conecte-se conosco


MATO GROSSO

Seplag economiza mais de R$ 5 milhões com renegociação de contratos em 2019

Publicado

A Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) contabilizou neste ano uma economia de R$ 5,1 milhões ao cofre do Estado com a renegociação de contratos administrativos. Com a unificação das duas secretarias de governo, de Planejamento (Seplan) e de Gestão (Seges), e a adoção de uma série de medidas que cortaram despesas em 2019, o custeio da Seplag será menor no próximo ano.

No total, 34 contratos foram renegociados ou totalmente rescindidos pela pasta. A economia gerada com a não prorrogação foi de R$ 4,3 milhões, ao passo que o resultado das renegociações chegou ao montante de R$ 786.115,18.  Os dados são da Unidade de Eficiência do Gasto Público, núcleo de apoio estratégico e especializado ligado à Seplag.

Somente com a rescisão do contrato de aluguel do prédio que abrigava o Centro Logístico de Armazenamento e Distribuição do Estado (Celad), inaugurado em abril de 2018, o órgão deixará de desembolsar do Tesouro estadual R$ 2,5 milhões por ano.

A economia obtida com a reavaliação de serviços de locação de mão de obra e de estagiários foi da ordem de R$ 390.013,39/ano e com a contratação de serviços de cópias e impressões de R$ 230.678,99/ano. Já a redução gerada com a renegociação em contratos de agenciamento de viagens foi de R$ 205 mil/ano.

Em dezembro de 2018, antes da reforma administrativa que tornou Seplan e Gestão um único órgão, as secretarias possuíam juntas o total de R$ 14,9 milhões em contratos. Comparada a dezembro de 2019, a cifra é 20,68% menor e representa a soma de R$ 11,8 milhões. Segundo o relatório, a economia na pasta só não foi maior devido a 14 novos contratos formalizados neste ano, totalizando R$ 2,2 milhões a mais.

Leia mais:  Governo antecipa calendário e paga servidores estaduais nesta quinta-feira (28)

Com esse percentual de redução de despesas, a Seplag alcança a meta estabelecida pelo Executivo estadual no início da gestão. A portaria conjunta n° 006/Seplag/Sefaz, publicada em fevereiro, instituiu a diminuição de gastos em 20%, visando cumprir o decreto nº 8/2019 que propõe diretrizes para controle, reavaliação e contenção das despesas em toda a administração direta e indireta.

“A união entre as duas secretarias por si só proporcionou a economicidade ao rescindirmos contratos duplicados nos órgãos e atendendo a determinação do governador Mauro Mendes de reduzir os custos da máquina pública e trazer reequilíbrio às finanças do Executivo, a Seplag também adotou outras medidas para o corte de despesas, mas sem reduzir a qualidade de bens e serviços adquiridos ou prestados pela pasta”, garantiu o secretário de Planejamento e Gestão, Basílio Bezerra.

De acordo com a secretária adjunta de Administração Sistêmica da Seplag, Eliane Albuquerque, as contratações da pasta foram reavaliadas com base nos critérios de essencialidade e economicidade. “Revisamos boa parte dos contratos visando excluir ou reduzir itens para diminuir seus valores, analisando custo e benefício, além da sua real necessidade para a administração”, salientou.

Mais economia

A expectativa da Seplag é reduzir, a partir de 2020, mais de R$ 121 mil em despesas com energia elétrica. A pasta teve seu projeto de eficiência energética selecionado em uma chamada pública lançada pelo Grupo Energisa e mais de R$ 886 mil já estão sendo investidos nele, na troca de equipamentos e materiais que consomem menos energia.

Ao todo, já foram instaladas 2.310 lâmpadas de LED e 31 aparelhos condicionadores de ar serão substituídos por 20 equipamentos mais modernos e potentes. A concessionária é responsável pela compra dos equipamentos e pelo pagamento da mão de obra, sem qualquer ônus para a Secretaria.

Leia mais:  Mato Grosso recebe 9.348 doses de vacina contra a Covid-19 nesta quarta-feira (27)

Outra economia calculada é da ordem de R$ 800 mil/ano com contrato de aluguel e outras despesas da Superintendência da Escola de Governo. Em 2019, a instituição passou a funcionar em sede própria, em prédio anexo à Seplag, no Palácio Paiaguás, após ocupar por 14 anos um prédio alugado.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

MATO GROSSO

Detran-MT regulariza demanda de exames práticos em quase todos os municípios do Estado

Publicado


O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT) já colocou em dia a demanda represada das provas práticas de direção veicular em quase todos os municípios do Estado.

Desde o início do ano, entre suspensão temporária dos exames por conta do avanço do Covid-19 e a retomada das provas, já foram aplicados mais de 90 mil exames práticos de direção veicular para todas as categorias no Estado. Desse total, 15.772 foi somente em Cuiabá.

Conforme o diretor de Habilitação do Detran-MT, Alessandro de Andrade, o planejamento inicial era atender toda a demanda represada dos exames até dezembro deste ano. “Mas, graças ao empenho dos servidores e o avanço da vacinação contra o Covid-19 no Estado conseguimos ampliar a aplicação das provas práticas para 32 municípios e reduzir o tempo de frequência das visitas das bancas volantes no interior. Em 2020, as bancas percorriam os municípios a cada 90 dias. Este ano, conseguimos realizar os exames a cada 30 dias por meio da banca volante”, disse.

Para colocar a demanda em dia, o Detran realizou mutirão, ampliou a oferta de vagas para provas e realizou bancas extras em diversos municípios com a participação de servidores da capital e do interior.

“Ainda em novembro haverá essa cooperação entre examinadores para que possamos estagnar toda a demanda represada no município de Cuiabá. Em Várzea Grande, a partir de novembro, vamos aplicar exames práticos de segunda a quinta, ofertando 100 vagas por dia, e na sexta-feira com oferta de 150 vagas para categoria A e 50 vagas para categoria B”, destacou Alessandro.

Com essa medida o Detran pretende chegar ao mês de dezembro sem demanda represada de provas práticas de direção no Estado. “A intenção é começar o ano de 2022 com toda a demanda de 2020 e 2021 em dia”, completou.

Leia mais:  Detran-MT regulariza demanda de exames práticos em quase todos os municípios do Estado

Cuidados

Desde o início da pandemia do Covid-19 o Detran-MT tem buscado formas seguras na condução dos processos de formação dos condutores, de maneira que os credenciados possam continuar as atividades e os candidatos concluírem os processos.

Para a aplicação das provas, o Detran-MT vem seguindo as determinações do Ministério da Saúde e do Governo do Estado, como uso obrigatório de máscaras, álcool 70% para higienização dos veículos e distanciamento entre os candidatos.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

MATO GROSSO

Mato Grosso recebe 9.348 doses de vacina contra a Covid-19 nesta quarta-feira (27)

Publicado


O Ministério da Saúde informou ao Estado o envio de 9.348 doses da vacina Pfizer para a imunização dos grupos prioritários da Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19. A nova remessa chega em Mato Grosso por meio de um voo da Gol, às 10h50 desta quarta-feira (27.10), no Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande.

Os públicos para os quais serão destinadas essas doses ainda estão sendo definidos e serão divulgados por meio da resolução da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), que será disponibilizada neste link.

Imediatamente após a chegada do imunizante, as equipes da Vigilância Estadual trabalharão no recebimento das doses, na conferência da quantidade, na catalogação dos imunizantes, no encaixotamento para distribuição e retirada dos municípios.

Simultaneamente à operação logística, as equipes administrativas trabalham na resolução da Comissão Intergetores Bipartite (CIB), colegiado que oficializa o quantitativo de doses a serem destinados para os 141 municípios.

Até o momento, Mato Grosso já recebeu 5.586.789 doses de imunizantes contra a Covid-19 e aguarda a chegada da nova remessa.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Palestra sobre Combate ao Tráfico de Animais Silvestres via aeroporto é apresentada no Marechal Rondon
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana