conecte-se conosco


ESPORTES

Um ano após cirurgia, Fernando Reis confia em medalha inédita

Publicado

Fernando Reis chega ao Esporte Clube Pinheiros, em São Paulo, para mais um dia de treinos. No aquecimento dá uma atenção especial à perna esquerda. Em dezembro do ano passado, o melhor atleta do Brasil no levantamento de peso precisou operar o joelho antes que o rompimento de um tendão evoluísse de parcial para total, o que poderia comprometer o maior objetivo da carreira, subir ao pódio na Olimpíada de Tóquio.

“Foi um pouco atípico. A primeira cirurgia da minha carreira. Tive seis meses de reabilitação, três de fisioterapia e três muito fortes para chegar nos Jogos Pan-Americanos”, conta Fernando em entrevista à Agência Brasil

O empenho rendeu a Fernando o tricampeonato no Pan de Lima, mesmo em fase de recuperação física e 10 quilos atrás das melhores marcas. A prova da modalidade consiste em dois exercícios: arranco (quando o atleta ergue o halter de uma vez) e arremesso (quando há duas etapas no levantamento). No Peru ele atingiu 190 kg no arranco e 230 kg no arremesso.

Quatro semanas depois o paulistano de 29 anos evoluiu dois quilos em cada série e ficou em oitavo no Campeonato Mundial, disputado na Tailândia. Em 2018, no Turcomenistão, ele alcançou o quarto lugar, melhor posição de um brasileiro na competição. Apesar disso, considera que o desempenho na edição deste ano foi positivo.

Fernando Reis conquista medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019.

Fernando Reis conquistou o ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019 – Pedro Ramos/ rededoesporte.gov.br

“Eu não tive tempo hábil, uma janela grande para fazer uma outra preparação e chegar bem ao Mundial. Então, para mim, foi mais uma reabilitação. Consegui pegar a vaga para os Jogos Olímpicos. E para o ano que vem, vamos melhorar o resultado”, garante.

Leia mais:  Fortaleza vence Athletico e assume vice-liderança do Brasileirão

A vaga olímpica está encaminhada. Com a conquista do Pan e a manutenção entre os 10 melhores do mundo na Tailândia, basta participar de mais duas competições pré-determinadas (um torneio na Argentina, em 8 de dezembro, e o Campeonato Pan-Americano, no ano que vem) para assegurar de vez a classificação.

A medalha de ouro em Lima e o top 10 no Mundial também renderam ao paulista o Prêmio Brasil Olímpico de 2019 no levantamento de peso. É a décima vez (sétima consecutiva) que ele é o escolhido como o melhor do país na modalidade.

Ouça na Rádio Nacional

“Venho desempenhando sempre da maneira mais profissional possível, ganhando os campeonatos mais importantes. Procuro trabalhar mais que todo mundo”, diz Fernando, reconhecendo que a condição para a prática da modalidade no país, de forma geral, precisa evoluir.

“Eu sou muito afortunado. Sou nascido e criado no Pinheiros, então, em termos de logística e respaldo, sempre tive o melhor possível. Mas em termos de Brasil tem de melhorar muito para que outros atletas tenham a mesma estrutura. Quando comecei, poucas pessoas tinham conhecimento e domínio necessários para aplicar a modalidade. Hoje em dia há um número maior, mas muito pequeno ainda se você fala de um país continental. Se não tiver uma estrutura profissional, esquece, não tem a menor possibilidade de medalha”, afirma.

Brasileiro Fernando Reis é sétimo  no levantamento de peso

Halterofilista ficou muito perto de medalha nos Jogos do Rio, em 2016 – Reuters/Damir Sagolj/Direitos Reservados

Medalha que passou perto em 2016. O quinto lugar de Fernando nos Jogos do Rio de Janeiro foi o melhor desempenho de um halterofilista do país na história olímpica da modalidade. Para ir além em Tóquio, o brasileiro (que caminha para a terceira Olimpíada da carreira) se divide entre São Paulo e os Estados Unidos, onde passa a maior parte do ano.

Leia mais:  Grêmio é derrotado pelo Atlético-GO, na 28ª rodada do Brasileiro

“Estou muito confiante. No próximo dia 20 de dezembro vai completar um ano da cirurgia no joelho. Agora estou 100% para brigar por essa medalha”, encerra.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
publicidade

ESPORTES

Flamengo finaliza a preparação para o jogo de volta contra o Athletico-PR, pela Copa do Brasil

Publicado


Tudo pronto, Nação! Na tarde desta terça-feira (26), o Flamengo encerrou a preparação no Ninho do Urubu para a partida contra o Athletico-PR, que será disputada amanhã (27), às 21h30, no Maracanã. O confronto é válido pelo jogo da volta das semifinais da Copa do Brasil.

O técnico Renato Gaúcho comandou uma atividade tática no campo do CT. Vale lembrar que o jogo de ida terminou empatado em 2 a 2. O Rubro-Negro se classifica para a final com uma vitória simples por qualquer placar. Em caso de empate, a decisão irá para os pênaltis.

Fonte: https://www.flamengo.com.br/noticias/futebol/flamengo-finaliza-a-preparacao-para-o-jogo-de-volta-contra-o-athletico-pr–pela-copa-do-brasil

COMENTE ABAIXO:

Comentários Facebook
Leia mais:  Fortaleza vence Athletico e assume vice-liderança do Brasileirão
Continue lendo

ESPORTES

Em confronto do G4, Goiás e Botafogo empatam na serrinha 1×1

Publicado


O gol do esmeraldino foi marcado por Hugo, na noite desta terça (26) na Serrinha.

Na noite desta terça (26), o Goiás entrou em campo pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B 2021, o duelo foi com o Botafogo, e aconteceu no estádio Hailé Pinheiro em Goiânia (GO).

Resumo dos 90 minutos

A partida começou decisiva, começou com o Goiás no ataque e abrindo o placar antes dos cinco minutos.

4 minutos: Diego é lançado em profundidade na ponta direita e cruza rasteiro para Nicolas, que deixa passar e o zagueiro do Botafogo recua mal, o lateral Hugo, ligado, rouba a bola e manda para o fundo do gol, abrindo o placar na Serrinha. Goiás 1 x 0 Botafogo. Assista ao gol: ge.globo.com/futebol/video/aos-4-min-do-1o-tempo-gol-de-dentro-da-area-de-hugo-do-goias-contra-o-botafogo-9984903.ghtml

Foto: Reprodução/Sportv

10minutos: O Botafogo empatou com um gol de cabeça. Goiás 1 x 1 Botafogo.

Após o empate o Goiás continuou em busca da vitória.

Aos 19 minutos, após a pressão esmeraldina, Hugo pegou o rebote e acertou um lindo chute de fora da área, obrigando o goleiro do Botafogo a espalmar para escanteio; na cobrança a bola passou com perigo pela área, mas a zaga do adversário tirou o bola.

24 minutos: Hugo aparece novamente pelo lado esquerdo, finaliza para a defesa do goleiro.

32 minutos: Elvis lança Alef Manga em velocidade, a zaga do Botafogo joga para escanteio, na cobrança David Duarte cabeceia para fora.

42 minutos: O Goiás perde grande chance, Elvis cobra o escanteio e David Duarte sobe mais alto que a defesa e cabeceia, a bola passa raspando a trave, por muito pouco o Goiás não marca o segundo gol.

46 minutos: Luan recebe pela direita, enfia boa bola para Diego que é derrubado pelo adversário, muito perto da linha da grande área.

Leia mais:  Flamengo finaliza a preparação para o jogo de volta contra o Athletico-PR, pela Copa do Brasil

Apesar de toda pressão esmeraldina, o primeiro tempo terminou empatado. Goiás 1 x 1 Botafogo.

Segundo tempo

O Goiás voltou pressionando na segunda etapa, logo aos 4 minutos, Diego fez cruzamento fechado pela direita, por pouco a bola não entra no gol.

10 minutos: Goiás sai em velocidade, Alef Manga arranca pela esquerda e chuta para o gol de fora da área, o goleiro do Botafogo defende.

11 minutos: Luan Dias faz boa jogada pela direita e rola para o meio da área, Alef Manga aparece na marca do pênalti e finaliza, a bola vai por cima do gol, boa chance do esmeraldino.

15 minutos: O Botafogo chegou em velocidade, o atacante foi lançado e a defesa esmeraldina se recuperou bem e tirou o perigo.

22 minutos: Elvis domina na entrada da área e finaliza, a bola vai por cima do gol.

22 minutos: O técnico Marcelo Cabo promove três alterações no Goiás, entraram Dadá Belmonte, Welliton e Rezende, para as saídas de Nicolas, Luan Dias e Caio Vinícius.

34 minutos: Alef Manga deixa o campo para a entrada do prata da casa Pedro Bahia.

35 minutos: O Botafogo teve falta próxima da área, na cobrança a zaga esmeraldina tirou o perigo.

O final da partida as duas equipes tiveram chances, mas o confronto terminou igual. Goiás 1 x 1 Botafogo.

Com o empate o Goiás segue no G-4, o Verdão tem 53 pontos conquistados.

O Goiás volta a campo na próxima terça 2 de novembro (feriado), para encarar a Ponte Preta, às 19h, no estádio Hailé Pinheiro, o confronto será válido pela 33ª rodada do Brasileirão Série B 2021.


Terça 26 de outubro, 2021
Goiás x Botafogo
Estádio Hailé Pinheiro – Goiânia (GO)
Brasileirão Série B – 32ª Rodada

Goiás: Tadeu, Diego, David Duarte, Reynaldo, Caio Vinícius, Hugo, Luan Dias, Fellipe Bastos, Nicolas, Elvis e Alef Manga.
Suplentes: Marcelo Rangel, Matheus Salustiano, Lucas Black, Daniel de Pauli, Artur, Welliton, Bruno Mezenga, Dadá Belmonte, Albano, Pedro Bahia, Ivan e Rezende.
Técnico: Marcelo Cabo

Botafogo: Diego Lourenço, Kanu, Joel Carli, Diego Gonçalves, Chay, Hugo, Daniel Borges, Barreto, Warley, Pedro Castro e  Rafael Navarro.
Técnico: Enderson Moreira

fonte: https://www.goiasec.com.br/em-confronto-do-g-4-goias-e-botafogo-empatam-1-a-1/

COMENTE ABAIXO:

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana