conecte-se conosco


MATO GROSSO

Após 40 anos, homem é localizado pela Polícia Civil e retoma contato com familiares

Publicado


Há mais de quarenta anos, o então jovem Reinaldo Correa Gomes, hoje com 64 anos, veio para Mato Grosso e desde então, seus familiares que ficaram no estado do Paraná perderam contato com ele. Parentes buscaram o auxílio da Polícia Civil em Mato Grosso e registraram uma ocorrência no Núcleo de Pessoas Desaparecidas (NPD) da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Cuiabá para localizá-lo. 

A partir de técnicas de pesquisa e de informações do banco de dados do NPD, os investigadores conseguiram localizar o senhor Reinaldo em uma chácara, na região do distrito de Nossa Senhora da Guia, município de Cuiabá. A equipe do NPD fez contato com o proprietário do local, que informou que Reinaldo trabalha na chácara há quase 20 anos.

Nesta quarta-feira (14.10), a equipe de investigação foi até o local e conversou com Reinaldo, que confirmou que saiu do Paraná na década de 80 e desde a época perdeu contato com a família que ficou no Sul do país.

Os investigadores fizeram uma chamada de vídeo e Reinaldo conversou com a irmã no Paraná. Bastante emocionado, ele pediu que a irmã venha até Mato Grosso para que possam se rever.

A escrivã-chefe do NPD, Jannaína Paula Brito de Souza Silva, afirma que é gratificante para a equipe do núcleo colaborar com a localização de pessoas desaparecidas ou que perderam o contato com familiares.

A investigação para a localização de Reinaldo Gomes foi realizada pelos policiais civis Rafael Mello e Benildes Campos.

Núcleo de Pessoas Desaparecidas

Em 2019, o Núcleo de Pessoas Desaparecidas da DHPP de Cuiabá teve um percentual de 93% de esclarecimento nas ocorrências registradas no setor. Foram 876 casos de desaparecimentos registrados na unidade, sendo localizadas 816 pessoas. A maior parte dos casos foi registrada em Cuiabá e Várzea Grande.

Leia mais:  Novos delegados irão atuar em 11 regionais da Polícia Civil no interior do estado

A Polícia Civil de Mato Grosso criou neste ano um banco de dados, em uma página na internet, para divulgar informações e auxiliar na localização sobre pessoas desaparecidas no estado. A página https://desaparecidos.pjc.mt.gov.br reúne informações conforme as ocorrências registradas nas Delegacias da Polícia Civil no estado.

A nova ferramenta dá mais visibilidade e auxilia a população a colaborar para localização de pessoas que estão desaparecidas em diferentes cidades de Mato Grosso e também em outros estados.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

MATO GROSSO

Policiais penais encontram 15 celulares e droga em área externa da Mata Grande

Publicado


Na madrugada deste sábado (31.10), policiais penais que faziam a vigilância do anexo da Penitenciária Major PM Eldo Sá Corrêa (Mata Grande), em Rondonópolis (215 ao Sul de Cuiabá), perceberam uma movimentação suspeita na parte externa da unidade. Eles avistaram um carro e uma moto na Rodovia MT-130, que passa aos fundos do anexo, em atitude suspeita.

Os policiais penais fizeram, então, uma varredura no local e localizaram um frasco de água sanitária contendo vários materiais ilícitos. O objeto foi lançado pelo muro com os seguintes itens: 15 celulares, uma tela para celular, uma capa para celular, três carregadores, 12 fones de ouvido, nove chips de duas operadoras telefônicas e uma porção de substância análoga a maconha.

A ação ocorreu por volta das 3h. Foram feitas rondas em volta da unidade, mas nenhum suspeito foi localizado.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Policiais penais encontram 15 celulares e droga em área externa da Mata Grande
Continue lendo

MATO GROSSO

Sábado (31): Mato Grosso registra 143.638 casos e 3.853 óbitos por Covid-19

Publicado


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (31.10), 143.638 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 3.853 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 313 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 143.638 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 5.221 estão em isolamento domiciliar e 134.087 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 148 internações em UTIs públicas e 124 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 36,72% para UTIs adulto e em 14% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (29.388), Rondonópolis (10.644), Várzea Grande (10.067), Sinop (7.112), Sorriso (6.339), Lucas do Rio Verde (5.893), Tangará da Serra (5.710), Primavera do Leste (4.940), Cáceres (3.473) e Campo Novo do Parecis (2.887).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 115.514 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 482 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na última sexta-feira (30), o Governo Federal confirmou o total de 5.516.658 casos da Covid-19 no Brasil e 159.477 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 5.494.376 casos da Covid-19 no Brasil e 158.969 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados de sábado (31).

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

Leia mais:  Sexta-feira (30): Mato Grosso registra 143.325 casos e 3.846 óbitos por Covid-19

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana