conecte-se conosco


MATO GROSSO

Batalhão de Trânsito intensifica fiscalização nas rodovias estaduais durante feriado prolongado

Publicado


Desde a tarde de sexta-feira (09.10) até a noite de segunda-feira (12.10), feriado prolongado da padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida, o Batalhão de Polícia Militar Trânsito Urbano e Rodoviário (BPMTran) executa a Operação Pré Centurion, para garantir a segurança daqueles que deixam as cidades em busca de descanso e lazer.  

As ações acontecem nas rodovias estaduais, especialmente nas MTs 251 (Chapada dos Guimarães), 040 (acesso a Santo Antônio de Leverger) e 010 (Estrada da Guia), e consistem em intensificar a fiscalização sobre o tráfego de veículos como forma de prevenir acidentes.

O comandante do BPMTran, tenente-coronel Adão Cesar Rodrigues da Silva, alerta aos condutores sobre os riscos do excesso de velocidade, consumo de bebidas alcoólicas e outros desrespeitos às normas de trânsito.

“Estamos nas rodovias, em diversos pontos, fazendo abordagens, checagens e utilizando o bafômetro”, avisa.

Adão César lembra que o fluxo de veículos tende a crescer nas rodovias aos finais de semana, principalmente os prolongados, indicando a necessidade de mais atenção e respeito às leis e sinalização. Ele ainda observa para o agravante dos incêndios florestais, que podem prejudicar a visibilidade em trechos das rodovias.

“Orientamos a seguirem as normas de trânsito, não excederem na velocidade, terem cuidado nas ultrapassagens e jamais dirigir depois da ingestão de bebidas alcóolicas”, apela o comandante.

O nome ‘Pré Centurion’ é uma referência à hierarquia militar romana e teria como um dos significados “aquele que facilita acesso, abre caminhos”.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Agendamento para o censo previdenciário começa no dia 1º de dezembro
publicidade

MATO GROSSO

Ciman atende 24.715 ocorrências no combate aos incêndios florestais em Mato Grosso

Publicado


O Centro Integrado Multiagências de Coordenação Operacional (Ciman) realizou 24.715 atendimentos no período entre os dias 1º de julho (data do início do período proibitivo de queimadas) e 27 de outubro. Dentre as ocorrências atendidas pelas diversas agências que compõe o CIman, se destacam 1.325 incêncios em propriedades rurais, 1.293 rondas ostensivas rurais e 337 orientações.

De acordo com dados do Centro, foram registrados 12.447 focos de calor no Pantanal, 19.271 na Amazônia e 13.292 no Cerrado. Os números mostram que 7,4% dos focos de calor foram registrados nas 108 Unidades de Conservação presentes no Estado, enquanto 73,9% dos focos incidiram em propriedades rurais.

O Ciman está presente nos sete Comandos Regionais do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso por meio das salas descentralizadas. O Centro Integrado permanece ativo e realizando o monitoramento e mapeamento das áreas comprometidas, para traças as melhores estratégias.

Para o coordenador-geral do Ciman, tenente-coronel BM Dércio Santos da Silva, “apesar do aumento da umidade relativa do ar, a diminuição das temperaturas e a consequente diminuição do focos de calor em todo território matogrossense, a ordem expressa do governador do estado é manter o geomonitoramento e condições operacionais de resposta. E que devido a estratégia de descentralização de gestão, aliadas a capacitação técnica, prontidão de equipes temporárias de resposta e integração, foram determinantes para o desenvolvimento do sistema de proteção e preservação do meio ambiente”. 

O período proibitivo no Estado de Mato Grosso em 2020 foi antecipado pelo Governo do Estado, devido a fatores climáticos. O Ciman-MT, instituído em 21 de julho pôde integrar as diversas agências afins no enfrentamento aos incêndios florestais, sob a coordenação do Corpo de Bombeiros.

Fonte: GOV MT

Leia mais:  Agendamento para o censo previdenciário começa no dia 1º de dezembro

Comentários Facebook
Continue lendo

MATO GROSSO

Vítima de golpe procura PM e entrega R$ 1 mil em notas falsas

Publicado


Policiais militares do 14º BPM de Primavera do Leste (a 231 km de Cuiabá) apreenderam nesta quarta-feira (28.10), dez notas de R$ 100 falsificadas.

A vítima, um homem, disse aos agentes que vendeu um aparelho celular no valor de R$ 1.650,00. O comprador teria efetuado o pagamento de R$ 350 em forma de débito e R$ 1,3 mil em dinheiro. Desse dinheiro, ele teria usado R$ 1 mil no pagamento junto a uma conhecida.

Quando essa pessoa realizou o depósito do dinheiro em uma agência bancária foi informada que as notas seriam falsas. Devido a situação, a primeira vítima procurou os policiais para fazer a entrega do dinheiro falso e registrar a ocorrência.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Ações da Seplag melhoram ambiente de trabalho de servidores do Estado
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana