conecte-se conosco


POLICIAL

Polícia Civil conclui ano com 400 inquéritos remetidos à Justiça

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil dos municípios de São Félix do Araguaia (1.200 km a nordeste de Cuiabá) e Alto Boa Vista (1.059 km a nordeste de Cuiabá), finalizou o ano com 400 inquéritos instaurados e encaminhados à Justiça.

Integrantes da Delegacia Regional de Vila Rica, as duas unidades policiais efetuaram cerca de 100 prisões e realizavam mais de 1.000 oitivas, entre outras providências.

A Delegacia de Polícia de Alto Boa Vista, responsável pelas ocorrências registradas no município de Novo Santo Antônio, possuía um passivo de aproximadamente 245 procedimentos administrativos, entre inquéritos, termos circunstanciados, boletins circunstanciados e autos de investigações preliminares, sendo somente neste ano, instaurados 117 inquéritos, dentre eles, 44 decorrentes de prisões em flagrante. Além disso, 106 inquéritos foram concluídos e encaminhados à Justiça.

Conforme a delegada responsável pelos municípios, Ana Carolinne Mortoza Lacerda Terra, o balanço dos últimos meses demonstrou que a Polícia Civil de Alto Boa Vista realizou mais de 500 oitivas, apreendeu seis armas de fogo, efetuou 98 prisões, bem como foi representou por cinco pedidos judiciais de prisões e buscas e apreensões, além de mais de 20 medidas protetivas requeridas ao Judiciário, dentre outras atuações.

A Delegacia de São Félix do Araguaia, responsável pelas ocorrências de São Félix do Araguaia, Luciara e o distrito de Espigão do Leste, possuía um número de procedimentos administrativos remanescentes, em torno de 510, sendo que foram instaurados 224 inquéritos, dentre eles 91 iniciados por prisões em flagrantes e 275 inquéritos remetidos para a Justiça com cópia ao Ministério Público, devidamente concluídos.

O fechamento da produtividade demostrou ainda que foram efetuadas 1.135 oitivas, 125 prisões, 21 armas de fogo apreendidas, 49 medidas protetivas envolvendo violência doméstica solicitados, além de 13 representações judiciais por prisões, buscas e apreensões.

Leia mais:  Policiais civis localizam traficante foragido há mais de um ano, em Mirassol d'Oeste

A delegada de polícia Ana Carolinne Terra salientou que nos últimos seis meses a realização de quatro operações policiais na região. Paralelamente ao trabalho de combate à criminalidade, os policiais civis também participaram de ações de cunho social, como o Projeto Araguaia Cidadão, do Tribunal de Justiça do Estado, que ocorreu em Luciara, São Félix e Novo Santo Antônio.

“A Delegacia de Polícia de São Félix do Araguaia está realizando o projeto Fim de Ano Solidário, com a arrecadação até o dia 28 de dezembro, de roupas, calçados, brinquedo, alimentos não perecíveis, que serão doados no último final de semana do ano para crianças e pessoas carentes”, explicou Ana Carolinne.

A delegada destacou ainda o empenho das equipes das Delegacias de Alto Boa Vista e São Félix do Araguaia que vêm realizando de trabalho exaustivo, com o objetivo de concluir inquéritos e outros procedimentos investigativos, relacionados a crimes de diversas naturezas, praticados nos municípios de Alto Boa Vista, Novo Santo Antônio, São Félix do Araguaia, Luciara e no distrito de Espigão do Leste.

“Para chegar ao principal objetivo da gestão, foram realizados vários mutirões no decorrer dos últimos seis meses, os quais contaram com o apoio das Câmaras Municipais das respectivas localidades, que cederam o espaço para a realização dos trabalhos, bem como da Polícia Militar, que por diversas vezes esteve presente prestando auxílio”.

As atividades integradas foram essenciais para finalização de diversos inquéritos, TCO’s e demais procedimentos administrativos, e de extrema importância, em especial, às localidades que não mais contam com a presença diária da Polícia Civil, como Novo Santo Antônio, Luciara e Espigão do Leste.

“Foi um empenho que demonstrou a firmeza, a garra e a dedicação que a Polícia Civil tem, com profissionais guerreiros e responsáveis, fazendo o diferencial”, parabenizou Ana Corolinne Mortoza.

Leia mais:  Criminoso que roubou mulher em bairro da Capital é preso em flagrante pela Polícia Civil

A sociedade pode colaborar com a Polícia Civil em São Félix do Araguaia com denúncias, garantido o sigilo das informações, pelos telefones (66) 98414-7161 e (66) 3522-1115.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

POLICIAL

Dois adultos são presos e dois menores apreendidos em operação de combate ao tráfico de drogas em Vera

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Uma operação conjunta de combate ao tráfico de drogas foi deflagrada pela Polícia Civil e Polícia Militar, na terça-feira (26.10), no município de Vera (458 km ao norte de Cuiabá). Quatro pessoas, sendo dois adultos e dois menores de idade, foram conduzidos à Delegacia de Vera por envolvimento com o comércio de entorpecentes.

Um dos suspeitos maiores de idade foi preso por força de mandado de prisão e o outro por flagrante de tráfico de drogas.

A ação deflagrada para cumprimento de mandados de prisão e busca e apreensão contra alvos identificados em investigações da Polícia Civil resultou ainda na apreensão de drogas e apetrechos relacionados ao tráfico.

Durante buscas na residência de um dos alvos, os policiais apreenderam 53 papelotes de cocaína, além de balança de precisão e dichavadores. Além da suspeita maior de idade, um adolescente que estava na casa também foi apreendido.

No endereço do alvo de mandado de prisão, o suspeito ao avistar os policiais tentou fugir, pulando a janela do quarto, porém foi detido. No local, foi apreendido um simulacro de arma de fogo e uma porção de maconha. Um adolescente, primo do suspeito e que também estava na casa foi apreendido.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Policiais civis localizam traficante foragido há mais de um ano, em Mirassol d'Oeste
Continue lendo

POLICIAL

Polícia Civil indicia 25 criminosos por roubos de veículos, estelionato e lavagem de dinheiro na região metropolitana

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Investigações da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (DERFVA), que culminaram em duas fases da Operação Imperial, identificaram em 30 procedimentos instaurados na unidade a autoria de diversos crimes que envolvem, especialmente, roubos e adulterações de veículos praticados na região metropolitana de Cuiabá, além de estelionatos conexos aos roubos. 

Nas duas fases da operação, o objetivo do trabalho da DERFVA foi atuar na descapitalização e desmantelamento da organização criminosa. Para chegar aos autores e na responsabilização criminal de cada integrante, a delegacia reuniu uma farta documentação durante a investigação e também nas fases da Operação Imperial, quando foram cumpridas 84 ordens judiciais decretadas pela 7a Vara de Cuiabá, entre mandados de prisões, buscas e apreensões e medidas cautelares diversas contra a organização criminosa, além do sequestro de valores de contas bancárias e investimentos dos investigados. 

A investigação identificou que o grupo criminoso foi estruturado para atuar em três frentes diferentes. Uma era responsável por executar os roubos e providenciar a estrutura para que os roubos fossem efetivados, como locação de residências, emprego de veículos locados e roubados para apoiar outras ações criminosas. Outra frente criminosa era responsável pela adulteração dos veículos roubados, que depois eram colocados à venda em sites de comércio eletrônico, e estelionatos praticados pela organização. A terceira frente executava a lavagem de dinheiro. 

“Isso tudo estruturado em uma organização, com divisões de funções para cada integrante, cujo único objetivo era obter lucro com as ações criminosas”, apontou o delegado Gustavo Garcia, titular da DERFVA. 

Investigados e apreensões 

Ao longo das investigações que vem desde 2018, o trabalho das equipes da unidade especializada conseguiu apurar o envolvimento de 25 integrantes do grupo em diversos crimes, entre eles em 22 roubos, cinco estelionatos, três usos de documentos falsos, três crimes de falsidade ideológica e ainda lavagem de dinheiro e organização criminosa. 

Leia mais:  Dois adultos são presos e dois menores apreendidos em operação de combate ao tráfico de drogas em Vera

Durante as fases da Operação Imperial foram apreendidos 36 veículos, sendo 30 carros, cinco motocicletas e uma motoaquática (jet ski). Vinte e seis aparelhos eletrônicos, entre celulares, notebooks e Ipad, e sete armas de fogo foram recolhidos durante cumprimento de mandados judiciais. 

Parte dos integrantes, 13 criminosos, foi presa durante as fases da Operação Imperial, e três deles estão foragidos. Três mulheres envolvidas com o grupo criminoso estão em cumprimento de medida cautelar de monitoramento eletrônico. 

Além dos crimes diretamente ligados ao roubo de veículos, os criminosos agiam ainda no tráfico de drogas na modalidade escambo  (troca de veículos, objetos de roubo/furto por entorpecentes) e receptação. 

Além da desarticulação do grupo criminoso, a investigação atuou na apreensão de veículos e valores movimentados pela organização criminosa, atingindo o esquema financeiro do grupo, que foi o foco da primeira fase da operação. 

O resultado das operações de crimes de roubos e furtos de veículos se reflete também nos índices criminais. A região metropolitana da Capital registrou neste ano queda nas ocorrências, sendo 63% nos roubos e 31% nos furtos de veículos em Cuiabá. Em Várzea Grande, os índices de roubo diminuíram 39% e os de furto 25%, respectivamente.

“Buscamos realizar uma investigação para identificar terceiros ligados à organização criminosa, que tinham a função de ocultar bens e valores dos roubos, estelionatos e crimes conexos. Desta forma, damos uma resposta à sociedade, reduzindo a sensação de insegurança e promovendo uma repressão qualificada, que colabora na redução dos índices criminais”, pontuou o delegado.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana