennon: álbum que ex-beatle autografou para seu assassino é leiloado

Foto: David Geffen Company

“Não tenho desculpa. Isso foi para glória própria. Acho que é o pior crime que poderia haver fazer algo a alguém que é inocente. Ele era extremamente famoso. Eu não o matei por causa de seu caráter ou do tipo de homem que ele era” , disse Mark Chapman recentemente. “Ele era um homem de família. Ele era um ícone. Ele era alguém que falava de coisas das quais agora podemos falar e é ótimo”.

A casa Goldin Auctions, que está realizando o leilão, afirmou que as marcas policiais da investigação ainda aparecem na cópia do álbum.

“Quero acrescentar e enfatizar muito. Foi um ato extremamente egoísta. Sinto muito pela dor que causei a ela [Ono]. Penso nisso o tempo todo.”, concluiu Chapman.

Leia mais:  Paul McCartney elogia BTS: "Eles são bons"

Double Fantasy foi lançado originalmente em 17 de novembro de 1980 pela David Geffen Company e revelou os sucessos Woman, Watching The Wheels e (Just Like) Starting Over.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

The Weeknd dispara: “O Grammy continua corrupto”

Publicado


source

The Music Journal Brazil

undefined
Redação

The Weeknd dispara: “O Grammy continua corrupto”

O cantor canadense The Weeknd disparou críticas ao Grammy Awards depois de se sentir esnobado por não ser indicado em nenhuma categoria da premiação.

“Os Grammys continuam corruptos. Vocês devem transparência a mim, meus fãs e à indústria” , escreveu The Weeknd em sua conta oficial no Twitter.

Não demorou muito para que o cantor fosse um dos assuntos mais comentados no dia na rede social.

Harvey Mason Jr. , presidente interino da Academia de Artes e Gravação chegou a comentar sobre as indicações em uma entrevista à Variety : ” Realmente depende do corpo de votação que você decide. Temos oito vagas de indicação para preencher, cinco em outras, e os eleitores votam em seus favoritos” , disse.

Mason Jr. aproveitou o ensejo da entrevista para defender o corpo de jurados que trabalham na avaliação das obras dos artistas no Grammy: “Analisamos todos os anos e fazemos ajustes e revisões no processo. Fizemos isso este ano, no ano passado, vamos fazer no ano que vem. E eu não acho que isso coloque em questão”, explicou.

E concluiu: “Eles estavam ouvindo criticamente cada música que passava por suas mesas – ou mesas virtuais – então, não acho que isso mostre uma falha no processo”, concluiu.

O mais recente trabalho de The Weeknd é After Hours , lançado em 20 de março deste ano pela Universal Music , via Republic Records.

Fonte: IG GENTE

Leia mais:  Pabllo Vittar abre canal na Twitch

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana