conecte-se conosco


ENTRETENIMENTO

Caso Marcius Melhem: Alto escalão da Globo cobra explicações

Publicado


source

Marcius Melhem não trabalha mais na Globo , ele era coordenador do departamento de humor e deixou o cargo após diferentes comediantes o denunciarem por assédio moral . O caso teve grande repercussão na mídia, o próprio ator comentou as denúncias e outros humoristas, como Marcelo Adnet , também se pronunciaram sobre o assunto. Segundo o site Na Telinha, toda essa situação não agradou em nada a cúpula da Globo, que cobrou explicações.

Marcius Melhem
Divulgação

Caso Marcius Mlehem gerou mal-estar na Globo

O alto escalão da emissora teria convocado uma reunião por vídeo com o departamento artístico para cobrar explicações. Até um dos herdeiros da família Marinho esteve na chamada e, na visão dos executivos, faltou pulso firme da direção e o código de conduta da empresa não foi cumprido. 

Durante a reunião, o herdeiro dos Marinho teria falado até que o código de conduta é para ser usado sempre, não importando o cargo que o funcionário exerça. De acordo com as normas da Globo, caso haja uma situação de assédio com testemunhas ou mais de uma denúncia de assédio para a mesma pessoa, o acusado deve ser afastado enquanto acontece uma investigação.

“Comportamentos abusivos, como assédio moral e sexual ou outras formas de abuso de poder, bem como ameaças de agressões ou agressões físicas ou verbais, entre integrantes e terceiros, não serão tolerados em hipótese alguma. Assim, o Grupo Globo encoraja o reporte de tais atos à Área de Recursos Humanos ou à Ouvidoria”, diz o código de conduta do empresa de comunicação. Nada disso aconteceu com Marcius Melhem, o que, para a cúpula da Globo, passou a impressão de que a emissora estava apoiando o comediante.

Leia mais:  Emissora na Austrália informa que Bob Dylan morreu. Âncora pede desculpas
Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
publicidade

ENTRETENIMENTO

John Lennon: álbum que ex-beatle autografou para seu assassino é leiloado

Publicado


source

The Music Journal Brazil

undefined
Redação

John Lennon: álbum que ex-beatle autografou para seu assassino é leiloado

Parece bizarro, mas a cópia de Double Fantasy , o derradeiro álbum que John Lennon lançou em 1980 e que foi solicitado um autógrafo por aquele que seria seu assassino, Mark David Chapma n, entrou em leilão nesta segunda-feira (23) com um lance inicial de US$ 400 mil.

Na época, esta cópia de Double Fantasy , álbum realizado em colaboração com Yoko Ono , foi apresentada como prova na investigação do departamento de polícia de Nova Yor k (EUA) sobre o assassinato de Lennon.

No inicio de 2020, Mark Chapman pediu desculpas à Yoko Ono pela tragédia que cometeu, descrevendo o terrível evento como um “ato extremamente egoísta”. Chapman foi condenado em 1981 a prisão perpétua e já recorreu diversas vezes para ficar em liberdade condicional, mas a justiça norte-americana recusou seu pedido em todas as oportunidades.

John Lennon: álbum que ex-beatle autografou para seu assassino é leiloado

Foto: David Geffen Company

“Não tenho desculpa. Isso foi para glória própria. Acho que é o pior crime que poderia haver fazer algo a alguém que é inocente. Ele era extremamente famoso. Eu não o matei por causa de seu caráter ou do tipo de homem que ele era” , disse Mark Chapman recentemente. “Ele era um homem de família. Ele era um ícone. Ele era alguém que falava de coisas das quais agora podemos falar e é ótimo”.

A casa Goldin Auctions, que está realizando o leilão, afirmou que as marcas policiais da investigação ainda aparecem na cópia do álbum.

“Quero acrescentar e enfatizar muito. Foi um ato extremamente egoísta. Sinto muito pela dor que causei a ela [Ono]. Penso nisso o tempo todo.”, concluiu Chapman.

Leia mais:  John Lennon: álbum que ex-beatle autografou para seu assassino é leiloado

Double Fantasy foi lançado originalmente em 17 de novembro de 1980 pela David Geffen Company e revelou os sucessos Woman, Watching The Wheels e (Just Like) Starting Over.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

The Weeknd dispara: “O Grammy continua corrupto”

Publicado


source

The Music Journal Brazil

undefined
Redação

The Weeknd dispara: “O Grammy continua corrupto”

O cantor canadense The Weeknd disparou críticas ao Grammy Awards depois de se sentir esnobado por não ser indicado em nenhuma categoria da premiação.

“Os Grammys continuam corruptos. Vocês devem transparência a mim, meus fãs e à indústria” , escreveu The Weeknd em sua conta oficial no Twitter.

Não demorou muito para que o cantor fosse um dos assuntos mais comentados no dia na rede social.

Harvey Mason Jr. , presidente interino da Academia de Artes e Gravação chegou a comentar sobre as indicações em uma entrevista à Variety : ” Realmente depende do corpo de votação que você decide. Temos oito vagas de indicação para preencher, cinco em outras, e os eleitores votam em seus favoritos” , disse.

Mason Jr. aproveitou o ensejo da entrevista para defender o corpo de jurados que trabalham na avaliação das obras dos artistas no Grammy: “Analisamos todos os anos e fazemos ajustes e revisões no processo. Fizemos isso este ano, no ano passado, vamos fazer no ano que vem. E eu não acho que isso coloque em questão”, explicou.

E concluiu: “Eles estavam ouvindo criticamente cada música que passava por suas mesas – ou mesas virtuais – então, não acho que isso mostre uma falha no processo”, concluiu.

O mais recente trabalho de The Weeknd é After Hours , lançado em 20 de março deste ano pela Universal Music , via Republic Records.

Fonte: IG GENTE

Leia mais:  The Weeknd dispara: "O Grammy continua corrupto"

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana