conecte-se conosco


POLÍTICA MT

Botelho destaca atuação da Assembleia para a conclusão da sede do Instituto Lions da Visão

Publicado


Foto: MAURICIO BARBANT / ALMT

O governo do estado autorizou a liberação de R$ 1,2 milhão para a conclusão da obra da nova sede do Instituto Lions da Visão, no bairro Morada da Serra, em Cuiabá. O convênio foi assinado nesta quinta-feira (8), durante visita do governador, Mauro Mendes (DEM) e deputados estaduais no hospital filantrópico que será referência em oftalmologia. O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), destacou a importância da medida que dará melhores condições de trabalho ao instituto. Também mencionou a ampla defesa que fez no Parlamento para contemplar com recursos os hospitais filantrópicos por meio de alteração no projeto de criação do fundo à saúde.

Para Botelho, é necessário o empenho de todos nessa luta por ajudar os menos favorecidos. “A Assembleia Legislativa começou a ajudar lá atrás, quando o então governador Pedro Taques enviou um projeto que era para criar um fundo à Saúde, modificamos esse projeto e colocamos os hospitais filantrópicos, inclusive o Lions da Visão. Fui um dos entusiastas e lutei para que esses recursos viessem para o Lions da Visão. Com isso, deu recursos permanentes e condições para trabalhar e fornecer cirurgias de córneas e outras oftálmicas para ajudar a população. Também colocamos emendas parlamentares para terminar essa obra. A Assembleia Legislativa vem atuando ativamente, sempre defendo o Lions da Visão para que continue fazendo esse trabalho social tão importante”, disse Botelho.

O secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo, informou que os recursos na ordem de R$ 1,2 milhão já foram repassados ao hospital e que novos convênios poderão ser firmados. “O governo do estado tem interesse, inclusive, em firmar parcerias para ampliar os procedimentos oferecidos. Todo atendimento é feito pelo SUS. Com esse investimento que será feito aqui, o Lions da Visão terá condições de ampliar a sua carteira de serviço para que o SUS possa contratar e atender a população que necessita”, afirmou o secretário.

Leia mais:  Botelho participa do lançamento do Programa Mais MT e destaca atuação da Assembleia

Emocionado, o presidente do Instituto Lions da Visão, Whady Lacerda, comemorou a iniciativa e lembrou as dificuldades à consolidação do empreendimento. Ele atribuiu o apoio da ALMT como fundamental. “É um momento que vínhamos tentando há mais de 10 anos. Tivemos apoio muito grande da Assembleia Legislativa, os 24 deputados se colocaram à nossa disposição para apresentar emendas. E foi com essa ambição de emendas que fomos ao governador Mauro Mendes e ele nos falou que arrumaria o dinheiro. E cumpriu a palavra. Estamos aqui para concluir a obra, que é a maior obra filantrópica de oftalmologia da América Latina”, destacou, Whady Lacerda.

Com atendimento médio de 1,5 mil pessoas por mês, em dois consultórios e uma sala cirúrgica, a expectativa é que na nova sede, o Lions da Visão amplie para 10 mil atendimentos mensais, nos três mil metros quadrados, com 13 consultórios, seis salas cirúrgicas e previsão de inauguração no ano que vem. O Hospital Instituto Lions da Visão fica ao lado do Hospital de Câncer, outro filantrópico que Whady foi fundador.   

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA MT

Ulysses Moraes pede conclusão de reforma em escola de Primavera do Leste

Publicado


Foto: Fernanda Trindade

Na última terça-feira (27), o deputado Ulysses Moraes realizou uma fiscalização na Escola Estadual Sebastião Patrício, em Primavera do Leste. O parlamentar já destinou mais de R$ 1 milhão das suas emendas parlamentares para conclusão da obra, porém o governador Mauro Mendes ainda não efetivou o pagamento. Vale destacar que o local está com reforma paralisada desde 2014.

“Mais uma emenda que Mauro Mendes não paga e mais uma obra parada em Mato Grosso. Isso é uma vergonha. Até quando vai continuar assim? Quando essa obra será concluída para a população? Precisamos de respostas e soluções. Uma escola como essa já deveria estar recebendo os alunos”, disse Moraes.

A reforma, orçada inicialmente em mais de R$ 1,2 milhão e com previsão de entrega em quatro meses, encontra-se abandonada e os alunos estão estudando em um prédio alugado pelo governo. E, de acordo com Geo Obras, o local foi projetado para ter salas de aula, biblioteca, ampliação da cozinha, refeitório e quadra poliesportiva.

“A obra parou para reformar e não foi retomada. Até agora nada de conclusão e não tem nenhuma justificativa, um fica jogando a responsabilidade para outro. A estrutura da escola é grande, tem quadra, só precisamos que essa situação se resolva para que os alunos voltem a estudar”, destaca o parlamentar.

A obra seria de grande importância para município. Cerca de 400 alunos deveriam estar estudando na escola. Por isso, Ulysses Moraes afirma que irá continuar cobrando por uma conclusão. “A câmara de vereadores é do lado da escola, quero ver se eles também se mobilizam para cobrar por uma solução”, finalizou o deputado.

Fonte: ALMT

Leia mais:  Botelho participa do lançamento do Programa Mais MT e destaca atuação da Assembleia

Comentários Facebook
Continue lendo

POLÍTICA MT

Lei de desvinculação do Corpo de Bombeiros da PM em Mato Grosso completa 26 anos

Publicado


Foto: MÁRCIA MARTINS

No dia 28 de outubro de 1994, há exatos 26 anos, o Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso desvinculava-se da Polícia Militar, por meio de Lei Complementar nº 32, de 10 de outubro de 1994 (D.O. 10.10.94), de autoria do deputado estadual Romoaldo Júnior (MDB). A separação garantiu autonomia administrativa e financeira ao órgão que hoje é subordinado hierarquicamente ao governador do estado e vinculado à Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública (Sejusp).

Em visita ao gabinete do parlamentar, o tenente-coronel, Dércio Santos da Silva, coordenador-geral do Comitê Temporário Integrado Multiagências de Coordenação Operacional de Mato Grosso (Ciman) e diretor-adjunto operacional do Corpo de Bombeiros, disse que a lei garantiu amparo e legitimidade à corporação, permitindo até mesmo, concurso exclusivo na área.

Aprovado na primeira turma de bombeiros de Mato Grosso, chamada de Turma Pioneira do CBMMT, o tenente-coronel disse que o concurso foi uma grande oportunidade que se abriu para vários tenentes temporários do Exército Brasileiro, inclusive para ele.

“O deputado Romoaldo é um político visionário, graças à propositura dele foi realizado o concurso, que ocorreu dois meses após a promulgação da lei”, reconheceu Dércio, que está à frente da batalha contra os incêndios florestais em Mato Grosso e, em destaque, na Operação Transpantaneira II de combate ao fogo em todo o Pantanal mato-grossense, considerado um dos maiores da história.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Leia mais:  Projeto quer criar cursinho vestibular gratuito Aprova Mato Grosso
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana