conecte-se conosco


POLICIAL

Em investigação sobre furto de gado, policiais civis encontram armadilha para animais

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

Uma armadilha tutilizada por quadrilhas para capturar animais silvestres foi destruída pela Polícia Civil na manhã desta sexta-feira (16.10), na zona rural de Torixoréu (560 km ao sul de Cuiabá).

Durante investigação para apurar a prática de furto de gado e abate clandestino de animais, os policiais civis foram até uma propriedade rural situada na região do Córrego São Francisco.

No local, um funcionário da fazenda informou que encontrou cartuchos deflagrados de arma de fogo e o cadeado de uma das porteiras da propriedade rural arrombado. Em buscas pela área, a equipe entrou na mata, seguindo rastro de uma motocicleta e um trieiro batido próximo às cercas das divisas. Após cerca de 150 metros, os investigadores se depararam com uma armadilha (chiqueiro) com milho, sal mineral e outras frutas pelo chão, utilizados para atrair animais para o interior da armadilha, que tinha um sistema de desarme da porteira, fazendo com que ao encostar os animais ficassem trancados.

A armadilha aparentava ser bastante antiga, porém, haviam alguns reparos de madeira recente, indicando estar em pleno uso. Nenhum suspeito foi localizado.

Diante dos fatos, os policiais civis, com apoio dos funcionários da fazenda, fizeram a destruição da armadilha para evitar que mais animais sejam vítimas dessas ações criminosas. As investigações continuam para identificar os envolvidos. 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Polícia Civil cumpre prisão de suspeita envolvida em roubo de loja de eletrodomésticos
publicidade

POLICIAL

Suspeitos de agredirem mãe e filha durante roubo de veículo têm prisão cumprida

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Dois homens identificados como autores do roubo de um veículo em que mãe e filha foram violentamente agredidas tiveram mandados de prisão cumpridos após serem identificados pela Polícia Civil, em investigações da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (Derrfva).

O crime, ocorrido no dia 17 de setembro, no bairro Bosque da Saúde, causou grande repercussão devido à agressividade dos suspeitos com as vítimas, registrada pelas câmeras de segurança de um edifício da região.

As imagens flagraram o momento em que os dois suspeitos, em posse de arma de fogo, abordaram mãe e filha que foram arrancadas a força de dentro de veículo e agredidas com socos e chutes. Os criminosos fugiram com o veículo Honda das vítimas.

Assim que foi acionada do roubo, a equipe da Derrfva iniciou as investigações conseguindo identificar os dois autores do crime que tiveram os mandados de prisão temporária representado pelo delegado Daniel Lucas Paranhos Machado. Os suspeitos também estariam envolvidos em outros roubos de veículos ocorridos na região.

As ordens de prisão foram decretadas pela Justiça, sendo o mandado de prisão contra um dos autores cumprido pelos policiais da Derrfva, nesta quinta-feira (29.10), na Penitenciária Central do Estado (PCE), onde o suspeito já estava preso por outro crime. A ordem de prisão contra o outro identificado foi cumprida na semana passada em ação da realizada pela Polícia Militar.

“Com essa investigação da Derrfva foi possível identificar e prender os dois autores do crime, que chamou a atenção da imprensa e da sociedade, pela extrema violência usada contra as vítimas”, disse o delegado.

 

 

Fonte: PJC MT
Leia mais:  Homem com diversas passagens criminais é preso em flagrante com produtos furtados de residências

Comentários Facebook
Continue lendo

POLICIAL

Polícia Civil identifica adolescente envolvido em agressão de mulher em Santa Terezinha

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

Um adolescente apontado como autor de agressão contra uma jovem em Santa Terezinha (1.312 km ao nordeste de Cuiabá) foi identificado pela Polícia Civil do município durante investigação para apurar o delito.

O menor, de 17 anos, identificado como um dos agressores participantes da ocorrência de lesão corporal, possui diversas passagens criminais por atos infracionais como roubo, furto e tentativa de homicídio cometidos nas cidades de Vila Rica e Santa Terezinha.

A agressão foi cometida por três jovens contra a jovem pelo fato de ela ter praticado três furtos. De acordo com as investigações todos os envolvidos, suspeitos e vítima, são usuários de droga.

A vítima não procurou a polícia, porém ao tomarem conhecimento da agressão os investigadores da Delegacia de Santa Terezinha iniciaram as diligências para apurar os fatos.

No dia da ocorrência, os moradores acordaram com gritos de socorro da vítima que estava sendo espancada por três rapazes. Conforme uma testemunha, a vítima foi forçada a acompanhar os suspeitos, que em seguida começaram a agredi-la.

Populares foram até o local para socorrer a vítima e os suspeitos fugiram. Na ocasião, ela não aceitou que chamassem a polícia e foi embora do local.

As diligências continuam para identificar os outros envolvidos, bem como para conclusão dos inquéritos policiais visando a responsabilização criminais de cada ato praticado por eles.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Diretoria Geral convoca delegados do 16º curso de formação para lotações
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana