conecte-se conosco


POLICIAL

Segurança Pública apresenta redução nos índices de criminalidade em 2019

Publicado

Débora Siqueira/Sesp-MT

De janeiro a novembro de 2019 foram registrados 745 assassinatos em Mato Grosso contra 839 no mesmo período do ano passado, uma redução de 11,2% dos casos. Do total de mortes violentas no ano, 81 são de mulheres, o que corresponde a 10,87% dos casos. No entanto, nem todas as mortes são consideradas feminicídios, uma vez que há outras motivações para os crimes que não apenas a condição de ser mulher. Entre as causas há rixas, ambição, álcool, tráfico de drogas, dentre outras.

Houve ainda o aumento de 12% de carros recuperados pelas polícias nos 11 meses deste ano na comparação com 2018. Foram 3.088 registros ante a 2.768 casos no ano passado. Já os casos de roubos e furtos caíram 27% e 13%, respectivamente, em todo o Estado.

Mesmo com números positivos da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) na redução da criminalidade nos 11 primeiros meses do mandato, o governador Mauro Mendes prefere fazer avaliação positiva dos dados criminais apenas no fim da sua gestão, em dezembro de 2024.

“Os números que me são apresentados pela Sesp são positivos, mas tenho falado que quero comemorar ao final de 4 anos. Os números são muito importantes porque mostram o declínio de alguns indicadores de segurança pública e sensação de segurança maior, mas a grande comemoração será depois de quatro anos, um lapso de tempo melhor para fazer uma avaliação”, destacou Mauro Mendes.

O secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, disse que desde o início da gestão, o governador Mauro Mendes tem tentado reconstruir o estado. Na Sesp, Bustamante lembra que assumiu o cargo em janeiro com cenário de redução drástica na quantidade de viaturas, dificuldades financeiras que permearam ao longo do ano, contudo, o trabalho dos servidores da Segurança Pública fez toda a diferença para a redução da criminalidade.

Leia mais:  Inquérito de homicídio ocorrido em Campo Novo do Parecis é concluído e remetido à Justiça 

“Esse foi o ano da dificuldade e ano que vem esperamos que o Governo do Estado, após o ajuste das contas, consiga dar retorno social maior ao cidadão por meio das ações de segurança pública. Sabemos que equipe econômica tem feito os ajustes necessários e com isso, esperamos ter viaturas suficientes e pessoal em todos os municípios”.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

POLICIAL

Autor de homicídio de vítima que sofreu tortura em Várzea Grande é preso pela Polícia Civil

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

O autor de um homicídio qualificado ocorrido em março deste ano, em Várzea Grande, e identificado nas investigações da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Cuiabá (DHPP) foi preso nesta terça-feira, 26 de outubro, por equipes da unidade policial.

O investigado, de 18 anos, foi localizado no bairro 23 de Setembro e tentou fugir ao avistar os policiais civis. Ele pulou muros de residências, mas na fuga acabou encontrando de frente um dos investigadores da DHPP, que o deteve.

O homicídio pelo qual responde o investigado ocorreu no dia 10 de março deste ano e vitimou José Carlos Pereira da Costa, de 26 anos, encontrado aos fundos de uma região de motéis, em via pública, na área central de Várzea Grande. A vítima foi morta de forma cruel e o corpo apresentava sinais de tortura, uma lesão por esgorjamento (corte profundo na parte anterior do pescoço) e lesões causadas por arma cortante e arma de fogo.

A investigação da DHPP conduzida pelo delegado Olímpio da Cunha Fernandes Jr. apurou que o crime foi cometido por motivo banal e envolveu uma rixa por causa de um suposto furto de R$ 90,00 da vítima. Os policiais identificaram que o crime foi cometido por duas pessoas, um familiar da vítima e um amigo, uma delas presa nesta terça-feira.

Após cometer o crime, o investigado fugiu do bairro em que residia e não foi localizado durante as diligências. A prisão foi representada à 1a Vara Criminal de Várzea Grande, que deferiu o pedido diante dos elementos de autoria atribuídos ao rapaz investigado pelo homicídio.

Durante interrogatório na DHPP, ele se manteve em silêncio. O inquérito já foi finalizado e encaminhado à justiça em maio deste ano.

Leia mais:  Polícia Civil prende em flagrante homem que furtava cabeamento de cobre do VLT

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

POLICIAL

Criminoso que roubou mulher em bairro da Capital é preso em flagrante pela Polícia Civil

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Um homem de 40 anos foi preso em flagrante nesta terça-feira (26.10), em Cuiabá, depois de ser identificado em investigação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos como o autor de um roubo ocorrido no bairro Boa Esperança, na tarde de segunda-feira.

Conforme declarações prestadas na Derf de Cuiabá, a vítima, de 56 anos, estava na porta da casa de sua mãe, quando um homem em uma motocicleta preta acenou para ela e ela respondeu, pensado se tratar de um dos vigilantes da rua. O homem seguiu em frente a vítima retornou a sua residência, a pé, quando avistou o suspeito novamente à frente, com a motocicleta parada e falando ao celular.

A mulher seguiu andando e logo em seguida, o suspeito o abordou falando para ela subir na calçada, porém, ela não obedeceu, até que ele parou à frente dela, desceu da moto e a abordou, dizendo que se ela esboçasse qualquer reação, ele atiraria. O homem levantou a roupa mostrando que estava armado. Ele arrancou uma corrente do pescoço da vítima e também pegou alianças que ela usava e disse para a mulher retornar e seguir em sentido contrário à casa dela. Depois disso, o homem fugiu na motocicleta.

A partir da comunicação do crime, as equipes da delegacia iniciaram diligências para identificar o criminoso. Os investigadores reuniram diversas informações, inclusive imagens de câmeras da região, e conseguiram chegar à identificação do autor do roubo, que tem outras passagens criminais pelo mesmo crime.

Ele foi localizado no bairro Ouro Fino, na Capital. Na residência, os investigadores encontraram a mesma roupa que o criminoso utilizava durante o roubo e a motocicleta mostrada nas imagens.

No momento da prisão, o criminoso se mostrou nervoso e agressivo contra os policiais. Encaminhado à delegacia, ele foi autuado em flagrante pelo delegado Guilherme Bertoli e reconhecido em imagens pela vítima do roubo.

Leia mais:  Criminoso que roubou mulher em bairro da Capital é preso em flagrante pela Polícia Civil

O suspeito do roubo estava em cumprimento de regime semiaberto, com medida cautelar de monitoramento eletrônico pelo mesmo crime. Os policiais localizaram outras passagens criminais por roubos ocorridos em 2010 e 2014.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana