conecte-se conosco


ESPORTES

Copa do Mundo na França alça futebol feminino a outro patamar

Publicado

O futebol feminino viveu no ano de 2019 um momento histórico.  A Copa do Mundo, disputada na França, entre junho e julho, foi um sucesso. A competição bateu recorde de audiência: de acordo com um relatório da Fifa, foram 1,12 bilhão de espectadores ao redor do mundo – somando público de TV e de internet – o que representa um aumento de 30% se comparado à edição média registrada no Mundial de 2015, no Canadá.

O confronto final, entre Estados Unidos e Holanda, realizado em Lyon, foi o mais visto entre todas as decisões do Mundial até hoje: cerca de 82,2 milhões de pessoas acompanharam o jogo ao vivo, número 56% maior que no mundial de 2015. Na final inédita, os Estados Unidos conquistaram o bicampeonato consecutivo ao vencer a seleção holandesa por 2 a 0, passando a somar quatro títulos mundiais.

A seleção norte-americana, liderada pela capitã Megan Rapinoe – eleita a melhor jogadora da competição – conquistou o quarto título mundial de forma invicta. Logo na estreia, a equipe feminina dos Estados Unidos aplicou uma goleada histórica sobre a seleção da Tailândia: placar de 13 a 0, sendo que cinco gols foram de autoria da atacante Alex Morgan. As adversárias holandesas, atuais campeãs europeias, também fizeram uma campanha brilhante para chegar à final: venceram todas as partidas, inclusive na fase de grupos. Mas caíram diante da experiência e evolução técnica das norte-americanas, comandadas pela treinadora Jill Ellis.

Mas o jogo que mais atraiu a atenção do mundo foi o da seleção brasileira contra a equipe da França, pelas oitavas de final.  A partida bateu recorde de audiência: 59 milhões de telespectadores de todo o planeta, sendo que 35 milhões deles acompanharam o duelo no território nacional. Em campo, a equipe brasileira, comandada pelo técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão, mostrou garra e fez um duelo equilibrado contra o time francês.  Mas, apesar da torcida e da garra em campo, o Brasil se despediu do Mundial após perder por 2 a 1 na prorrogação.   

Leia mais:  Danilo avança na transição física, e Palmeiras finaliza preparação para duelo com Sport

 

Marta e Andressinha na Copa do Mundo de Futebol Feminino.

Marta e Andressinha na Copa do Mundo de Futebol Feminino. – Phil Noble/ Reuters / Direitos Reservados

Durante o Mundial da França, a meia-atacante Marta, eleita seis vezes a melhor jogadora do mundo pela Fifa, conquistou o título de maior artilheira de todas as Copas – feminina e masculina – com 17 gols, ultrapassando o alemão Miroslav Klose, autor de 16 gols pela seleção alemã.  O gol que alçou Marta à maior artilheira dos Mundiais foi de pênalti, na vitória por 1 a 0 contra a Itália, placar que garantiu a classificação do Brasil para as oitavas de final.

Um mês após a eliminação do Brasil na Copa, o técnico Vadão deixou o comando da seleção. Nesta segunda passagem pela equipe, Vadão conduziu o time na conquista da Copa América de 2018 que assegurou a vaga do Brasil no Mundial da França e na Olimpíada de Tóquio 2020.   

Renovação

Com um currículo vencedor, a técnica sueca Pia Sundahage, de 59 anos, assumiu oficialmente no dia 30 de julho o comando da seleção feminina pelos próximos dois anos. Bicampeã olímpica em 2008 e 2012, com a equipe feminina dos Estados Unidos, Sundhage treinava a seleção da Suécia quando o time conquistou a medalha de prata na Rio 2016.

Sueca Pia Sundhage é apresentada como nova técnica da seleção feminina brasileira de futebol

Sueca Pia Sundhage é apresentada como nova técnica da seleção brasileira feminina de futebol – Lucas Figueiredo/CBF

A treinadora sueca deixou claro, logo ao assumir o posto, que a renovação do grupo é um dos seus principais objetivos, tendo em vista que jogadoras importantes como Marta, Formiga, e Cristiane estão próximas da aposentadoria. De olho na nova geração, Sundhage se mostrou comprometida com a integração das categorias femininas de base (sub-17 e sub-20) com a seleção profissional.

Leia mais:  Flamengo perde para o Fluminense por 3 a 1 no Maracanã

Na corrida contra o tempo para preparar a seleção brasileira rumo à conquista do ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, Sundhage já conduziu a seleção em oito jogos, e o retrospecto é pra lá de animador. Sob novo comando, a equipe principal encerrou invicta o ano de 2019, com seis vitórias e dois empates (neste dois, o Brasil perdeu nos pênaltis, para as seleções do Chile e China).

Logo na partida de estreia de Sundhage, a seleção goleou a rival Argentina por 5 a 0, no torneio amistoso Uber Internacional, em São Paulo. Mas a maior goleada foi contra o México, 6 a 0, com direito a três gols da atacante Bia Zaneratto. A técnica sueca vibrou com o desempenho do time, que contou com nove novidades na lista de 27 convocadas. No segundo e último amistoso preparatório desse ano, também contra o México, Sundhage convocou 17 novatas entre as 27 convocadas. E deu certo de novo: o escrete brasileiro ganhou por 4 a 0, e demonstrou que está no caminho para brilhar em Tóquio 2020.

Libertadores Feminina

E o futebol brasileiro fez bonito também na Copa Libertadores Feminina, em Quito no Equador.  A competição, disputada entre 11 e 27 de outubro, reuniu 16 clubes e foram dois times brasileiros que chegaram à final. O Corinthians, vice-campeão brasileiro, conquistou o título da Libertadores, diante da Ferroviária, campeã nacional este ano.  

 bicampeonato do time feminino do Corinthians na Copa Libertadores.

bicampeonato do time feminino do Corinthians na Copa Libertadores. – CONMEBOL Libertadores Feminina

O Timão desbancou a equipe de Araraquara por 2 a 0, numa decisão com gosto de revanche. Na grande decisão do Brasileirão feminino, após o tempo regulamentar, a Ferroviária levou a melhor nos pênaltis, em pleno Parque São Jorge, casa do adversário.

Leia mais:  América domina o Santos e vence fora de casa

O título é o segundo na história da equipe feminina do Corinthians: o primeiro foi em 2017, quando o time firmou parceria com o Audax.

Edição: Guilherme Neto

Comentários Facebook
publicidade

ESPORTES

América domina o Santos e vence fora de casa

Publicado


Na tarde deste sábado, o América conquistou mais uma bela vitória fora de casa. Diante do Santos-SP, o Coelhão foi superior durante os 90 minutos de jogo e venceu a equipe paulista por 2 a 0, com gols de Ademir e Alê. Com o resultado, o América dá um salto na tabela, passando a ser 9°, com 35 pontos.

O próximo desafio do time no Brasileirão será no sábado, às 22h, diante do Fortaleza-CE. A partida será disputada na Arena Independência.

O Jogo

O Coelhão criou a primeira chance de gol logo nos primeiros minutos de jogo, após falha do goleiro adversário João Paulo. Nos minutos seguintes, o Santos tentava trocar passes porém a linha defensiva da equipe americana estava sempre atenta. Nos acréscimos, quando tudo parecia apontar para um empate sem gols, Cavichiolli fez lançamento de seu gol para Ademir, e Jean Mota fez penalidade, sendo expulso. Na cobrança, o próprio camisa 10 converteu para abrir o placar.

O Coelhão voltou com tudo para a segunda etapa! E no primeiro minuto de jogo, após bom cruzamento de Juninho, o goleiro adversário saiu mal e a bola sobrou no pé de Alê, que só teve o trabalho de empurrar para as redes para marcar. Mesmo com a vantagem bem encaminhada no placar, o América não deixou de pressionar. O Santos investia nos chutes de fora da área mas a noite era do goleirão Matheus Cavichioli, responsável por belas defesas durante os 90 minutos de partida.

FICHA DO JOGO

Santos-SP 0×2 América

Motivo: Campeonato Brasileiro – Rodada 28
Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique
Auxiliares: Eduardo Goncalves da Cruz e Márcia Bezerra Lopes Caetano
Árbitro de vídeo: Rodrigo Carvalhaes de Miranda

Leia mais:  Danilo avança na transição física, e Palmeiras finaliza preparação para duelo com Sport

Gols: Ademir e Alê (América)
Cartões amarelos: Marlon e Juninho (América)

Cartão vermelho: Jean Mota (Santos)

Santos-SP

João Paulo; Pará (Madson), Emiliano Velázquez, Danilo Boza e Felipe Jonatan; Camacho (Jean Mota), Sánchez (Marcos Guilherme) e Vinicius Zanocelo (Moraes); Marinho (Ângelo), Diego Tardelli e Lucas Braga.

Técnico: Fábio Carrile

América
Matheus Cavichioli; Patric, Eduardo Bauermann, Lucas Kal (Zé Ricardo), Ricardo Silva e Marlon (João Paulo); Juninho (Juninho Valoura) e Alê; Ademir, Felipe Azevedo (Zárate) e Rodolfo (Geovane).

Técnico: Marquinhos Santos

fonte: https://www.americamineiro.com.br/2021/10/23/america-domina-o-santos-e-vence-fora-de-casa/

Comentários Facebook
Continue lendo

ESPORTES

Fortaleza vence Athletico e assume vice-liderança do Brasileirão

Publicado


Avassalador. Assim foi a atuação do Fortaleza na vitória sobre Athletico por 3 a 0, válida pela 28ª rodada do Brasileirão. Lucas Lima, Yago Pikachu e Robson assinaram os gols que deram o placar favorável ao Tricolor.

Foto: Bruno Oliveira

O JOGO

Pressionando desde o pontapé inicial, o Fortaleza fez com que o zero saísse do marcador já no primeiro minuto. Lucas Lima recebeu de David pela esquerda, cruzou na área e, após bate-rebate, o próprio camisa 25 finalizou cruzado, forte, para abrir o placar. Sem descansar a defesa adversária, logo depois, aos 6 minutos, Yago Pikachu recebeu de David e finalizou de fora da aérea para ampliar o marcador.

Na segunda etapa, com algumas mudanças na intenção da manutenção do estilo de jogo durante a partida, o técnico Vojvoda manteve o ritmo da equipe. Lucas Lima cruzou da esquerda na cabeça de Robson, aos 15 minutos. O camisa 7 fechou o placar e chegou aos 8 gols neste Brasileirão, artilheiro da equipe ao lado de Pikachu.

PRÓXIMO CONFRONTO

O próximo duelo do Fortaleza é contra o Atlético-MG, pelo jogo de volta das semifinais da Copa do Brasil. A partida inicia às 21h30 desta quarta-feira (27).

Já pelo Brasileirão, desta vez pela 29ª rodada, o Tricolor visita o América-MG na Arena Independência, às 21h de sábado (30).

fonte: https://fortaleza1918.com.br/fortaleza-vence-athletico-e-assume-vice-lideranca-do-brasileirao/

Comentários Facebook
Leia mais:  São Paulo é derrotado pelo Red Bull Bragantino no Brasileirão
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana